Livro - Conselhos Sobre o Regime Alimentar | Ellen G. White Books

Conselhos Sobre o Regime Alimentar

CAPÍTULO 18

Frutas, Cereais e Verduras

CRA - Pag. 309  

Frutas

Uma Bênção nas Frutas Frescas

Sou muito grata a Deus porque, quando Adão perdeu seu lar edênico, o Senhor não o privou do suprimento de frutas. Carta 157, 1900.

O Senhor quer que os que vivem em países onde é possím grande parte do ano, se compenetrem da bênção que têm nessas frutas. Quanto maior for o uso que fizermos de frutas frescas, tais como são apanhadas da árvore, maior será a bênção. Testimonies, vol. 7, pág. 126.

Convir-nos-ia cozinhar menos e comer mais frutas em estado natural. Ensinemos o povo a comer abundantemente uvas, maçãs, pêssegos, pêras, amoras e toda outra espécie de frutas que seja possível conseguir. Sejam elas preparadas e conservadas para uso no inverno, usando-se quanto possível vidros, em vez de latas. Testimonies, vol. 7, pág. 134.

Para um estômago dispéptico, podeis pôr à mesa frutas de diversas espécies, mas não demasiada variedade em uma refeição. Testimonies, vol. 2, pág. 373.

Recomendaríamos especialmente as frutas como fator de saúde. Mas mesmo as frutas não devem ser comidas após uma completa refeição de outros alimentos. Manuscrito 43, 1908.

Verduras e frutas agradavelmente preparadas em sua estação serão benéficas, uma vez que sejam da melhor qualidade, não mostrando o mínimo sinal de deterioração, mas sendo sãs e não afetadas pela doença ou apodrecimento. Morrem mais pessoas por comerem frutas e verduras deterioradas que fermentam no estômago e produzem sangue envenenado, do que fazemos idéia. Carta 12, 1887.


CRA - Pag. 310  

Uma provisão simples, mas liberal de fruta é o melhor alimento que se possa colocar diante dos que se estão preparando para a obra de Deus. Carta 103, 1896.

Parte de um Regime Apropriado

Cereais, frutas, nozes e verduras constituem o regime dietético escolhido por nosso Criador. Estes alimentos, preparados da maneira mais simples e natural possível, são os mais saudáveis e nutritivos. Proporcionam uma força, uma resistência e vigor intelectual, que não são promovidos por uma alimentação mais complexa e estimulante. A Ciência do Bom Viver, pág. 296.

Nos cereais, frutas, verduras e nozes encontram-se todos os elementos de que necessitamos. Se formos ao Senhor em simplicidade de espírito, Ele nos ensinará a preparar alimento saudável sem a mancha da carne. Manuscrito 27, 1906.

Provisório Regime Frugal

A intemperança no comer é muitas vezes a causa da doença, e o que a natureza precisa mais é ser aliviada da indevida carga que lhe foi imposta. Em muitos casos de doença, o melhor remédio é o paciente jejuar por uma ou duas refeições, a fim de que os sobrecarregados órgãos digestivos tenham ensejo de descansar. Um regime de frutas por alguns dias tem muitas vezes produzido grande benefício aos que trabalham com o cérebro. Muitas vezes um breve período de inteira abstinência de comida, seguido de alimento simples e moderadamente tomado, tem levado à cura por meio dos próprios esforços recuperadores da natureza. Um regime de abstinência por um ou dois meses, havia de convencer a muitos sofredores que a vereda da abnegação é o caminho para a saúde. A Ciência do Bom Viver, pág. 235.


CRA - Pag. 311  

Substituição de Artigos Nocivos

Em nossas instituições médicas devem ser dadas claras instruções quanto à temperança. Deve-se fazer ver aos pacientes o dano de bebidas intoxicantes, e a bênção da abstinência total. Deve-se-lhes pedir que abandonem as coisas que lhes arruinaram a saúde, e o lugar dessas deve ser substituído por abundância de frutas. Laranjas, limões, ameixas, pêssegos e muitas outras variedades se podem obter; pois o mundo de Deus é produtivo, uma vez que se façam laboriosos esforços. Carta 145, 1904.

Não useis sal em quantidade, evitai os picles e comidas condimentadas, servi-vos de abundância de frutas, e a irritação que requer tanta bebida nas refeições desaparecerá em grande parte. A Ciência do Bom Viver, pág. 305.

Conservar e Secar

Onde quer que haja frutas em abundância, deve-se preparar farta provisão para o inverno, conservando-as cozidas ou secas. As frutas pequenas, como morangos, amoras, groselhas e outras, podem dar com vantagem em muitos lugares onde são pouco usadas e onde o seu cultivo é negligenciado.

Para conservas domésticas, os vidros devem ser usados sempre que possível, de preferência às latas. É especialmente digno de atenção que as frutas a serem conservadas estejam em boas condições. Empregue-se pouco açúcar, e a fruta seja cozinhada apenas o necessário à sua preservação. Assim preparadas, são excelente substituto para as frutas frescas.

Onde quer que as frutas secas como passas, ameixas, maçãs, pêras, pêssegos e abricós se possam obter por moderado preço, verificar-se-á que se podem usar como artigos principais de regime, muito mais abundantemente do que se costuma fazer, com os melhores resultados para a saúde de todas as classes. A Ciência do Bom Viver, pág. 299.


CRA - Pag. 312  

Purê de maçãs, conservado em vidros, é saudável e saboroso. Pêras e cerejas, caso se possam obter, dão excelente purê para ser usado no inverno. Carta 195, 1905.

Se puderdes obter maçãs, estareis em boas condições no que respeita a frutas, ainda que não possais ter nada mais. ... Não acho que tanta variedade de frutas seja essencial; todavia elas devem ser cuidadosamente colhidas e conservadas em sua estação, para serem usadas quando não houver maçãs. Maçãs são superiores a qualquer fruta para uma pessoa em crescimento. Carta 5, 1870.

Recém-colhida do Pomar e do Quintal

Há outra vantagem a ser obtida pelo cultivo de frutas em ligação com nossos hospitais. Pode-se ter para a mesa a fruta absolutamente livre de deterioração, e recém-colhida da árvore. Manuscrito 114, 1902.

Famílias e instituições devem aprender a fazer mais quanto ao cultivo e aperfeiçoamento da terra. Se o povo tão-somente soubesse o valor dos produtos da terra, que ela produz a seu tempo, mais diligentes esforços seriam feitos para cultivar o solo. Todos se devem achar relacionados com o valor especial das frutas e verduras frescas, colhidas do pomar e da horta. À medida que aumenta o número de pacientes e de alunos, mais terra se fará necessário. Poder-se-iam plantar parreiras, tornando assim possível à instituição produzir suas uvas. O laranjal no lugar apropriado seria uma bênção. Manuscrito 13, 1911.


CRA - Pag. 313  

Cereais

Em Um Regime Escolhido Pelo Criador

Cereais, frutas, nozes e verduras constituem o regime dietético escolhido por nosso Criador. Estes alimentos, preparados da maneira mais simples e natural possível, são os mais saudáveis e nutritivos. Proporcionam uma força, uma resistência e vigor intelectual, que não são promovidos por uma alimentação mais complexa e estimulante. A Ciência do Bom Viver, pág. 296.

Os que se alimentam de carne, não estão senão comendo cereais e verduras em segunda mão; pois o animal recebe destas coisas a nutrição que dá o crescimento. A vida que se achava no cereal e na verdura passa ao que os ingere. Nós a recebemos comendo a carne do animal. Quão melhor seria obtê-la diretamente, comendo aquilo que Deus proveu para nosso uso! A Ciência do Bom Viver, pág. 313.

Parte de um Regime Apropriado

É um erro supor que a força muscular depende do uso de alimento animal. As necessidades do organismo podem ser melhor supridas, e mais vigorosa saúde se pode desfrutar, deixando de usá-lo. Os cereais, com frutas, nozes e verduras, contêm todas as propriedades nutritivas necessárias a formar um bom sangue. A Ciência do Bom Viver, pág. 316.

Nos cereais, frutas, verduras e nozes encontram-se todos os elementos alimentícios de que necessitamos. Se formos ter com o Senhor em simplicidade de espírito, Ele nos ensinará a preparar comida saudável, livre da contaminação das carnes. Manuscrito 27, 1906.

Facilmente Encontradas

As provisões de frutas, nozes e cereais da Natureza, são amplas; e de ano para ano os produtos de todas


CRA - Pag. 314  

as terras são mais geralmente distribuídos por todos, devido às facilidades de transporte. Em resultado, muitos artigos de alimentação que, poucos anos atrás, eram considerados como luxos dispendiosos, encontram-se agora ao alcance de todos, como gêneros diários. A Ciência do Bom Viver, pág. 297.

Se planejarmos sabiamente, os artigos conducentes à boa saúde podem ser obtidos em quase todas as terras. Os vários artigos preparados de arroz, trigo, milho e aveia são enviados para toda parte, bem como feijões, ervilhas e lentilhas. Estes, juntamente com as frutas nacionais ou importadas, e a quantidade de verduras que dão em todas as localidades, oferecem oportunidade de escolher um regime dietético completo, sem o uso dos alimentos cárneos. A Ciência do Bom Viver, pág. 299.

Devidamente Preparado

Frutas, cereais e verduras, preparados de maneira simples, livres de especiarias e gordura animal de qualquer espécie, fazem com leite ou nata, o mais saudável regime dietético. Comunicam nutrição ao corpo, e dão poder de resistência e um vigor de intelecto não produzidos por um regime estimulante. Christian Temperance and Bible Hygiene, pág. 47.

Cereais e frutas preparados sem gordura, e no estado mais natural possível, devem ser o alimento para as mesas de todos os que professam estar-se preparando para a trasladação ao Céu. Testimonies, vol. 2, pág. 352.

Mingaus

Os cereais empregados em mingaus devem ser cozidos várias horas. Mas as comidas brandas ou líquidas são menos saudáveis que as secas, que requerem suficiente mastigação. A Ciência do Bom Viver, pág. 301.

Alguns crêem sinceramente que uma dieta apropriada consiste especialmente em mingaus. Comer muito mingau não


CRA - Pag. 315  

comunicaria saúde aos órgãos digestivos; pois assemelha-se muito aos líquidos. Estimulai o comer frutas e verduras e pão. Youth"s Instructor, 31 de maio de 1894.

Mingau de Trigo Integral

Podeis fazer mingaus de farinha integral. Se essa farinha for muito áspera, podeis peneirá-la, e enquanto o mingau estiver quente, adicionar leite. Isto fará um prato muito saboroso e saudável para o acampamento. Testimonies, vol. 2, pág. 603.

Substituir a Carne

Quando se abandona a carne, deve-se substituí-la com uma variedade de cereais, nozes, verduras e frutas, os quais serão nutritivos e ao mesmo tempo apetitosos. ... O lugar da carne deve ser preenchido com alimento saudável e pouco dispendioso. A Ciência do Bom Viver, págs. 316 e 317.

Pão O Bordão da Vida

A religião levará as mães a fazerem pão da melhor qualidade. ... O pão deve ser perfeitamente assado, por dentro e por fora. A saúde do estômago requer que ele seja leve e seco. O pão é o verdadeiro bordão da vida, e portanto toda cozinheira deve ser excelente em fazê-lo. Manuscrito 34, 1899.

Religião em um Pão Bem Feito

Algumas pessoas julgam não ser dever religioso preparar devidamente a comida; daí, não procuram aprender a fazê-lo.


CRA - Pag. 316  

Deixam o pão azedar antes de assá-lo, e o bicarbonato adicionado para remediar o descuido da cozinheira torna-o totalmente impróprio para o estômago humano. Requer reflexão e cuidado fazer bom pão. Há, porém, mais religião num bom pão do que muitos pensam. Christian Temperance and Bible Hygiene, pág. 47.

É dever religioso de toda jovem cristã e de toda senhora aprender a fazer quanto antes pão bom, isento de acidez e leve, de farinha de trigo integral. Testimonies, vol. 1, pág. 684.

Uso de Bicarbonato no Pão

O emprego do bicarbonato ou fermento em pó, no pão, é nocivo e desnecessário. O bicarbonato produz inflamação do estômago, envenenando muitas vezes todo o organismo. Muitas donas de casa julgam não poder fazer bom pão sem empregar o bicarbonato, mas isto é um erro. Se se derem ao incômodo de aprender melhores métodos, seu pão será mais saudável e, a um paladar natural, muito mais agradável.

Uso de leite em pão fermentado. No fazer pão crescido, ou levedado, não se devia empregar leite em lugar de água. Isto representa despesa adicional, e torna o pão menos saudável. O pão que leva leite não se conserva bem tanto tempo depois de assado, como o que é feito com água, e fermenta mais facilmente no estômago.

Pão fermentado quente. O pão deve ser leve e agradável. Nem o mais leve vestígio de acidez se deve tolerar. Os pães devem ser pequenos, e tão perfeitamente assados que, o quanto possível, os bacilos do fermento sejam destruídos. Quando quente ou fresco, qualquer espécie de pão levedado é de difícil digestão. Nunca devia aparecer à mesa. Isto não se aplica, entretanto, ao pão sem levedar.


CRA - Pag. 317  

Pão de trigo fresco, sem fermento ou levedura, e assado num forno bem quente, é saboroso e ao mesmo tempo saudável. ...

Torradas. Torradas são dos mais digestíveis e deliciosos alimentos. Corte-se o pão comum em fatias, ponha-se no forno até haver desaparecido o último vestígio de umidade. Deixe-se então dourar levemente e por igual. Pode-se conservar esse pão num lugar seco por muito mais tempo que o pão comum e, se aquecido ao forno um pouco antes de ser servido, ficará como torradas novas. A Ciência do Bom Viver, págs. 300-302.

O Pão Velho Preferível ao Novo

Pão de dois ou três dias é mais saudável do que o novo. O pão secado ao forno é um dos mais saudáveis artigos de alimentação. Carta 142, 1900.

Os Males do Pão Azedo

Achamos com freqüência o pão de farinha integral pesado, azedo e apenas parcialmente assado. Isto acontece por falta de interesse em aprender, e de cuidado no desempenho do importante dever de cozinhar. Às vezes encontramos sonhos ou biscoitos brandos, secados, não cozidos, e outras coisas semelhantes. E então os cozinheiros vos dirão que podem trabalhar muito bem na velha maneira de cozinhar, mas para dizer a verdade, suas famílias não gostam de pão integral; que morreriam de fome se vivessem assim.

Tenho dito comigo mesma: Não me admiro disto. E sua maneira de preparar a comida que a torna tão insípida. Comer coisas assim faria certamente dispépticos. Esses pobres cozinheiros, e os que têm que comer de seus alimentos, dir-lhes-ão com seriedade que a reforma de saúde não lhes vai bem.

O estômago não tem capacidade para converter um pão inferior, pesado, azedo, em bom alimento; mas esse mau pão converterá um estômago saudável num órgão enfermo. Os que ingerem


CRA - Pag. 318  

tal comida sabem que estão perdendo a resistência. Não há razão para isto? Algumas dessas pessoas denominam-se reformadoras da saúde, mas não o são. Não sabem cozinhar. Preparam bolos, batatas, e pão integral, mas há a mesma rotina, com pouca variação, e o organismo não é fortalecido. Parece que julgam perdido o tempo dedicado a obter suficiente experiência no preparo de alimento saudável e saboroso. ...

Encontramos dispépticos em muitas famílias, e com freqüência a causa é o pão deficiente. A dona da casa julga que não deve ser lançado fora, e comem-no. É esta a maneira de dispor de um pão mal feito? Pô-lo-ão os senhores no estômago para ser convertido em sangue? Tem esse órgão capacidade de tornar bom o pão azedo? Pão pesado em leve? Pão mofado em pão novo?...

Muita esposa e mãe que não recebeu a devida educação e a quem falta habilidade no departamento culinário, está presenteando diariamente sua família com alimento mal preparado que lhe está seguramente destruindo os órgãos digestivos, formando má qualidade de sangue, e trazendo com freqüência um ataque agudo de doença inflamatória e causando morte prematura. Muitos foram levados à morte por comerem pão pesado e azedo. Foi-me relatado um caso de uma menina empregada que fez uma fornada de pão azedo e pesado. Para ver-se livre dele e ocultar o caso, atirou-os a um casal de grandes porcos. Na manhã seguinte, o dono da casa encontrou mortos os animais e, examinando a gamela, encontrou pedaços daquele pão pesado. Fez averiguações, e a jovem confessou o que fizera. Não pensara no efeito que tal pão teria nos porcos. Se pão azedo e pesado mata porcos, que podem devorar cascavéis, e quase tudo quanto é detestável, que efeito terá no delicado órgão que é o estômago humano? Testimonies, vol. 1, págs. 681-684.

A Vantagem de Usar Pão e Outros Alimentos Sólidos

Grande cuidado precisa tomar-se ao fazer-se a mudança do alimento cárneo para o regime vegetariano, de prover-se a mesa de alimentos sabiamente preparados, bem cozinhados.


CRA - Pag. 319  

Comer tanto mingau é um erro. A comida seca, que requer mastigação, é muito preferível. As preparações de alimentos saudáveis são uma bênção a esse respeito. O bom pão integral e pãezinhos, preparados de maneira simples, todavia com diligente esforço, serão saudáveis. O pão nunca deve ter a mais leve acidez. Deve ser assado até que esteja completamente cozido. Assim se evitará toda a maciez e pegajosidade.

Para os que as podem usar, as boas verduras, preparadas de modo saudável, são melhores que os mingaus ou papas. As frutas usadas com pão perfeitamente cozido de dois ou três dias, serão mais benéficas que o pão fresco. Isto, com mastigação lenta e suficiente, fornecerá tudo quanto o organismo necessita. Manuscrito 3, 1897.

Biscoitos Quentes

Biscoitos quentes e alimentos cárneos são de todo contrários aos princípios da reforma de saúde. Testemunho Inédito, pág. 2.

Biscoitos com bicarbonato, quentes, são muitas vezes usados com manteiga, e comidos como dieta escolhida; os fracos órgãos digestivos, porém, não podem deixar de sentir o abuso que lhes é infligido. Carta 72, 1896.

Temos voltado ao Egito em vez de avançar para Canaã. Não inverteremos a ordem das coisas? Não teremos comida simples e saudável em nossas mesas? Não dispensaremos os biscoitos quentes, que só causam dispepsia? Carta 3, 1884.

Broas e Pãezinhos

Biscoitos quentes, crescidos com bicarbonato ou fermento em pó, nunca devem aparecer em nossa mesa. Tais artigos são impróprios para entrar no estômago. Pão fermentado quente, de qualquer espécie, é de difícil digestão. Broas de farinha integral,saborosas e ao mesmo tempo saudáveis, podem ser feitas


CRA - Pag. 320  

de farinha integral, misturadas com água pura e fria e leite. É, porém, difícil ensinar simplicidade a nosso povo. Quando recomendamos broas de farinha integral, nossos amigos dizem: "Oh, sim, sabemos fazer!" Ficamos muito decepcionados quando elas aparecem, crescidas com fermento em pó ou com leite azedo e bicarbonato. Isto não testifica da reforma. A farinha integral, misturada com água pura e leve e com leite, dá as melhores broas que já comemos. Caso a água seja salobra, empregue-se mais leite natural, ou acrescente-se um ovo à massa. As broas devem ser perfeitamente assadas em forno bem-aquecido, com fogo constante.

Para fazer pãezinhos, usai água leve e leite, ou um pouco de nata; fazei uma massa dura e bem-amassada como para bolachas de água e sal. Assai na grelha do forno. Eles são deliciosos. Pedem suficiente mastigação, o que é um benefício tanto para os dentes como para o estômago. Dão bom sangue, e comunicam força. Com tal pão, e abundância de frutas, verduras e cereais que nosso país produz em abundância, não se devem desejar maiores iguarias. Review and Herald, 8 de maio de 1883.

Pão de Farinha Integral Melhor que o Branco

O pão de farinha branca não pode comunicar ao organismo a nutrição que se encontra no pão integral. O uso comum do pão de farinha beneficiada, não pode manter o organismo em condições saudáveis. Ambos vós tendes fígado inativo. O uso da farinha branca agrava as dificuldades em que estais trabalhando. Testimonies, vol. 2, pág. 68.

Para o pão, a farinha branca, superfina, não é a melhor. Seu uso nem é saudável nem econômico. A farinha branca, fina, carece de elementos nutritivos que se encontram no pão feito do trigo integral. É causa freqüente de prisão de ventre e outras condições insalubres. A Ciência do Bom Viver, pág. 300.


CRA - Pag. 321  

Variar os Cereais no Pão

Farinha de trigo sozinha não é o melhor para um regime contínuo. Uma mistura de trigo, aveia e centeio seria mais nutritivo do que o trigo destituído de suas propriedades nutritivas. Carta 91, 1898.

Pães Doces

Pães e bolachas doces, raramente temos em nossa mesa. Quanto menos comidas doces comermos, melhor; elas causam perturbações no estômago, e produzem impaciência e irritabilidade nos que se habituam a usá-las. Carta 363, 1907.

É bom deixar fora o açúcar nas bolachas que se fazem. Alguns gostam mais das bolachas mais doces, mas estas são nocivas aos órgãos digestivos. Carta 37, 1901.

Verduras

Verduras Frescas, Preparadas com Simplicidade

Todos devem estar relacionados com o valor especial das frutas e das verduras frescas do pomar e da horta. Manuscrito 13, 1911.

Frutas, cereais e verduras, preparadas com simplicidade, livres de condimento e gordura de toda espécie, fazem, com leite e nata, o mais saudável regime. Comunicam nutrição ao organismo, e dão um poder de resistência e um vigor intelectual não produzidos por um regime estimulante. Conselhos Sobre Saúde, pág. 115.


CRA - Pag. 322  

Para os que as podem usar, boas verduras, preparadas de maneira saudável, são alimento melhor que as papas ou mingaus. Manuscrito 3, 1897.

As verduras devem ser tornadas apetitosas com um pouco de leite ou nata, ou algo equivalente. Testimonies, vol. 9, pág. 162.

Parte de um Regime Completo

Os cereais, frutas e verduras simples, têm todas as propriedades nutritivas necessárias para formar bom sangue. Isto um regime cárneo não pode efetuar. Carta 70, 1896.

Abundância de Verduras

Somos constituídos daquilo que comemos. Fortaleceremos as paixões animais comendo alimentos animais? Em vez de educar o gosto por um regime grosseiro, é mais que tempo de nos estar educando para viver de frutas, cereais e verduras. ... Uma variedade de pratos simples, perfeitamente saudáveis e nutritivos, podem ser providos à parte de carne. Homens de bom apetite precisam ter abundância de verduras, frutas e cereais. Carta 3, 1884.

É intenção do Senhor levar Seu povo a voltar a viver de simples frutas, verduras e cereais. Carta 72, 1896.

Alguns Não Podem Usar Verduras

Há, em uma instituição médica, apetites diversos a satisfazer. Alguns exigem verduras bem preparadas para satisfazer-lhes


CRA - Pag. 323  

a necessidades peculiares. Outros não têm sido capazes de usar verduras sem sofrer as conseqüências. Carta 45, 1903.

Batatas-Inglesas e Doces

Não cremos que batatas fritas sejam saudáveis, pois há em seu preparo mais ou menos gordura ou manteiga. Boas batatas cozidas ou assadas, servidas com nata e um pouco de sal, são as mais saudáveis. As sobras das batatas-inglesas e batatas-doces são preparadas com um pouco de nata e de sal, e tornadas a assar, não fritar; são excelentes. Carta 322, 1905.

Feijão, Prato Saudável

Outro prato muito simples mas saudável, é feijão cozido ou assado. Dilua-se uma parte dele na água, adicione-se leite ou nata, e faça-se uma sopa. Testimonies, vol. 2, pág. 603.

Cultivar e Conservar Legumes

Muitos não vêem a importância de terem terras para cultivar, e de produzirem frutas e legumes, para que sua mesa seja provida com essas coisas. Sou instruída a dizer a toda família e toda igreja: Deus vos abençoará quando operardes vossa salvação com temor e tremor, temendo que, por falta de sabedoria no tratamento do corpo, venhais a arruinar o plano de Deus para vós. Carta 5, 1904.

Devem-se tomar providências para obtenção de um suprimento de milho doce seco. Abóboras podem ser secadas, sendo usadas com proveito para fazer tortas durante o inverno. Carta 195, 1905.

Verduras e Tomates no Regime de Ellen G. White

Falais quanto a meu regime. Não me tenho apegado tanto a uma coisa que não seja capaz de comer qualquer outra. Mas no que respeita a verduras, não precisais preocupar-vos;


CRA - Pag. 324  

pois sei com certeza que na região em que morais há muitas espécies de produtos vegetais que posso usar como verduras de folha. Poderei obter as folhas da labaça amarela, o tenro dente-de-leão e mostarda. Haverá ali provisão muito maior, que na Austrália era possível obter, e de qualidade superior. E caso não houvesse nenhuma outra coisa, há a produção de cereais. Carta 31, 1901.

Perdi o apetite algum tempo antes de ir para o Leste. Agora, porém, voltou; e sinto muita fome ao chegar a hora das refeições. Meus cardos verdes bem preparados com nata esterilizada e suco de limão, são muito apetitosos. Tomo sopa de macarrão bem fino com tomate numa refeição, e verduras de folhas na seguinte. Recomecei a refeição de batatas. Todos os meus alimentos me parecem saborosos. Sou como um doente de febre que ficou meio morto de fome, e encontro-me em perigo de comer em excesso. Carta 10, 1902.

Os tomates que mandastes eram muito bons e deliciosos. Verifico que os tomates são o melhor artigo de alimentação para mim. Carta 70, 1900.

Plantamos suficiente milho e ervilhas para nós e nossos vizinhos. O milho doce, secamos para usar no inverno; então, quando precisarmos dele, moeremos num moinho, e cozinhá-lo-emos. Isto proporciona as mais deliciosas sopas e outros pratos. ...

No tempo das uvas, temo-las em abundância, e assim também ameixas e maçãs, certa quantidade de cerejas, pêssegos, pêras e azeitonas que nós mesmos preparamos. Cultivamos também grande quantidade de tomates. Nunca apresento desculpas pela comida que temos na mesa. Não creio que Deus Se agrade de que assim façamos. Nossas visitas comem como nós comemos, e parecem ter prazer em nosso cardápio. Carta 363, 1907.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>