Livro - Mensagens Escolhidas - Volume 1 | Ellen G. White Books

Mensagens Escolhidas - Volume 1

CAPÍTULO 43

Cristo, o Doador da Vida

ME1 - Pag. 296  

"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez. NEle estava a vida, e a vida era a luz dos homens; E a luz resplandece na trevas, e as trevas não a compreenderam." João 1:1-5. O mundo não reconheceu divindade no humilde Homem de Nazaré. O unigênito Filho do Deus infinito estava no mundo, e os homens não O conheceram em Seu caráter verdadeiro.

"NEle estava a vida, e a vida era a luz dos homens." João 1:4. Não é a vida física que é aqui especificada, mas a imortalidade, a vida que é exclusivamente propriedade de Deus. O Verbo, que estava com Deus e era Deus, possuía essa vida. A vida física é algo que todo indivíduo recebe. Não é eterna ou imortal; pois Deus, o doador da vida, toma-a outra vez. O homem não tem domínio sobre sua vida. A vida de Cristo, porém, não era de empréstimo. Ninguém pode arrebatar-Lhe essa vida. "Eu de Mim mesmo a dou" (João 10: 18), disse Ele. NEle havia vida, original, não tomada por empréstimo, não derivada. Essa vida não é inerente ao homem. Ele só a pode possuir mediante Cristo. Não a pode ganhar por mérito; é-lhe


ME1 - Pag. 297  

dada como dádiva livre, se ele crer em Cristo como seu Salvador pessoal. "A vida eterna é esta: que Te conheçam, a Ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste." João 17:3. Esta é a fonte de vida, aberta ao mundo.

Dando sua comissão a Timóteo, diz Paulo: "Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão. Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas. Mando-te diante de Deus, que todas as coisas vivifica, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos deu o testemunho de boa confissão, que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até à aparição de nosso Senhor Jesus Cristo; a qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso Senhor, Rei dos reis e Senhor dos senhores; Aquele que tem, Ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver: ao qual seja honra e poder sempiterno." I Tim. 6:11-16.

De outra vez, escreve Paulo: "Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal. Mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, que sou o principal, Jesus Cristo mostrasse toda a Sua longanimidade, para exemplo dos que haviam de crer nele para a vida eterna. Ora ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus seja honra e glória para todo o sempre." I Tim. 1:15-17.

A Imortalidade Trazida por Cristo

Cristo "trouxe à luz a vida e a incorrupção [imortalidade, diz outra tradução] pelo evangelho". II Tim. 1:10. Homem algum pode ter vida espiritual independente dEle. O pecador não é imortal; pois Deus disse: "A alma que pecar, essa morrerá." Ezeq. 18:4. Esta frase tem todo o sentido que exprime. Alcança mais longe do que a morte, que vem a todos; ela significa a segunda morte. Os homens protestam, dizendo: Quereis fazer do homem nada mais que um animal? Isto é considerado


ME1 - Pag. 298  

degradante. O que é, porém, que eleva o homem à vista de Deus? É porventura a acumulação de dinheiro? - Não; pois declara Deus: O ouro e a prata são Meus. Se o homem abusar dos tesouros que lhe são confiados, Deus pode espalhar mais depressa do que pode o homem juntar. Pode o homem ter um intelecto brilhante; pode ser rico na posse de dotes naturais. Mas todos estes lhe são dados por Deus, seu Criador. Deus pode remover o dom da razão, e num momento o homem se tornará como Nabucodonosor, degradado ao nível das bestas do campo. Isto Deus faz porque o homem age como se tivesse recebido independente dEle a sua sabedoria e poder.

O homem é apenas mortal, e enquanto se julgar demasiado sábio para aceitar a Jesus, permanecerá ele apenas mortal. Têm os homens realizado feitos admiráveis no mundo intelectual, mas quem lhes deu poder para isso fazer? - O Senhor Deus dos exércitos. Se em Sua imaginada eficiência os homens triunfam por causa de seu próprio poder, e se gloriam, seguindo o exemplo do mundo antediluviano, perecerão eles. Era somente má a imaginação daquela raça longeva, e isso continuamente. Eram sábios em fazerem o mal, e a Terra se corrompeu pelos seus habitantes. Se se houvessem unido Àquele que é infinito em sabedoria, poderiam ter feito coisas maravilhosas com a habilidade e talentos que Deus lhes dera. Mas, volvendo costas a Deus, preferiram seguir a guia de Satanás, como o fazem muitos hoje; e o Senhor varreu-os da Terra, com todo o seu jactancioso conhecimento.

Pode a humanidade ser exaltada pelo mundo, pelo que tem feito. Mas o homem pode cair muito depressa à vista de Deus, aplicando mal os talentos que lhe são confiados e se apropriando indevidamente desses talentos que, usados devidamente, o elevariam. Conquanto o Senhor seja longânimo e não queira que ninguém se perca, de modo algum inocentará o culpado. Levem todos a sério as palavras do Senhor: "Por que dais coices contra o sacrifício e contra a Minha oferta de manjares, que ordenei na Minha morada, e honras a teus filhos mais do que a Mim, para vos engordardes do principal de todas as


ME1 - Pag. 299  

ofertas do Meu povo de Israel? Portanto, diz o Senhor Deus de Israel: Na verdade tinha dito Eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de Mim perpetuamente; porém, agora diz o Senhor: Longe de Mim tal coisa, porque aos que Me honram honrarei, porém os que Me desprezam serão envilecidos." I Sam. 2:29 e 30.

Deus honra aos que Lhe obedecem. "Recompensou-me o Senhor conforme a minha justiça", disse Davi, "retribuiu-me conforme a pureza das minhas mãos. Porque guardei os caminhos do Senhor, e não me apartei impiamente do meu Deus. Porque todos os Seus juízos estavam diante de mim, e não rejeitei os Seus estatutos." Sal. 18:20-22.

Como Alcançar a Vida Eterna

Unicamente o crente em Cristo pode receber vida eterna. Unicamente alimentando-nos continuamente da carne e do sangue de Cristo, podemos ter a certeza de ser participantes da natureza divina. Ninguém deve ser indiferente nesta questão, dizendo: Se somos honestos, não importa o que cremos. Não podeis com segurança ceder qualquer princípio de verdade vital para agradar-vos, a vós ou a quem quer que seja. Não procureis evitar a cruz. Se não recebermos nenhuma luz do Sol da justiça, não teremos ligação com a fonte de toda a luz; e se esta vida e luz não permanecer em nós, jamais nos salvaremos.

Deus tomou todas as providências para que Seu propósito na criação do homem não seja frustrado por Satanás. Depois de Adão e Eva, por sua desobediência, haverem introduzido a morte no mundo, foi provido à raça humana um custoso sacrifício. Foi-lhes atribuído um valor mais alto do que possuíam originalmente. Dando Cristo, Seu Filho unigênito, como resgate para o mundo, Deus deu todo o Céu.

A aceitação de Cristo proporciona valor ao ser humano. Seu sacrifício leva vida e luz a todos os que tomam a Cristo como seu Salvador pessoal. O amor de Deus, por meio de Jesus Cristo é derramado no coração de todo membro de Seu corpo, levando consigo a vitalidade da lei de Deus, o Pai. Assim pode


ME1 - Pag. 300  

Deus habitar com o homem, e o homem habitar com Deus. Declarou Paulo: "já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e Se entregou a Si mesmo por mim." Gál. 2:20.

Se pela fé o homem se torna um com Cristo, pode ele alcançar a vida eterna. Deus ama os que são remidos por Cristo, tal qual Ele ama a Seu Filho. Que pensamento este! Poderá Deus amar ao pecador tanto como ama a Seu próprio Filho? - Sim; Cristo o disse, e o que Ele diz é exato. Ele honrará todos os nossos pedidos se por viva fé nos apoderarmos de Suas promessas e pusermos nEle nossa confiança. Olhai para Ele e vivei. Todos os que obedecem a Deus são incluídos na oração que Cristo apresentou ao Pai. "Eu lhes fiz conhecer o Teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que Me tens amado esteja neles, e Eu neles esteja." João 17:26. Maravilhosa verdade, demasiado difícil para a humanidade compreender!

Declara Cristo: "Eu sou o pão da vida; aquele que vem a Mim não terá fome; e quem crê em Mim nunca terá sede." João 6:35. "A vontade dAquele que Me enviou é esta: que todo aquele que vê o Filho, e crê nEle, tenha a vida eterna; e Eu o ressuscitarei no último dia." João 6:40. "Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em Mim tem a vida eterna." João 6:47. "Se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o Seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a Minha carne e bebe o Meu sangue tem a vida eterna e Eu o ressuscitarei no último dia. Porque a Minha carne verdadeiramente é comida, e o Meu sangue verdadeiramente é bebida. Quem come a Minha carne e bebe o Meu sangue permanece em Mim e Eu nele. Assim como o Pai, que vive, Me enviou, e Eu vivo pelo Pai, assim, quem de Mim se alimenta, também viverá por Mim. Este é o pão que desceu do Céu; não é o caso de vossos pais, que comeram o maná e morreram; quem comer este pão viverá para sempre." João 6:53-58. "O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que Eu vos disse são espírito e vida." João 6:63.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>