Livro - Mensagens Escolhidas - Volume 1 | Ellen G. White Books

Mensagens Escolhidas - Volume 1

CAPÍTULO 15

Quando a Igreja Despertar

ME1 - Pag. 116  

A oração é necessária na vida doméstica, na vida da igreja, na vida missionária. A eficácia da oração fervorosa não é senão fracamente compreendida. Fosse a igreja fiel na oração e não seria encontrada remissa em tantas coisas; pois a fidelidade em clamar a Deus trará preciosos resultados.

Quando a igreja despertar para a consciência de sua santa vocação, muito mais orações fervorosas e eficazes ascenderão ao Céu para que o Espírito Santo indique a obra e o dever do povo de Deus quanto à salvação de almas. Temos uma permanente promessa de que Deus Se aproximará de toda alma que busca.

A igreja necessita ser de novo gerada para uma viva esperança "pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável, e que se não pode murchar". I Ped. 1:3 e 4. Quando a igreja despertar para o senso do que precisa ser feito neste mundo, os membros terão angústia de alma pelos que não conhecem a Deus e que, em sua ignorância espiritual não podem compreender a verdade para este tempo. Abnegação, sacrifício, precisam ser entretecidos em toda a nossa experiência. Precisamos orar e velar em oração, para que não haja incoerência em nossa vida. Precisamos não falhar no mostrar aos outros que compreendemos que velar em oração significa viver nossas orações diante de Deus, para que Ele as possa atender.


ME1 - Pag. 117  

A igreja não regredirá enquanto os membros buscarem auxílio do trono da graça, para não falharem no cooperar na grande obra de salvar as almas que se encontram à beira da ruína. Os membros de uma igreja ativa, operosa, terão a compreensão de que estão usando o jugo de Cristo, e puxando juntamente com Ele.

O universo celeste aguarda instrumentos consagrados por meio dos quais Deus possa comunicar-Se com Seu povo, e por meio dele com o mundo. Deus operará por meio de uma igreja consagrada, cheia de abnegação, e revelará Seu Espírito de maneira visível e gloriosa, especialmente neste tempo, quando Satanás está trabalhando de maneira magistral a fim de enganar as almas, tanto dos ministros como do povo. Se os ministros de Deus cooperarem com Ele, o Senhor estará com eles de maneira assinalada, da mesma forma que estava com Seus discípulos outrora.

Não despertará a igreja para sua responsabilidade? Deus espera para comunicar o Espírito do maior Missionário que o mundo já conheceu aos que trabalharem num espírito de consagração abnegada e pronta ao sacrifício. Quando o povo de Deus receber esse Espírito, deles sairá virtude. Manuscrito 59, 1898.

As Graças Passivas

O Senhor permite que sobrevenham circunstâncias que requeiram o exercício das graças passivas, as quais aumentam em pureza e eficiência à medida que nos esforçamos por devolver ao Senhor o que Lhe pertence em dízimos e ofertas. Sabeis alguma coisa do que significa passar por provações. Estas vos têm dado oportunidade de confiar em Deus, de buscá-Lo em fervente oração, para que nEle creiais, e nEle confieis com singeleza de fé. É sofrendo que nossas virtudes são experimentadas, e provada a nossa fé. É no dia da angústia que sentimos quão precioso é Jesus. Tereis ocasião de dizer: "Ainda que Ele me mate, nEle esperarei." Jó 13:15. Oh! é tão precioso pensar que nos são oferecidas oportunidades de confessar nossa fé em face do perigo, e em meio da tristeza, da doença, da dor e da morte! ...


ME1 - Pag. 118  

Quanto a nós, tudo depende da maneira por que recebemos as condições do Senhor. Segundo o nosso espírito será o resultado moral sobre nossa vida futura e nosso caráter. Cada alma, individualmente, tem vitórias a ganhar, porém ela deve compreender que não lhe é possível ter tudo como deseja. Devemos observar cuidadosamente cada lição que Cristo deu durante Sua vida e ensinos. Ele não destrói; melhora tudo em que toca. Carta 135, 1897.

Humildade e Fé

Na obra para este tempo, não é tanto de dinheiro, talento, saber ou eloqüência que necessitamos, mas de fé adornada de humildade. Oposição alguma pode predominar contra a verdade apresentada com fé e humildade, por obreiros que suportam voluntariamente labuta e sacrifício e vitupério por amor do Mestre. Precisamos ser coobreiros de Cristo se quisermos ver coroados de êxito os nossos esforços. Importa chorar como Ele chorou por aqueles que não choram por si mesmos, e interceder como Ele intercedia pelos que por si não intercedem. Manuscrito 24, 1903.

Uma Obra Apressada

Ao aliar-se o poder divino com o esforço humano, a obra se propagará como o fogo na palha. Deus empregará instrumentos cuja origem o homem será incapaz de discernir; os anjos farão uma obra que os homens poderiam haver tido a bênção de realizar, não houvessem eles negligenciado atender aos reclamos de Deus. Review and Herald, 15 de dezembro de 1885.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>