Livro - Beneficência Social | Ellen G. White Books

Beneficência Social

CAPÍTULO 8

Dorcas - seu Ministério e Influência

BS - Pag. 66  

Restaurada à Vida Para Continuar seu Ministério

No decorrer de seu ministério o apóstolo Pedro visitou os crentes em Lida. Ali curou Enéias, que durante oito anos estivera de cama, com paralisia. "Enéias, Jesus Cristo te dá saúde"; disse o apóstolo; "levanta-te, e faze a tua cama. E logo se levantou. E viram-no todos os que habitavam em Lida e Sarona, os quais se converteram ao Senhor." Atos 9:34 e 35.

Em Jope, que era perto de Lida, vivia uma mulher chamada Dorcas, cujas boas ações a tornaram grandemente amada. Era uma digna discípula de Jesus e sua vida estava repleta de atos de bondade. Sabia quem carecia de roupa confortável e quem necessitava de simpatia, e liberalmente ministrava aos pobres e tristes. Seus hábeis dedos eram mais ativos do que sua língua.

"Aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu." Atos 9:37. A igreja de Jope sentiu a sua perda; e, ouvindo que Pedro estava em Lida, os crentes lhe enviaram mensageiros "rogando-lhe que não se demorasse em vir ter com eles. E, levantando-se Pedro, foi com eles. Quando chegou, o levaram ao quarto alto, e todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando as túnicas e vestes que Dorcas fizera quando estava com elas". Atos 9:38 e 39.

Em vista da vida de serviços que Dorcas vivera, não admira que chorassem, que cálidas lágrimas caíssem sobre o corpo inanimado.

O coração do apóstolo foi tocado de simpatia ao


BS - Pag. 67  

contemplar-lhes a tristeza. Então, determinando que os amigos em pranto se retirassem do quarto, ajoelhou-se e orou fervorosamente a Deus, para que restabelecesse Dorcas à vida e à saúde. Voltando-se para o corpo, disse: "Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos, e vendo a Pedro, assentou-se." Atos 9:40. Dorcas fora de grande utilidade à igreja, e Deus houve por bem trazê-la da terra do inimigo, a fim de que sua habilidade e energia pudessem ainda ser uma bênção a outrem, e que também por esta manifestação de Seu poder a causa de Cristo se fortalecesse. Atos dos Apóstolos, págs. 131 e 132.

Uma Nobre Discípula que não Podia Ser Dispensada

Ela [Dorcas] havia sido uma digna discípula de Jesus Cristo, e sua vida havia-se caracterizado por obras de caridade e bondade para com os pobres e atribulados e pelo zelo na causa da verdade. Sua morte era uma grande perda. A igreja nascente não podia sem prejuízo dispensar seus nobres esforços. ...

Esta grande obra de dar vida à morta foi um meio de conversão de muitos em Jope à fé de Jesus. Spirit of Prophecy, vol. 3, págs. 323 e 324.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>