Livro - Conselhos Sobre o Regime Alimentar | Ellen G. White Books

Conselhos Sobre o Regime Alimentar

CAPÍTULO 15

Alimentos Saudáveis e Restaurantes Vegetarianos

CRA - Pag. 267  

Do Provedor Celeste

Da narração do milagre do Senhor, provendo vinho para as bodas, bem como do fato de alimentar a multidão, podemos aprender uma lição da mais alta importância. A produção de alimentos saudáveis em fábricas para isso destinadas é um dos instrumentos do Senhor para satisfazer a uma necessidade. O celeste Provedor de todo alimento não deixará Seu povo na ignorância quanto ao preparo das melhores comidas para todos os tempos e ocasiões. Testimonies, vol. 7, pág. 114.

Ser Como o Maná

No decorrer da noite passada muitas coisas me foram reveladas. A confecção e venda de alimentos saudáveis requererá atenta consideração, acompanhada de oração.

Há em muitos lugares muitas mentes a quem o Senhor por certo concederá o conhecimento da confecção de alimentos saudáveis e apetitosos, se Ele vir que irão usar esse conhecimento na maneira correta. Os animais estão se tornando mais e mais enfermos, e não demorará muito e o alimento cárneo será abandonado por muitos, além dos adventistas do sétimo dia. Deverão ser preparados alimentos saudáveis e nutritivos, para que os homens e mulheres não tenham que comer carne.

O Senhor ensinará a muitos, em toda parte do mundo, a combinar frutas, cereais e verduras numa alimentação que sustenha a vida e não produza doença. Os que nunca viram as receitas dos alimentos saudáveis que agora há a venda, procederão inteligentemente com experimentar os alimentos que a terra produz, e ser-lhes-á concedido entendimento no tocante a esses produtos. O Senhor lhes mostrará o que fazerem. Aquele que concede perícia e sabedoria ao Seu povo numa parte do mundo, concederá perícia e sabedoria ao Seu povo noutras partes do mundo. É Seu desígnio que


CRA - Pag. 268  

as preciosidades alimentares de cada país sejam preparadas de forma tal que possam ser usadas nos países a que se destinam. Assim como Deus forneceu do Céu o maná para o sustento dos filhos de Israel, também dará ao Seu povo, em diferentes lugares, perícia e sabedoria para usarem os produtos desses países no preparo de alimentos que substituam a carne. Testimonies, vol. 7, págs. 124 e 125.

O mesmo Deus que deu aos filhos de Israel maná do Céu, vive e reina. Ele dará habilidade e compreensão no preparo de alimentos saudáveis. Guiará Seu povo no preparo de comidas sãs. Deseja que eles vejam o que podem fazer no preparo de tais comidas, não somente para a própria família, sua primeira responsabilidade, mas para auxílio dos pobres. Devem mostrar liberalidade cristã, compreendendo que representam a Deus, e que tudo quanto possuem é dádiva Sua. Carta 25, 1902.

Conhecimento Divinamente Inspirado

O Senhor quer que seja comunicado a Seu povo conhecimento da reforma do regime. É parte essencial da educação a ser ministrada em nossas escolas. Ao ser a verdade apresentada em novos lugares, devem ser dadas lições quanto à maneira saudável de cozinhar. Ensine-se ao povo como podem viver sem comida de carne. Ensine-se a simplicidade no viver.

O Senhor tem estado a operar, e opera ainda para levar os homens a preparar com frutas e cereais comidas mais simples e menos dispendiosas que muitas das que se podem obter hoje. Muitos não podem conseguir essas dispendiosas preparações alimentares, todavia não precisam necessariamente viver de um regime empobrecido. O mesmo Deus que alimentou os milhares no deserto com pão do Céu, dará a Seu povo hoje conhecimento quanto ao preparo de alimento por maneira simples. Manuscrito 96, 1905.

Quando a mensagem chegar aos que ainda não haviam ouvido a verdade para este tempo, eles vêem que precisam efetuar uma grande reforma em seu regime alimentar. Vêem que devem abandonar os alimentos cárneos, porque os mesmos suscitam a sede


CRA - Pag. 269  

das bebidas alcoólicas, e enchem o organismo de doenças. Pelo comer carne, são enfraquecidas as faculdades físicas, mentais e morais. O homem é constituído daquilo que come. As paixões animais ganham domínio em resultado da alimentação cárnea, do uso do fumo e das bebidas alcoólicas. O Senhor dará sabedoria a Seu povo para preparar daquilo que a terra proporciona, alimentos que tomem o lugar da carne. Combinações simples de nozes e cereais e frutas, preparadas com sabor e habilidade, recomendar-se-ão aos incrédulos. Mas comumente se usam demasiadas nozes nas combinações feitas. Manuscrito 156, 1901.

Simples, Facilmente Preparadas, Saudáveis

Preciso dar agora a meus irmãos as instruções que o Senhor me deu relativamente à questão do alimento saudável. Essa questão alimentar é considerada por muitos como invenção humana, mas é de origem divina, como bênção a Seu povo. A obra do alimento saudável é propriedade de Deus, e não deve ser tornada uma especulação financeira para ganho pessoal. A luz dada por Deus - e que Ele continuará a dar - quanto à questão alimentar, deve ser para Seu povo hoje o que o maná foi para o povo de Israel. O maná caía do Céu, e foi dito ao povo que o colhesse, e preparasse para ser comido. Assim, nos diferentes países do mundo, será comunicada luz ao povo do Senhor, e serão preparados alimentos saudáveis adequados a esses países.

Os membros de toda igreja devem cultivar o tato e a criatividade que Deus lhes der. O Senhor tem aptidão e entendimento para dar a todos quantos usarem sua capacidade em esforçarem-se para aprender a combinar os produtos da terra de modo a fazerem comidas saudáveis simples e facilmente preparadas, as quais tomarão o lugar do alimento cárneo, de maneira que o povo não tenha desculpas para comer carne.

Aqueles a quem é dado conhecimento acerca do preparo desses alimentos precisam usar seu conhecimento de maneira desinteressada. Cumpre-lhes ajudar seus irmãos pobres. Devem ser produtores da mesma maneira que consumidores.

É desígnio de Deus que os alimentos saudáveis sejam manufaturados em muitos lugares. Os que aceitam a verdade devem


CRA - Pag. 270  

aprender a preparar esses alimentos simples. Não é plano do Senhor que os pobres sofram por falta dos artigos necessários à vida. O Senhor apela a Seu povo nos vários países para que Lhe peçam sabedoria, e depois usem-na devidamente. Não nos devemos assentar em desespero e desânimo. Cumpre-nos fazer o possível para esclarecer os outros. Manuscrito 78, 1902.

Mais Simples e Barato

Em muitos aspectos é possível fazer aperfeiçoamentos nos artigos alimentícios saudáveis que saem de nossas fábricas. O Senhor ensinará Seus servos a fabricarem preparações alimentícias mais simples e menos caras. Muitos há a quem Ele ensinará nesse sentido, se eles andarem segundo Seu conselho, e em harmonia com seus irmãos. Testimonies, vol. 7, págs. 127 e 128.

Negociai com alimentos muito menos dispendiosos, e que, preparados de maneira nutritiva, corresponderão a toda necessidade. ... Esforçai-vos por produzir preparações menos custosas de cereais e frutas. Todas essas nos são dadas abundantemente por Deus para suprir-nos as necessidades. A saúde não é assegurada pelo uso de preparações caras. Podemos ter igualmente boa saúde usando as preparações simples de frutas, cereais e verduras. Manuscrito 75, 1906.

Compete-nos ser sábios no preparo de alimentos saudáveis, simples e baratos. Muitos dentre o nosso povo são pobres, e devem ser produzidos alimentos saudáveis que possam ser supridos a preços que estejam ao seu alcance. É desígnio do Senhor que as pessoas mais pobres de cada lugar se supram de alimentos saudáveis e baratos. Em muitos lugares deverão ser instaladas indústrias para fabricação desses alimentos. O que constitui uma bênção para a obra num lugar, sê-lo-á também noutro, onde o dinheiro é mais difícil de ganhar.

Deus está atuando em favor de Seu povo. Ele não quer que fiquem sem recursos. Está reconduzindo-os ao regime alimentar fornecido originalmente ao homem. Esse regime deve consistir em alimentos feitos com produtos que Ele proveu. Os produtos


CRA - Pag. 271  

principais usados na fabricação desses alimentos serão frutas, cereais e frutos oleaginosos, mas várias raízes também serão usadas. Testimonies, vol. 2, págs. 125 e 126.

À Medida que Aumenta a Fome,

Simplificar-se-ão os Alimentos

A questão do alimento ainda não atingiu à perfeição. Resta ainda muito por aprender nesse sentido. O Senhor deseja que a mente de Seu povo em todo o mundo esteja em tal condição que eles recebam Suas impressões com relação à combinação de certos artigos na produção de alimentos, os quais serão necessários, mas ainda não são produzidos.

À medida que a fome, a carência e aflição aumentarem mais e mais no mundo, será grandemente simplificada a produção dos alimentos saudáveis. Os que se empenham nessa obra devem aprender constantemente do grande Mestre, que ama Seu povo, e tem sempre em vista o seu bem. Manuscrito 14, 1901.

A Lição de Cristo Quanto à Economia

Muita coisa está em jogo nessa obra. Os produtos saudáveis da terra precisam ser experimentados num esforço de fazer alimentos saudáveis e baratos.

O negócio dos artigos alimentícios precisa ser objeto de fervorosa oração. Peça o povo a Deus sabedoria para preparar alimentos bons para a saúde. Aquele que alimentou os cinco mil com cinco pães e dois peixes, suprirá as necessidades de Seus filhos hoje. Depois de Cristo haver realizado esse maravilhoso milagre, deu uma lição de economia. Havendo sido satisfeita a necessidade da multidão, disse: "Recolhei os pedaços que sobejaram, para que nada se perca." João 6:12. "Recolheram-nos, pois, e encheram doze cestos." João 6:13. Carta 27, 1902.

Alimentos de Produtos Locais em Terras Diferentes

O Senhor dará a muitos, em diferentes lugares, inteligência com respeito aos alimentos saudáveis. Ele pode estender uma mesa no deserto.


CRA - Pag. 272  

Artigos alimentícios saudáveis devem ser preparados por nossas igrejas que buscam praticar os princípios da reforma de saúde. Mas tão certo quanto devem fazer isto, alguns dirão que eles estão infringindo os seus direitos. Mas quem lhes deu sabedoria para preparar esses alimentos? - O Deus do Céu. Esse mesmo Deus dará sabedoria a Seu povo nos diferentes países para usarem os produtos da sua própria terra no preparo de alimentos saudáveis. De maneiras simples e pouco dispendiosas, nosso povo deve experimentar o emprego de frutas, cereais e tubérculos nos países em que residem. Nos vários países devem-se fabricar artigos alimentícios saudáveis por preços módicos para benefício dos pobres e das famílias de nosso próprio povo.

A mensagem a mim dada por Deus, é que Seu povo em terras estrangeiras não deve depender, para sua manutenção, dos alimentos saudáveis, importados da América. O frete e o imposto tornam tão elevados os preços desses artigos, que os pobres, aos olhos de Deus tão preciosos como os ricos, não se podem aproveitar dos mesmos.

Os alimentos benéficos à saúde são produtos de Deus, e Ele ensinará Seu povo nos campos missionários a combinar de tal maneira os artigos da terra, que sejam providos alimentos simples, baratos e bons para a saúde. Caso busquem sabedoria de Deus, Ele os ensinará a planejar e idealizar a utilização desses produtos. Fui instruída a dizer: Não lho proibais. Manuscrito 40, 1902.

Alimentos Saudáveis Devem Preceder Aspectos Mais Avançados da Reforma de Saúde

No país em que estais trabalhando há muito a aprender relativamente ao preparo de alimentos saudáveis. Artigos comestíveis perfeitamente saudáveis e todavia de preços módicos devem ser feitos. Deve-se pregar o evangelho da saúde aos pobres. Na manufatura desses alimentos, abrir-se-ão caminhos para poderem ganhar o sustento aqueles que aceitam a verdade e perdem o emprego. Os produtos proporcionados por Deus devem ser transformados em alimentos saudáveis que o povo possa preparar para si. Poderemos então apresentar apropriadamente os princípios da reforma de saúde, e os que


CRA - Pag. 273  

ouvirem serão convencidos da coerência desses princípios, e aceitá-los-ão. Até que nos seja possível apresentar os alimentos apetecíveis e nutritivos em harmonia com a reforma de saúde, e todavia baratos, não estamos na liberdade de apresentar aspectos mais avançados da reforma de saúde no regime dietético. Carta 98, 1901.

Onde quer que a verdade for proclamada, deve ser ministrada instrução quanto ao preparo de alimentos saudáveis. Deus quer que em todo lugar o povo seja ensinado a usar sabiamente os produtos que podem ser encontrados com facilidade. Instrutores peritos devem mostrar ao povo a utilização, para seu maior proveito, dos produtos que podem produzir ou conseguir na sua região do país. Assim, tanto os pobres como os que estão em melhores condições, poderão aprender a viver com boa saúde. Testimonies, vol. 7, pág. 132.

Ingredientes de Nozes Devem Ser Usados Parcimoniosamente

O Senhor quer que o povo em toda parte do mundo se torne inteligente quanto ao emprego dos produtos do solo em qualquer localidade. Estes devem ser estudados e cuidadosamente pesquisados a ver se não podem ser combinados de maneira a simplificar a produção de alimentos e diminuir o custo da manufatura e do transporte. Façam todos o possível, sob a direção do Senhor, para realização desse objetivo. Há muitos artigos dispendiosos de alimentação que o engenho do homem pode combinar; e todavia não há real necessidade de empregar as preparações mais caras.

Chegou-me às mãos três anos atrás, uma carta dizendo: "Não posso comer alimentos com nozes; meu estômago não os pode digerir." Foram-me então apresentadas várias receitas; uma era de que se precisava combinar outros ingredientes com as nozes, os quais se harmonizassem com elas, não empregando tão grande porção das mesmas. De uma décima a uma sexta parte de nozes seria suficiente, de acordo com a combinação. Experimentamos isto, e com bom êxito.


CRA - Pag. 274  

Bolachas Doces

Foram mencionadas outras coisas. Uma delas foram os biscoitos adocicados ou bolachas. São feitos porque alguém deles gosta, e então são adquiridos por muitos que os não deveriam comer. Há ainda muitos melhoramentos a fazer, e Deus trabalhará com todos quantos com Ele trabalharem. Carta 188, 1901.

Grande cuidado deve ser exercido pelos que preparam receitas para as nossas revistas de saúde. Alguns dos alimentos especiais que são agora preparados poderão ser melhorados, e os nossos planos referentes ao seu uso terão que ser alterados. Algumas pessoas têm abusado dos pratos que contêm frutos oleaginosos. Algumas me têm escrito, dizendo: "Não podemos usar alimentos que contenham frutos oleaginosos; que deverei usar em substituição da carne?" Uma noite eu parecia estar perante um grupo de pessoas, dizendo-lhes que as nozes são por elas usadas em quantidade demasiada no preparo dos alimentos; que o organismo não as pode suportar quando usadas na quantidade em que aparecem em certas receitas apresentadas; e que, se fossem usadas em menor quantidade os resultados seriam mais satisfatórios. Testimonies, vol. 7, pág. 126.

Serviço de Restaurante Vegetariano

em Reuniões Campais

Devem-se fazer arranjos em nossas reuniões campais, de maneira que os pobres possam obter alimento saudável, bem preparado, o mais barato possível. Deve haver também um restaurante em que se preparem e sirvam pratos saudáveis de maneira convidativa. Isto se demonstrará uma educação para muitos que não pertencem a nossa fé. Não seja considerado esse ramo de trabalho de reunião campal como separado de outros. Cada ramo da obra de Deus se acha estreitamente ligado a todo outro ramo, devendo todos avançar em perfeita harmonia. Testimonies, vol. 7, pág. 41.

Em nossas cidades, obreiros interessados tomarão conta de vários ramos de obra missionária. Estabelecer-se-ão restaurantes vegetarianos. Mas com que cuidado deve essa obra ser feita! Os que trabalham nesses restaurantes devem estar fazendo


CRA - Pag. 275  

contínuas experiências, a fim de aprenderem a preparar comidas saborosas e saudáveis. Todo restaurante vegetariano deve ser uma escola para os obreiros com ela relacionados. Nas cidades, esse ramo de trabalho pode ser feito em escala muito mais ampla que nos lugares menores. Mas em todo lugar em que houver uma igreja e uma escola primária, devem-se dar instruções quanto ao preparo de comida simples e saudável para uso dos que desejam viver em harmonia com os princípios da reforma de saúde. E em todos os nossos campos missionários pode ser realizado trabalho idêntico. Manuscrito 79, 1900.

Nossos Restaurantes Devem Manter os Princípios

Necessitais guardar-vos constantemente contra a introdução disto e daquilo que, se bem que aparentemente inofensivo, levaria ao sacrifício dos princípios que devem ser sempre mantidos na obra de nossos restaurantes. ... Não devemos esperar que aqueles que toda a sua vida condescenderam com o apetite compreendam a maneira de preparar alimento que seja imediatamente saudável, apetecível e simples. Esta é a ciência que todo hospital e restaurante vegetariano tem de ensinar. ...

Caso o patrocínio a nossos restaurantes diminua em virtude de nos recusarmos a afastar-nos dos retos princípios, que diminua. Precisamos observar o caminho do Senhor tanto por má fama como por boa fama.

Apresento-vos estas coisas em minhas cartas a fim de ajudar-vos a apegar-vos ao direito e a rejeitar o que não podemos introduzir em nossos hospitais e restaurantes sem sacrificar princípios. Carta 201, 1902.

Evitar Combinações Complexas

Em todos os restaurantes em nossas cidades, há perigo de que as combinações de muitas comidas nos pratos servidos sejam levadas demasiado longe. O estômago sofre quando tantas qualidades de alimento são nele introduzidas em uma refeição. A simplicidade é parte da reforma de saúde. Há risco de que nossa obra deixe de merecer o nome que tem tido.

Se quisermos trabalhar pela restauração da saúde, é necessário refrear o apetite, comer devagar e apenas limitada


CRA - Pag. 276  

variedade de cada vez. Esta instrução necessita ser repetida com freqüência. Não está em harmonia com os princípios da reforma de saúde ter muitos pratos diferentes numa só refeição. Nunca devemos esquecer que é a parte religiosa da obra, a obra de prover alimento para a alma, que é a mais essencial. Carta 271, 1905.

A Missão dos Restaurantes Vegetarianos

Foi-me apresentado que não devíamos ficar satisfeitos por termos um restaurante vegetariano no Brooklyn, mas que outros devem ser estabelecidos em outras seções da cidade. O povo que mora numa parte de Nova Iorque não sabe o que se está passando em outras partes daquela grande cidade. Homens e mulheres que comem nos restaurantes estabelecidos em diferentes lugares, virão a perceber uma melhora na saúde. Uma vez conquistada sua confiança, serão mais prontos a aceitar a mensagem especial da verdade vinda de Deus.

Onde quer que a obra médico-missionária seja levada avante em nossas grandes cidades, devem-se estabelecer escolas de arte culinária; e onde quer que esteja em andamento uma vigorosa obra educativo-missionária, deve estabelecer-se um restaurante vegetariano de qualquer espécie, que dê uma ilustração prática da apropriada seleção e do preparo saudável de alimentos. Testimonies, vol. 7, pág. 55.

O Senhor tem uma mensagem para as nossas cidades, e essa mensagem devemos proclamar em nossas reuniões campais, e por outras campanhas públicas, assim como por nossas publicações. Além disso, devem estabelecer-se restaurantes vegetarianos nas cidades, e por eles deve ser proclamada a mensagem da temperança. Devem-se fazer arranjos para realizar reuniões em conexão com os nossos restaurantes. Sempre que possível, proveja-se um recinto aonde os fregueses possam ser convidados para assistirem a conferências sobre a ciência da saúde e temperança cristã, onde recebam instrução sobre o preparo de alimento saudável, e sobre outros assuntos importantes. Nessas reuniões deve haver orações e cânticos e palestras, não somente quanto a assuntos de saúde e temperança, mas também acerca


CRA - Pag. 277  

de outros apropriados temas bíblicos. Enquanto o povo é instruído acerca da maneira de conservar a saúde física, muitas oportunidades se oferecerão de semear as sementes do evangelho do reino. Testimonies, vol. 7, pág. 115.

O Objetivo Final da Obra de Alimentos Saudáveis

Quando dirigido de maneira que o evangelho de Cristo seja levado à atenção do povo, a obra do alimento saudável pode proveitosamente ser empreendida. Ergo a voz, porém, em advertência contra esforços que nada realizem além da produção de alimentos para suprir as necessidades físicas. É sério erro empregar tanto tempo e tanto dos talentos de homens e mulheres no preparo de alimentos e, ao mesmo tempo, não fazer esforço algum para suprir às multidões o pão da vida. Grandes riscos acompanham uma obra que não tenha como objetivo a revelação do caminho da vida eterna. Manuscrito 10, 1906.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>