Livro - Mensagens Escolhidas - Volume 1 | Ellen G. White Books

Mensagens Escolhidas - Volume 1

CAPÍTULO 63

A Pérola de Grande Preço

ME1 - Pag. 399  

"Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." João 3:16. Ele é o mesmo, ontem, hoje e eternamente. A justiça de Cristo, qual pérola pura e alva, não tem defeito, não tem mancha nem culpa. Essa justiça pode ser nossa. A salvação, com seus inestimáveis tesouros adquiridos por preço de sangue, é a pérola de grande preço. Pode ser procurada e encontrada. Mas todos os que realmente a encontram venderão tudo que têm para adquiri-la. Dão prova de que são um com Cristo, como Ele é um com o Pai. Na parábola, o negociante é representado como vendendo tudo que possuía para conseguir a posse de uma pérola de grande preço. É esta uma bela representação dos que apreciam a verdade tão altamente que renunciam a tudo quanto possuem para entrar de posse dela. Pela fé apoderam-se da salvação que lhes é provida à custa do sacrifício do unigênito Filho de Deus.

Alguns há que estão buscando, sempre buscando a boa pérola. Mas não fazem uma renúncia completa de seus maus hábitos. Não morrem para o próprio eu, para que Cristo neles viva. Por isso não encontram a preciosa pérola. Não venceram


ME1 - Pag. 400  

suas ambições profanas e amor aos atrativos mundanos. Não tomam a cruz, para seguir a Cristo na vereda da abnegação e sacrifício do próprio eu. Nunca sabem o que é ter paz e harmonia na alma; pois sem a entrega completa não há descanso, não há alegria. Quase cristãos, mas não cristãos integrais, parecem perto do reino dos Céus, mas nele não entram. Quase salvo, mas não completamente, significa estar não quase, mas completamente perdido.

A diária consagração a Deus traz paz e descanso. O negociante vendeu tudo que possuía, para adquirir a pérola. Quando os que estão buscando a salvação se recusarem a fracassar ou se desanimar, encontrarão paz e descanso no Senhor. Cristo os vestirá com Sua justiça. Ele lhes proverá um coração puro e espírito novo. Estas bênçãos custaram a vida do Filho de Deus, e são oferecidas livremente àqueles pelos quais foi feito o sacrifício. Como, porém, tratam alguns a dádiva oferecida? - Volvem-lhe costas, preferindo os prazeres desta vida. Deles diz Cristo: "Não quereis vir a Mim para terdes vida." João 5:40.

Os pecadores acham-se entregues a um engano tremendo. Desprezam e rejeitam o Salvador. Não reconhecem o valor da pérola que lhes é oferecida, e lançam-na fora, só votando ao seu Redentor insulto e escárnio. Muita mulher cobre-se de anéis e braceletes, julgando atrair admiração, mas recusa-se a aceitar a pérola de alto preço, que lhe asseguraria santificação, honra, e riquezas eternas. Que vaidade possui o pensamento de muitos! Ficam mais encantados com ninharias terrenas, que brilham e cintilam, do que com a coroa de vida imortal, a qual é a recompensa divina da lealdade. "Porventura, esquece-se a virgem dos seus enfeites ou a esposa dos seus cendais? Todavia, o Meu povo se esqueceu de Mim por inumeráveis dias." Jer. 2:32.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>