Livro - Mensagens Escolhidas - Volume 1 | Ellen G. White Books

Mensagens Escolhidas - Volume 1

CAPÍTULO 9

Examinai-vos a vós Mesmos

ME1 - Pag. 89  

"Examinai-vos a vós Mesmos"

"Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos." II Cor. 13:5. Criticai rigorosamente o temperamento, a disposição, os pensamentos, palavras, inclinações, desígnios e ações. Como podemos pedir inteligentemente as coisas de que necessitamos a menos que provemos pelas Escrituras a condição de nossa saúde espiritual?

Muitos, em sua vida religiosa, estão fazendo tortuosas veredas para seus pés. Suas orações são feitas de maneira frouxa, casual. Aquele que é colocado em posição de responsabilidade, deve lembrar que, por si mesmo, ele não é capaz de fazer o que dele é exigido. Todo dia deve ele lembrar que é um espetáculo ao mundo, aos anjos e aos homens.

Ninguém deve esperar ser levado a campos de trabalho e provido de dispendiosos recursos para trabalhar bem. Aquele que serve precisa empreender animosamente sua obra, por humilde que seja, e onde quer que seja colocado. Cristo, nosso exemplo em todas as coisas, era pobre, para que pela Sua pobreza pudesse enriquecer a muitos.

Aquele cujo coração é cheio da graça de Deus e de amor por seus semelhantes a perecer, encontrará oportunidade onde quer que seja colocado, para dizer uma palavra a tempo aos que estão cansados. Os cristãos devem trabalhar por seu


ME1 - Pag. 90  

Mestre em humildade e mansidão, apegando-se firmemente a sua integridade por entre o ruído e o burburinho da vida.

Deus chama os homens a servi-Lo em todas as realizações da vida. O negócio é um laço quando a lei de Deus não é feita a lei da vida diária. Aquele que tem qualquer coisa que ver com a obra do Mestre deve manter incondicional integridade. Em todas as transações de negócio, da mesma maneira que quando de joelhos, busca auxílio do alto, a vontade de Deus deve ser a sua vontade. Ele deve ter sempre a Deus diante de si, estudando constantemente os assuntos de que fala a Santa Escritura. Assim, se bem vivendo no meio daquilo que aviltaria o homem de princípios frouxos, o homem piedoso e de austera integridade conserva o cristianismo.

O mundo não é hoje mais favorável ao desenvolvimento cristão do caráter do que nos dias de Noé. A iniqüidade então era tão generalizada que Deus disse: "Destruirei, de sobre a face da Terra, o homem que criei; desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque Me arrependo de os haver feito. Noé, porém, achou graça aos olhos do Senhor. ... Noé era varão justo e reto em suas gerações; Noé andava com Deus." Gên. 6:7-9. Sim, em meio da corrupção daquela época degenerada, Noé era um prazer a seu Criador.

Vivemos nos derradeiros dias da história terrestre, numa era de pecado e corrupção, e como Noé devemos viver de tal maneira que sejamos um prazer a Deus, anunciando os louvores dAquele "que vos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz". I Ped. 2:9. Na oração dirigida por Cristo a Seu Pai justo antes de Sua crucifixão, Ele disse: "Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal." João 17:15.

O Mais Elevado Serviço

Quando homens e mulheres houverem formado caráter que Deus possa sancionar, quando sua abnegação e espírito de sacrifício estiverem consumados, quando estiverem prontos para a prova final, prontos para serem introduzidos na família de Deus, que serviço será mais alto na estima dAquele que Se deu


ME1 - Pag. 91  

a Si mesmo em oferta voluntária para salvar a raça culpada? Que empreendimento será mais precioso ao coração do amor infinito? Que obra proporcionará a máxima satisfação e alegria ao Pai e ao Filho? - A salvação de almas a perecer. Cristo morreu para trazer aos homens o salvador poder do evangelho. Aqueles que cooperam com Ele em levar avante Seu grande empreendimento de misericórdia, trabalhando com toda a energia que Deus lhes deu para salvar os de perto e os de longe, hão de partilhar da alegria do Redentor quando os redimidos estiverem ao redor do trono de Deus.

O Senhor confiou meios e capacidades a Seus servos para fazerem uma obra incomparavelmente mais alta do que aquela que hoje se oferece a Seus olhos.

"Oh", disse o mensageiro celeste, "as instituições do Senhor se encontram terrivelmente aquém da grandeza das verdades que se estão cumprindo no tempo atual! Há uma horrível má compreensão dos reclamos do dever. A gélida atmosfera em que os crentes se contentam de viver retarda os movimentos de abnegação que devem ser feitos para advertir o mundo e salvar almas.

"Os poderes das trevas estão operando com intensidade de esforço e ano a ano milhares de pessoas, de todas as tribos e nações e línguas, passam à eternidade inadvertidas e não preparadas. Nossa fé deve significar alguma coisa mais definida, mais decidida, mais importante.

"Perguntai às minhas instituições e igrejas: "Credes na Palavra de Deus? Que estais então fazendo no sentido missionário? Estais vós trabalhando com abnegação e sacrifício? Credes que a Palavra de Deus quer dizer aquilo que diz? Vossas ações mostram que não. Como enfrentareis no tribunal de Deus os incontáveis milhões que, inadvertidos, estão passando à eternidade?

""Haverá um outro tempo de graça? Não, não. Este engano deve ser imediatamente abandonado. O atual tempo de graça é tudo quanto havemos de ter. Compreendeis que a salvação de seres humanos caídos precisa ser assegurada na vida presente, ou eles estarão para sempre perdidos?""


ME1 - Pag. 92  

Nossa Responsabilidade

A mensagem laodiceana aplica-se à igreja nestes dias. Credes nesta mensagem? Tendes corações que sentem? Ou dizeis constantemente: Ricos somos, e estamos enriquecidos, e de nada temos falta? Será em vão que a declaração da verdade eterna foi dada a esta nação para ser levada a todas as nações do mundo? Deus escolheu um povo e fê-los mordomos da verdade repleta de resultados eternos. Foi-lhes confiada a luz que tem de iluminar o mundo. Acaso cometeu o Senhor um erro? Somos nós em verdade os instrumentos de Sua escolha? Somos nós os homens e as mulheres que devem levar ao mundo as mensagens de Apocalipse catorze, proclamar a mensagem de salvação aos que se encontram à beira da ruína? Agimos nós como se o fôssemos?

Em voz clara, determinada, disse o mensageiro: "Pergunto-vos: Que estais fazendo? Oh! se compreendêsseis! Oh! se entendêsseis a importância da advertência e o que ela significa para vós e o mundo! Se compreendêsseis, se fôsseis cheios do espírito dAquele que deu a vida pela vida do mundo, cooperaríeis com Ele, fazendo sinceros, abnegados esforços para salvar pecadores."

"Aquele que diz: Eu conheço-O, e não guarda os Seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade." I João 2:4. Precisa vir à igreja um grande reavivamento. Se tão somente soubéssemos, se tão-somente entendêssemos, quão rápido iria de igreja em igreja o espírito da mensagem! Quão voluntariamente seriam os meios dos crentes dados para manutenção da obra de Deus. Ele nos pede para orar e vigiar em oração. Limpai vossos lares das fotografias-ídolos que têm consumido o dinheiro que devia fluir para o tesouro do Senhor. A luz precisa sair como uma lâmpada a arder. Os que levam a mensagem ao mundo devem buscar diligentemente ao Senhor, para que Seu Espírito Santo seja abundantemente derramado sobre eles. Não tendes tempo a perder. Orai pedindo o poder


ME1 - Pag. 93  

de Deus, para que trabalheis com êxito pelos que se acham perto e os de longe.

Advertências a Serem Dadas

É preciso termos fé genuína. Até aqui mal aprendemos a realidade da verdade. Cremos apenas parcialmente na Palavra de Deus. O homem age segundo toda a fé que tem. Não obstante os sinais dos tempos estarem-se cumprindo por todo o mundo, a fé na vinda do Senhor tem estado a enfraquecer. Importa que se dêem clara, distinta e seguramente as advertências. Com perigo para nossa alma temos de aprender as condições prescritas sob que temos de operar nossa própria salvação, lembrando-nos de que é Deus que em nós opera, tanto o querer como o perfazer, segundo a Sua boa vontade.

Não nos ajudará flutuar segundo a corrente, guiados pela tradição ou por presunçosos enganos. Somos chamados coobreiros de Deus. Levantemo-nos pois, e resplandeçamos. Não há tempo a gastar em polêmicas. Os que possuem certo conhecimento da verdade tal como é em Jesus, precisam tornar-se agora um no coração e no desígnio. Todas as diferenças devem ser banidas. Os membros da igreja precisam trabalhar unidos sob a direção do grande Líder da igreja.

Levantem-se os que possuem conhecimento da verdade, e resplandeçam. "Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta." Isa. 58:1. Não mutileis por mais tempo a verdade. Clame a alma pelo Deus vivo. Deixai-vos dos homens cujo fôlego está em seu nariz. Virá a vós o Consolador, se Lhe abrirdes a porta. "Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos Céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-Se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos pois com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno." Heb. 4:14-16. Manuscrito 51, 1901.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>