Livro - Mensagens Escolhidas - Volume 1 | Ellen G. White Books

Mensagens Escolhidas - Volume 1

CAPÍTULO 24

O Alfa e o Ômega

ME1 - Pag. 193  

Ensinar a Palavra

Washington, DC., 24 de julho de 1904

A Nossos Dirigentes Médicos:

Prezados Coobreiros: Fui acordada às vinte e três horas. As apresentações que passam diante de mim são tão vívidas que não posso dormir. Veio a mim a palavra do Senhor dizendo que há decidida obra a ser feita em advertir nossos missionários médicos contra os perigos que os rodeiam.


ME1 - Pag. 194  

O Senhor chama aqueles que se acham ligados a nossos hospitais a alcançar mais elevada norma. Nenhuma mentira é da verdade. Caso sigamos fábulas artificialmente compostas, unimo-nos com as forças do inimigo contra Deus e Cristo. Deus pede a aqueles que têm estado a usar um jugo de feitura humana a quebrarem esse jugo, e não mais serem servos de homens.

A batalha está em andamento. Satanás e seus anjos estão trabalhando com todo o engano da injustiça. São incansáveis em seus esforços para desviar almas da verdade, da justiça, para espalhar a ruína pelo Universo. Eles operam com admirável atividade para prover multidão de enganos no sentido de levarem as almas em cativeiro. Incessantes são os seus esforços. O inimigo está sempre buscando levar almas à infidelidade e ao ceticismo. Quereria pôr de parte a Deus e a Cristo, que foi feito carne e habitou entre nós para ensinar-nos que, em obediência à vontade de Deus, podemos ser vitoriosos sobre o pecado.

Assaltados por Toda Forma de Mal

Toda forma de mal está à espreita de uma oportunidade para nos assaltar. Lisonja, subornos, incentivos, promessas de maravilhosa exaltação, serão muito assiduamente empregados.

Que estão fazendo os servos de Deus para erguer a barreira de um "Assim diz o Senhor" contra este mal? Os instrumentos do inimigo estão trabalhando sem trégua para prevalecer contra a verdade. Onde se encontram os fiéis guardas do rebanho do Senhor? Onde estão Seus vigias? Acham-se eles na elevada torre, dando o sinal de perigo, ou estão permitindo que o perigo passe desapercebido? Onde se acham os médicos missionários? São eles coobreiros de Cristo, usando Seu jugo, ou levando um jugo de feitura humana? Satanás e seus anjos estão fazendo todo esforço para conseguir o domínio da mente, para que os homens sejam manejados por mentiras e fábulas aprazíveis. Estão nossos médicos erguendo o sinal de perigo? Estão os homens que foram colocados em posições preeminentes em


ME1 - Pag. 195  

nossas casas de saúde alçando o sinal de perigo? Ou estão muitos dos vigias dormindo, enquanto línguas daninhas e mentes aguçadas, afiadas por longa prática em desviar-se da verdade, estão em contínua atividade para introduzir confusão, e a executar planos a que são instigados pelo inimigo?

Tende a bondade de ler a exortação de Paulo aos colossenses. Ele fala de seu veemente desejo de que os corações dos crentes sejam "unidos em amor e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus - do Pai, e de Cristo; em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência". Col. 2:2 e 3. "E digo isto", declara ele, "para que ninguém vos engane com palavras persuasivas. Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nEle, arraigados e edificados nEle e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, crescendo em ação de graças. Tende cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo e não segundo Cristo; porque nEle habita corporalmente toda a plenitude da divindade." Col. 2:4, 6-9.

Silenciarão os homens de nossas instituições, permitindo que sejam propagados perigosos erros para ruína de almas? Os sentimentos do inimigo estão sendo disseminados por toda parte. Sementes de discórdia, de infidelidade, estão sendo amplamente semeadas. Hão de nossos missionários médicos deixar de opor barreiras contra este mal? Não é tempo de nos perguntarmos a nós mesmos: Havemos de permitir ao inimigo levar-nos a abandonar a obra de proclamar a verdade? Consentiremos que ele nos impeça de ser veículos pelos quais as bênçãos do evangelho, qual corrente de vida, fluam para o mundo? Levante-se agora todo homem, e trabalhe segundo tenha oportunidade. Fale ele a tempo e fora de tempo, e olhe a Cristo em busca de encorajamento e forças para fazer o bem.

Perigos em Contínuo Aumento

Os perigos que nos sobrevêm estão em constante acréscimo. É mais que tempo de nos revestirmos de toda a armadura de Deus, e trabalharmos diligentemente para impedir Satanás de


ME1 - Pag. 196  

obter qualquer vantagem a mais. Anjos de Deus, magníficos em poder, estão à espera de que os chamemos em nosso socorro, para que nossa fé não seja eclipsada pela violência do conflito. É necessária agora renovada energia. Requer-se vigilante ação. Indiferença e descuido redundarão em perda da religião individual e do Céu.

A este tempo deve ser dada a mensagem de Laodicéia, para despertar uma igreja letárgica. Que o pensamento da brevidade do tempo vos estimule o diligente e incansável esforço. Lembrai-vos de que Satanás desceu com grande poder, para operar com todo engano da injustiça naqueles que perecem.

Por anos nossos médicos têm sido educados a pensar que não devem exprimir sentimentos em divergência dos de seu chefe. Oxalá houvessem eles quebrado o jugo! Oxalá houvessem chamado o pecado por seu verdadeiro nome! Não seriam então considerados nas cortes celestes como homens que, se bem que ocupando lugares de importantes responsabilidades, deixaram de dizer a verdade em reprovação daquilo que tem sido desobediência à Palavra de Deus.

Médicos, tendes vós estado a fazer a obra do Mestre escutando fantasiosas interpretações espiritualistas das Escrituras, interpretações que minam os fundamentos de nossa fé, e ficando quietos? Diz Deus: "Nem Eu estarei mais convosco, a menos que desperteis, e reivindiqueis vosso Redentor."

Sofismas que Solapam as Colunas

Eis minha mensagem para vós: Não mais consintais em escutar sem protesto a perversão da verdade. Desmascarai os pretensiosos sofismas que, uma vez recebidos, levarão pastores e médicos e obreiros missionários médicos a passar por alto a verdade. Cada um tem de estar agora em guarda. Deus chama homens e mulheres a tomarem posição sob a ensangüentada bandeira do Príncipe Emanuel. Fui instruída a advertir nosso


ME1 - Pag. 197  

povo; pois muitos se encontram em perigo de receber teorias e sofismas que solapam as colunas fundamentais da fé.

Por vezes nossos médicos conversam por horas, quando fatigados e perplexos, e não se acham em apropriada condição para conversar. Os missionários médicos devem recusar-se a manter longos períodos noturnos de conversação. Essas palestras noturnas têm sido ocasiões em que Satanás, com sua influência sedutora, tem roubado a um e a outro a fé uma vez entregue aos santos. Idéias brilhantes, cintilantes, muitas vezes relampejam de uma mente que se acha influenciada pelo grande enganador. Os que escutam e aquiescem ficarão encantados, como ficou Eva pelas palavras da serpente. Eles não podem dar ouvidos a encantadoras especulações filosóficas, e conservar ao mesmo tempo clara na mente a palavra do Deus vivo.

Nossos médicos têm perdido muito do benefício de sua vida porque têm visto injustas transações e ouvido palavras injustas, e visto seguirem-se errôneos princípios, e não falaram em reprovação, por temor de serem repelidos.

Peço aos que têm estado em ligação com essas tolhedoras influências que quebrem o jugo a que se têm longamente submetido, e ergam-se como homens livres em Cristo. Coisa alguma senão um esforço resoluto romperá o fascínio que sobre eles está.

O Alfa Agora Visto

Não vos enganeis; muitos se afastarão da fé, dando ouvidos a espíritos sedutores e doutrinas de demônios. Temos agora perante nós o alfa desse perigo. O ômega será de natureza mais assustadora.

Necessitamos estudar as palavras que Cristo proferiu na oração que fez imediatamente antes de Seu julgamento e crucifixão. "Jesus falou assim, e, levantando Seus olhos ao Céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a Teu Filho, para que também o Teu Filho Te glorifique a Ti; assim como Lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos Lhe deste. E a vida eterna é esta: que Te conheçam, a


ME1 - Pag. 198  

Ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Eu glorifiquei-Te na Terra, tendo consumado a obra que Me deste a fazer. E agora glorifica-Me Tu, ó Pai, junto de Ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse. Manifestei o Teu nome aos homens que do mundo Me deste; eram Teus, e Tu Mos deste, e guardaram a Tua palavra." João 17:1-6.

Cristãos Devem Manifestar Piedade

Absoluta é a justiça de Deus. Esta justiça caracteriza todas as Suas obras, Suas leis todas. Assim como é Deus, Seu povo tem de ser. A vida de Cristo deve revelar-se na vida de Seus seguidores. Em todos os Seus atos públicos e privados, em toda palavra e ato, via-se piedade prática, e esta piedade se deve mostrar na vida de Seus discípulos.

Os que atendem à luz a eles dada produzirão as virtudes do caráter de Cristo na vida diária. Cristo não pecou, porque nEle não havia pecado. Deus me mostrou que a vida dos crentes deve revelar justiça prática.

Não falou Deus em Sua Palavra acerca dos solenes acontecimentos que hão de em breve ocorrer? Credes, ao ler estas coisas, naquilo que Ele diz? Ou tendes vós, por dar ouvidos a especiosas filosofias, abandonado vossa fé em Deus? Poderá qualquer força desviar o castigo que vos terá de sobrevir a menos que humilheis vosso coração perante Deus e confesseis os vossos pecados? Como é, meus irmãos da obra missionária médica? Não vos fala o Deus vivo, de Sua Palavra, quanto aos acontecimentos que estão tendo lugar em cumprimento dessa Palavra? Não tardará a realizar-se o grande ajuste de contas com o homem. Tem acaso sido vossa vida tal que possais então ser pesados nas balanças do santuário, sem ser achados em falta? Ou tem sido vossa fé moldada e restringida até que se tenha tornado incredulidade? Tornou-se vossa obediência aos homens rebelião contra Deus?


ME1 - Pag. 199  

"Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos." II Cor. 13:5. Special Testimonies, Série B, nº 2, págs. 12-17.

"Acautelai-vos"

Washington, D.C., 7 de agosto de 1904

Meu Prezado Irmão:

Foi-me dada uma mensagem para vos transmitir a vós, e ao resto de nossos médicos ligados com a Associação Missionário-Médica. Apartai-vos da influência exercida pelo livro Living Temple; pois ele encerra ensinamentos especiosos. Há nele opiniões inteiramente verdadeiras, mas estas se acham mescladas de erro. Os textos são tirados de seu contexto, e usados para sustentar teorias errôneas.

A idéia dos erros contidos nesse livro tem-me causado grande aflição, e a experiência por que tenho passado em relação com esse assunto quase me custou a vida.

Dir-se-á que o Living Temple foi revisado. O Senhor mostrou-me, porém, que o autor não mudou, e que não pode haver unidade entre ele e os ministros do evangelho enquanto ele continuar a nutrir seus sentimentos atuais. Sou solicitada a erguer a voz em advertência a nosso povo, dizendo: "Não erreis; Deus não Se deixa escarnecer." Gál. 6:7.

Tendes tido acesso aos Testimonies for the Church, vol. 7 e 8. Neles é erguido o sinal de perigo. Mas a luz tão clara e simples para os espíritos que não foram influenciados por teorias enganosas, não tem sido discernida por alguns. Enquanto as teorias extraviadoras desse livro forem entretidas por nossos médicos, não pode haver união entre eles e os pastores que estão levando a mensagem evangélica. Não deve haver união enquanto não houver mudança.

Quando os missionários médicos fizerem sua prática e seu exemplo se harmonizarem com o nome que levam, quando


ME1 - Pag. 200  

sentirem a necessidade de se unirem firmemente com os ministros do evangelho, então poderá haver ação harmônica. Precisamos, porém, recusar firmemente ser afastados da plataforma da verdade eterna que desde 1844 tem resistido à prova.

Alfa Apresentado no "Living Temple"

Estou instruída a falar claramente. "Enfrentai-o" é a palavra que me é dirigida. "Enfrentai-o firmemente, e sem tardança." Mas não deve ser enfrentado retirando nossas forças operantes do campo a fim de examinar doutrinas e pontos de divergência. Não temos tal investigação a fazer. No livro Living Temple acha-se apresentado o alfa de heresias letais. Seguir-se-á o ômega, e será recebido por aqueles que não estiverem dispostos a atender à advertência dada por Deus.

Nossos médicos, sobre quem repousam importantes responsabilidades, devem ter claro discernimento espiritual. Cumpre-lhes estar constantemente em guarda. Perigos por nós não discernidos agora hão de romper em breve sobre nós, e desejo grandemente que eles não sejam enganados. Experimento intenso anseio de vê-los livres no Senhor. Oro para que eles tenham coragem de permanecer firmes ao lado da verdade tal como é em Jesus, conservando inabalável o princípio de sua confiança até ao fim. Special Testimonies, Série B, nº 2, págs. 49 e 50.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>