Livro - Maranata! - Meditação Matinal | Ellen G. White Books

Maranata! - Meditação Matinal

CAPÍTULO 4

Abril

Ma - Pag. 97  

A Maior Obra no Mundo

"Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura". S. Mar. 16:15.

"Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura: é a ordem de Crista a Seus seguidores. Não que todos sejam chamados para serem ministros ou missionários no sentido comum do termo; mas todos podem ser coobreiros de Cristo, dando as "boas-novas" a seus" semelhantes. A todos, grandes ou pequenos, doutos ou ignorantes, velhos ou jovens, é dada a ordem. - Ed., 264.

Sobre cada um que conhece a verdade para este tempo repousa a responsabilidade de torná-la conhecida a outros. os servos de Cristo são em grande parte responsáveis pelo bem-estar e a salvação do mundo. Devem ser colaboradores de Deus na obra de conquistar almas para Cristo, - RH, 10-03-1904.

O tema que atrai o coração do pecador é Cristo, e Este crucificado. Na cruz do Calvário, Jesus é revelado ao mundo em incomparável amor. Acrescentai-O assim às multidões famintas, e a luz de Seu amor conquistará homens das trevas para a luz, da transgressão para a obediência e verdadeira santidade. Contemplar a Jesus sobre a cruz do Calvário desperta a consciência para o hediondo caráter do pecado como nada mais o pode fazer. - RH, 11-11-1892.

Suspenso na cruz, Cristo era o evangelho. ... "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" Não conservarão nossos membros de igreja o olhar num Salvador crucificado e ressuscitado, no qual se centralizam suas esperanças de vida eterna? Esta é nossa mensagem, nosso argumento, nossa dou- trina, nossa advertência ao impenitente, nosso encorajamento para os que choram, a esperança para todo crente. Se pudermos suscitar um interesse na mente dos homens que os leve a fixar os olhos em Cristo, poderemos afastar-nos, recomendando-lhes tão-somente que continuem a fixar o olhar no Cordeiro de Deus. Aquele cujos olhos estão fixos em Jesus abandonará tudo. Morrerá para o egoísmo. Crerá em toda a Palavra de Deus, a qual é tão gloriosa e admiravelmente exaltada em Cristo. - 6BC, 1113.

É privilégio de todo cristão, não só aguardar, mas mesmo apressar a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Se todos os que professam o Seu nome estivessem produzindo frutos para Sua glória, quão rapidamente não seria lançada em todo o mundo a semente do evangelho! - 3TS, 213.

Ano Bíblico.- II Sam. 1.4. - Juvenis: I Sam. 10; 11-12-15.


Ma - Pag. 98  

A Mensagem da Cruz

"Longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu para o mundo". Gál. 6:14.

Deus deu-me uma mensagem para Seu povo. ... Fostes comprados por preço, e tudo o que tendes e sois deve ser empregado para glória de Deus e para o bem de vossos semelhantes. Cristo morreu na cruz para salvar o mundo da morte em pecado. Ele solicita vossa cooperação nesta obra. Deveis ser Sua mão auxiliadora. Com fervoroso, incansável esforço deveis procurar salvar os perdidos. ...

O poder transformador da graça de Cristo molda aquele que se entrega ao serviço de Deus. ... Não pode por mais tempo ficar indiferente para com as almas que perecem ao seu redor. ... Reconhece que cada parte de seu ser pertence a Cristo, que o redimiu da escravidão do pecado; que cada momento de seu futuro foi comprado com o precioso sangue do unigênito Filho de Deus.

Tendes tão profunda apreciação do sacrifício feito no Cal- vário que estais prontos para tornar qualquer outro interesse subordinado à obra de salvar almas? A mesma intensidade de desejo de salvar pecadores que assinalava a vida do Salvador, assinala a vida de Seu verdadeiro discípulo. O cristão não tem desejo de viver para si mesmo. Deleita-se em consagrar ao serviço do Mestre tudo que tem e é. É movido por um inexprimível desejo de ganhar almas para Cristo....

Como posso eu melhor glorificar Aquele a quem pertenço pela criação e pela redenção? Esta é a pergunta que nos devemos dirigir. Com ansiosa solicitude aquele que se acha verdadeiramente convertido procura salvar os que se encontram ainda em poder de Satanás.

Agora, pouco tempo apenas nos resta para nos preparar- mos para a eternidade. ... O povo carece da verdade, e por meio de zeloso e fiel esforço deve ela ser-lhe comunicada. As almas devem ser procuradas, por elas se deve orar e trabalhar. Devem-se fazer fervorosos apelos. Ferventes orações se devem apresentar. - 7T, 9-12.

Sobre nós repousa a pesada responsabilidade de advertir o mundo de sua condenação iminente. ... Deus convida Sua igreja a despertar, e revestir-se de poder. Há Imortais coroas a ser ganhas; há o reino do Céu a ser alcançado; há o mundo, perecendo na ignorância, a ser iluminado. Idem, p. 16.

Ano Bíblico.- II Sam. 5-7. Juvenis: I Sam. 12.


Ma - Pag. 99  

Impelidos Pelo Amor

"Temos da Parte dele este mandamento, que aquele que ama a Deus, amo também a seu irmão". I S. João 4:21.

O amor é o fundamento da piedade. qualquer que seja a profissão, ninguém tem verdadeiro amor a Deus se não tiver amor desinteressado ao seu irmão. . .. Quando o eu está imerso em Cristo, o amor brota espontaneamente. A perfeição de caráter do cristão é alcançada quando o impulso de auxiliar e abençoar a outros brotar constantemente do íntima - quando a luz do Céu encher o coração e for revelada no semblante. ...

Unidos com Cristo, estamos unidos com nossos semelhantes pelos áureos elos da cadeia do amor. Então a piedade e compaixão de Cristo serão manifestas em nossa vida. Não esperaremos que o necessitado e o infortunado nos sejam trazidos a nós. Não nos será necessário ceder a rogos para sentir as aflições dos outros. Ser-nos-á tão natural servir o indigente e o sofredor, como o foi para Cristo andar fazendo o bem. . . .

A glória do Céu consiste em erguer os caídos e confortar os infortunados. ... Deus não reconhece distinção alguma de nacionalidade, raça ou casta. É o Criador de todo homem. Todos os homens são de uma família pela criação, e todos são um pela redenção. Cristo veio para demolir toda parede de separação e abrir todos os compartimentos do templo a fim de que toda alma possa ter livre acesso a Deus. Seu amor é tão amplo, tão profundo, tão pleno, que penetra em toda parte. Liberta das ciladas de Satanás as pobres almas que foram por ele iludidas. Põe-nas ao alcance do trono de Deus, o trono circundado do arco-íris da promessa. ...

Cristo procura erguer todos quantos querem ser alçados à Sua companhia para que sejamos um com Ele, como Ele é um com o Pai. Permite que tenhamos contato com o sofrimento e a calamidade para nos tirar de nosso egoísmo; procura desenvolver em nós os atributos de Seu caráter compaixão, ternura e amor. "Se observares as Minhas ordenanças", declara o Senhor, "te darei lugar entre os que estão aqui" - mesmo entre os anjos que circundam o Seu trono. (Zac. 3:7). Cooperando com os seres celestes em sua obra na Terra, preparamo-nos para a sua companhia no Céu. - PJ, 384-389.

Ano Bíblico: II Sam. 8-10. Juvenis I Sam. 15.


Ma - Pag. 100  

O Lugar Para Começar a Testemunhar

"Que nossos filhos sejam, ma sua mocidade, como plantas viçosas, e nossas filhas como pedras angulares, lavradas como colunas de palácio". Sal. 144:12.

Nossa obra para Cristo deve começar com a família, no lar. ... Não existe campo missionário mais importante do que esse. - 3TS, 62.

Ditosos os pais cuja vida é um verdadeiro reflexo da divina, de modo que as promessas e os mandamentos de Deus despertem na Criança gratidão e reverência; os pais cuja ternura, justiça e longanimidade representam para a criança a longanimidade, a justiça e o amor de Deus; e que, ao ensinarei o filho a amá-los, a neles confiar e obedecer- lhes, estão ensinando-o a amar o Pai do Céu, a nele confiar e obedecer-Lhe. Os pais que comunicam ao filho um tal dom, dotam-no com um tesouro mais precioso que a riqueza de todos os séculos um tesouro perdurável como a eternidade. - CB, 375 e 376.

Deus quer que toda Criança de tenra idade seja Seu filho, adotado em Sua família. Ainda que de pouca idade, podem os jovens ser membros da família da fé, e ter experiência preciosíssima. Podem ter coração terno e pronto a receber impressões que sejam duradouras. Podem dilatar o coração na confiança e amor a Jesus, e viver para o Salvador. Cristo fará deles pequenos missionários. Todo o curso de seu pensamento pode ser mudado, de modo que o pecado não se mostre como coisa que deva ser fruída, antes evitada e odiada. - CP, 151.

Por preceito e exemplo devem os pais ensinar os filhos a trabalharem pelos inconversos. Devem as crianças ser educadas de maneira tal que simpatizem com os idosos e enfermos, e tratem de aliviar os sofrimentos dos pobres e oprimidos. Deve-se-lhes ...; desde tenra idade, inculcar a abnegação e sacrifício para o bem de outros e o avançamento da causa de Cristo, a fim de serem colaboradores de Deus....

Deus pretende que as famílias da Terra sejam um símbolo da família do Céu. Os lares cristãos, estabelecidos e mantidos de, conformidade com o plano de Deus, contam-se entre as Suas instrumentalidades mais eficientes para a formação do caráter cristão e para o avançamento de Sua Obra. 3TS, 62 e 63.

Ano Bíblico- II Sam. 11 e 12. - Juvenis : I Sam. 16.


Ma - Pag. 101  

Um Mundo Em Necessidade

"Esperamos pela luz, e eis que há só trevas; pelo resplendor, mas andamos ma escuridão". Isa. 59:9.

Muitos há que estão lendo as Escrituras sem compreender- lhes o verdadeiro significado. Em todo o mundo homens e mulheres olham atentamente para o Céu. De almas anelantes de luz, de graça, do Espírito Santo, sobem orações, lágrimas e indagações. Muitos estão no limiar do reino, esperando somente serem recolhidos. - AA, 109.

Há por toda parte corações clamando por qualquer coisa que não possuem. Anelam um poder que lhes dê domínio sobre o pecado, um poder que os liberte da servidão do mal, que lhes proporcione saúde e vida e paz. Muitos dos que unia vez conheceram o poder da Palavra de Deus, têm-se achado onde não há nenhum reconhecimento dele, e anseiam pela divina presença.

O mundo necessita atualmente daquilo que tem sido necessário já há mil e novecentos anos - a revelação de Cristo. É preciso uma grande obra de reforma, e é unicamente mediante a graça de Cristo que a obra de restauração física, mental e espiritual se pode efetuar.

Unicamente os métodos de Cristo trarão verdadeiro êxito no aproximar-se do povo. O Salvador misturava-Se com os homens como uma pessoa que lhes desejava o bem. Manifestava simpatia por eles, ministrava-lhes às necessidades e granjeava-lhes a confiança. Ordenava então: "Segue-Me".

É necessário pôr-se em íntimo contato com o povo me- diante esforço pessoal. ... Os pobres devem ser socorridos, cuidados os doentes, os aflitos e os que sofreram perdas confortados, instruídos os ignorantes e os inexperientes aconselhados. Cumpre-nos chorar com os que choram, e alegrar- nos com os que se alegram. Aliada ao poder de persuasão, ao poder da oração e ao poder do amor de Deus, esta obra não há de, não pode, ficar sem frutos. - CB, 143 e 144.

Os espíritos celestes estão esperando para cooperar com os instrumentos humanos, para revelar ao mundo o que se podem tornar os homens, mediante a união com o Divino, e o que pode ser realizado em favor da salvação das almas prestes a perecer. Não pode haver limite à utilidade de uma pessoa que, pondo de parte o eu, oferece margem à operação do Espírito Santo em seu coração, e vive uma vida inteiramente consagrada a Deus. - Idem, p. 159.

Ano Bíblico: 11 Sam. 13 e 14. Juvenis: 1 Sam. 17.


Ma - Pag. 102  

Ensinando de Casa em Casa

"Jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa, o de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa" Atos 20:20.

Entre os membros de nossas igrejas deve haver mais trabalho de casa em casa, dando estudos bíblicos e distribuindo literatura. ... Ao semearmos sobre todas as águas, experimentaremos que "o que semeia em abundância, em abunda cia também ceifará"." Il Cor. 9:6.

O exemplo de Cristo deve ser imitado por quem professa ser filho de Deus. Aliviai as necessidades materiais de vossos semelhantes, e sua gratidão derribará as barreiras, permitindo cativar-lhes o coração. ...

As mulheres, da mesma maneira que os homens, podem empenhar-se na obra. ... Elas podem fazer nas famílias uma obra que aos homens não é possível, uma obra que alcança a vida interior. É-lhes dado por-se em contato intimo com o coração de pessoas de quem os homens não se podem aproximar. Sua obra é necessária. Mulheres discretas e humildes podem realizar boa obra explicando a verdade ao povo, em suas casas. Assim explanada, a Palavra de Deus efetuará sua obra, qual fermento, e mediante sua Influência converter-se-ão famílias inteiras. ...

No círculo doméstico, junto à família de vosso vizinho, ao leito do enfermo, podeis de maneira calma ler as Escrituras e falar uma palavra a favor de Jesus e da verdade. Poderão assim ser semeadas preciosas sementes que hão de germinar, e depois de muitos dias produzir frutos. ...

Há um trabalho missionário para ser feito em muitos lugares não prometedores. O espírito missionário precisa apoderar-se de nossa alma, estimulando-nos a alcançar classes de pessoas pelas quais não tínhamos planejado trabalhar, e em maneiras e lugares que não tínhamos idéia de fazê-lo. O Senhor tem Seu plano quanto ao lançamento da semente do evangelho. Semeando-a de acordo com a Sua vontade, de tal modo multiplicaremos a semente, que Sua Palavra poderá atingir milhares que nunca dantes ouviram a verdade. - 3TS, 345-343.

Milhares de milhares, e miríades de miriades de anjos aguardam a oportunidade de cooperar com os membros de nossas igrejas para comunicar a luz que Deus generosamente concedeu, a fim de que se prepare uni povo para a vinda de Cristo. - idem, p. 347.

Ano Bíblico: II Sam 15.17. Juvenis: I Sam: 18:1-16; 19.


Ma - Pag. 103  

Testemunho de Indivíduo a Indivíduo

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o Seu filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna". S. João 3:16.

Por que não estão todos os que pretendem amar a Deus procurando iluminar seus vizinhos e companheiros, para que não mais negligenciem esta grande salvação? Cristo a Si mesmo Se entregou a uma morte ignominiosa e torturante, demonstrando o penoso trabalho de Sua alma para salvar os que perecem. Oh! Cristo pode, " Cristo deseja, Cristo anela salvar todos os que se achegam a Ele! Falai a almas em perigo e incentivaras a contemplarem Jesus sobre a cruz, morrendo para que Lhe fosse possível perdoar. Falai ao pecador com o vosso próprio coração transbordando do terno e compassivo amor de Cristo. Haja profunda solicitude"; mas nenhuma nota dissonante e ruidosa deve ser ouvida da parte daquele que está procurando conquistar a alma para olhar e,. viver.

Em primeiro lugar, consagrar a Deus vossa própria alma. Ao olhardes para vosso Intercessor no Céu, quebrante-se o vosso coração. Então, abrandados e subjugados, podeis dirigir-vos aos pecadores arrependidos como alguém que compreende o poder do amor redentor. Orai com essas almas, conduzindo-as pela fé ao pé da cruz; elevai-lhes a mente com o vosso espírito, e fixai o olhar da fé onde estais olhando, em Jesus o Portador de Pecados. Fazei com que desviem o olhar de sua própria pobre e pecaminosa pessoa para o Salvador, e a vitória está ganha. Eles contemplam por si mesmos o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. Vêem o Caminho, a Verdade e a Vida. O Sol da Justiça lança seus brilhantes raios dentro do coração. A forte corrente do amor redentor penetra na alma ressequida e sedenta, e o pecador é salvo para Jesus Cristo.

Cristo crucificado - falai, orai, cantai isto, e abrandará e conquistará corações. Este é o poder e a sabedoria de Deus para colher almas para Cristo. Frases formais e estereotipadas, a apresentação de assuntos meramente argumentativos, produzirão pouco benefício. O enternecedor amor de Deus no coração dos obreiros será reconhecido por aqueles pelos quais eles trabalham. As almas estão sedentas da água da vida. Não sejais cisternas vazias. Se lhes revelais o amor de Cristo, podeis conduzir- os famintos e sedentos a Jesus. - 6T, 66 e 67.

Ano Bíblico: II Sam. 18 e 19. - Juvenis: I Sam. 20.


Ma - Pag. 104  

Clamai em Alta Voz

"Tocai a buzina em Sião, e clamai em alta voz no monte da Minha santidade. Perturbem-se todos os moradores da Terra, porque o dia do Senhor vem, ele está perto". Joel 2:1.

As coisas que dizem respeito a nosso bem-estar eterno devem agora absorver a nossa atenção. Não podemos dar-nos ao luxo de conceder às coisa.9 celestiais o segundo lugar . . .. Os juízos divinos estão na Terra. Eles falam em solene advertência, dizendo: "Ficai também vós apercebidos; por- que, à hora em que não cuidais, o Filho do homem virá".

Há muitos, muitos em nossas igrejas que pouco sabem do autêntico significado da verdade para este tempo. Insto com eles para que não desprezem o cumprimento dos sinais dos tempos, que dizem tão claramente que o fim está próximo. Oh! quantos que não buscaram a salvação de sua alma farão em breve a amarga lamentação: "Passou a sega, findou o verão, e nós não estamos salvas"!

Vivemos nas cenas finais da história terrestre. As profecias se cumprem rapidamente. As horas de graça estão passando depressa. Não temos tempo - nenhum momento - a perder. Não sejamos encontrados dormindo no posto do dever. Que ninguém diga em seu coração ou por suas obras: "O meu Senhor tarde virá". Seja a mensagem da breve volta de Cristo emitida em fervorosas palavras de advertência. Persuadamos os homens e as mulheres em toda parte a se arrependerem, e a fugirem da ira futura. Incentivemo-los a preparação imediata; pois sabemos pouca coisa do que está diante de nós. ... Dirijam-se os ministros e os membros leigos para os campos que amadurecem. Encontrarão uma colheita onde quer que proclamem as esquecidas verdades da Bíblia. Encontrarão pessoas que aceitarão a verdade e que dedicarão a vida à conquista de almas para Cristo.

O Senhor virá em breve, e precisamos estar preparados para nos encontrarmos com Ele em paz. Tomemos a resolução de fazer tudo o que está ao nosso alcance para comunicar a luz "aos que se acham ao nosso redor. Não devemos estar tristes, mas bem dispostos, e conservar sempre o Senhor Jesus diante de nós. ... Devemos estar prontos e à, espera de Seu aparecimento. Oh! quão glorioso será vê-Lo e receber as boas-vindas como Seus remidos! Temos esperado por muito tempo, mas nossa fé não deve enfraquecer-se. - RH, 14-07-1903.

Ano Bíblico: II Sam. 20 e 21. - Juvenis: I Sam. 24.


Ma - Pag. 105  

A Mensagem Especial de Deus Para Hoje.

"Vai alta a noite e vem chegando o dia. Deixemos, pois, as obras das trevas e revistamo-nos das armas da luz". Rom. 13:12.

Em tal tempo como este, só deveríamos ter este objetivo em vista: empregar todos os meios providos por Deus para implantar a verdade nos corações humanos. ... Compete a todo seguidor de Cristo esforçar-se ao máximo para difundir o conhecimento da verdade. -FE, 201.

Deus esperou por muito tempo, e ainda está esperando, que os seres pertencentes a Ele tanto pela criação como pela redenção atendam a Sua voz e Lhe obedeçam como filhos amorosos e submissos, cujo desejo consista em estar a Seu lado e que resplandeça sobre eles a luz do Seu rosto. Devemos transmitir ao mundo a mensagem do terceiro anjo, advertindo os homens contra a adoração da besta e sua imagem, e ordenando-lhes que tomem seus lugares nas fileiras dos que "guardam os mandamentos de Deus e têm a fé de Jesus". Deus não nos revelou o tempo em que esta mensagem ter- minará ou quando o tempo de graça chegará ao fim. ... É nosso dever vigiar e trabalhar e esperar, labutando a todo momento em favor das almas dos homens prestes a perecer....

Agora, agora mesmo, é o tempo de estarmos vigiando, trabalhando e esperando. ... A Palavra de Deus revela o fato de que está próximo o fim de todas as coisas. ... O Espírito do Senhor está labutando para tomar a verdade da Palavra inspirada e gravá-la na alma, de modo que os professas seguidores de Cristo tenham uma santa e sagrada alegria que sejam capazes de comunicar a outros. O tempo oportuno para trabalharmos é agora, exatamente agora, enquanto durar o dia. - RH, 09-10-1894.

Há necessidade de um testemunho mais profundo, mais vigoroso e mais constrangedor do poder da verdade da maneira como é visto na piedade prática dos que nela professam crer. - Ibidem.

Devemos ter a verdade implantada no coração e ensiná-la a outros assim como é em Jesus. O mundo encontra-se num período muito solene; pois as almas estão decidindo qual será seu destino eterno. Satanás e seus anjos estão continuamente tramando para invalidar a lei de Deus, escravizando assim as almas dos homens nas malhas do pecado. A escuridão que cobre a Terra está-se avolumando, mas os que andam humildemente com Deus nada têm a recear. - Ibidem.

Ano Bíblico: II Sam. 22-24. - Juvenis: I Sam. 26.


Ma - Pag. 106  

Um Tempo de Decisão!

"Escolhei hoje a quem sirvais". Jos. 24.15.

O mundo hoje em dia está desvairado: a insanidade apoderou-se de homens e mulheres, e os está impelindo para a ruína eterna. Predominam condescendência de toda a espécie, e os homens tornaram-se tão obcecados pelo vício que não atenderão a advertências ou apelos.

O Senhor diz aos habitantes da Terra: "Escolhei hoje a quem sirvais". Todos estão agora decidindo seu destino eterno. Os homens precisam ser despertados para compreender a solenidade do tempo, a proximidade do dia em que ter- minará o período de graça para os seres humanos. Deus não dá a pessoa alguma a mensagem de que levará cinco, dez ou vinte anos para terminar a história terrestre. Ele não quer dar a nenhum ser vivente um pretexto para adiar a preparação para o Seu aparecimento. Não quer que ninguém diga o mesmo que o servo infiel: "O meu Senhor tarde virá", pois isto conduz a temerária negligência das oportunidades e privilégios concedidos para nos prepararmos para esse grande dia. Todo o que pretende ser um servo de Deus é convidado a realizar o Seu serviço como se cada dia fosse o último.

Falai a respeito do rápido aparecimento do Filho do homem nas nuvens do céu, com poder e grande glória. Não adieis aquele dia. ...

Aqui está o grande fardo a ser levado por toda pessoa. Estão perdoados os meus pecados? Cristo, o portador de pecados, removeu a minha culpa? Tenho um coração limpo, purificado pela justiça de Cristo? Ai de toda alma que não está buscando refúgio em Cristo! Ai de todos os que de qualquer maneira desviarão a mente da obra, induzindo alguma alma a ser menos vigilante atualmente! ...

A grande obra de que a mente não deve ser desviada é a consideração de nossa segurança pessoal à vista de Deus. Estão os nossos pés firmados na Rocha dos Séculos? Estamo-nos abrigando no único Refúgio? Com fúria inexorável aproxima-se a tormenta. Estamos nós preparados para enfrentá-la? Somos um com Cristo, assim como Ele é um com o Pai? Somos nós herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo? ...

O caráter de Cristo deve ser o nosso caráter. Devemos ser transformados pela renovação de nosso coração. Aqui está nossa única segurança. Nada pode separar de Deus um vivo cristão. - RH, 27-11-1900.

Ano Bíblico: I Reis 1 e 2. - Juvenis: I Sam. 31.


Ma - Pag. 107  

Vivendo Para Salvar a Outros

"Se alguém quer vir após Mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-Me". S. Luc. 9-.23.

O pecado com que mais se condescende, e que nos separa de Deus e produz tantas contagiosas perturbações espirituais, é o egoísmo. Não pode haver retribuição ao Senhor, a não ser por meio da abnegação. Não podemos fazer coisa alguma de nós mesmos, mas mediante a força que Deus nos comunica, podemos viver para fazer bem aos outros, esquivando-nos assim ao mal do egoísmo. Não necessitamos de ir para terras pagãs para manifestar nosso desejo de consagrar a Deus tudo, em uma vida útil, abnegada. De- vemos fazer isto no círculo familiar, na igreja, entre aqueles com quem convivemos, e com quem temos negócios. Justa- mente nas ocupações comuns da vida, é que nos cumpre negar-nos a nós mesmos e manter o eu em sujeição.

Paulo podia dizer: "Cada dia morro". É o morrer diário para o próprio eu nos pequeninos tratos da vida, que nos torna vencedores. Devemos esquecer o próprio eu no desejo de fazer bem aos outros. Há por parte de muitos decidida falta de amor para com os outros. Em vez de, cumprirem fielmente sem dever, buscam de preferência o próprio prazer.

Deus prescreve positivamente a todos os Seus seguidores o dever de beneficiar os outros com sua influência e seus meios, e buscarem dele aquela sabedoria que os habilite a fazerem tudo ao seu alcance para elevarem os pensamentos e afeições dos que lhes chegam ao alcance da influência. No fazer bem aos outros, experimentarão uma doce satisfação, uma paz interior que lhes será suficiente recompensa. Quando atuados por elevado e nobre desejo de fazer bem aos outros, encontrarão verdadeira felicidade num fiel desempenho dos múltiplos deveres da vida. Isto trará mais que uma recompensa terrestre; pois todo cumprimente fiel, abnegado do dever, é notado pelos anjos, e fulgura no registo da vida.

No Céu, ninguém pensará em si mesmo, nem buscará o próprio prazer, mas todos, movidos por puro e genuíno amor, buscarão a felicidade dos seres celestes que os rodeiam. Caso desejemos fruir a sociedade celeste na Terra renovada, precisamos ser aqui regidos por princípios celestes. - 1TS, 206 207.

A maior obra que pode ser feita em nosso mundo é glorificar a Deus vivendo o caráter de Cristo. - 6T, 439.

Ano Bíblico: I Reis 3 e 4. - Juvenis: II Sam. 1


Ma - Pag. 108  

O Caminho Que Conduz Para a Vida

"Extrai ;ela porta estreita (larga é a porta e espaçoso o caminha que conduz para a perdição o são muitos os que entram Por ela), porque estreita é a porta e apertado o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela". S. Mat. 7:13 e 14.

Cristo nos convida a entrar pelo caminho estreito, onde todo passo significa a negação do próprio eu. Convida-nos a permanecer sobre a plataforma da verdade eterna, e a batalhar, sim, batalhar diligentemente, pela fé que uma vez foi entregue aos santos. ...

Ao nos aproximarmos do tempo em que principados e potestades e forças espirituais do mal, nas regiões celestes, serão plenamente introduzidos na peleja contra a verdade, quando o poder enganador de Satanás será tão grande que, se fosse passível, enganaria os próprios eleitos, nosso discernimento precisam ser aguçado por iluminação divina, para que não sejamos ignorantes dos ardis de Satanás. Todo o tesouro do Céu se acha à nossa disposição na obra de preparar o caminho do Senhor. Dando-nos a cooperação dos santos anjos, Deus tornou possível que a nossa obra seja um maravilhoso - sim, um glorioso sucesso. Mas o sucesso raramente resultará de esforço esporádico. Requer-se a influência conjugada de todos os membros da igreja.

A igreja, atualmente, necessita de homens que, como Enoque, andem com Deus, revelando Cristo ao mundo. Os membros de igreja precisam atingir uma norma mais elevada. Mensageiros celestiais esperam comunicar-se com os que per- deram de vista o próprio eu e cuja vida é uni cumprimento das palavras: "Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que agora tenho na carne, vivo. pela fé no Filho de Deus, que me amou e a Si mesmo Se entregou por mim". De tais homens e mulheres deve compor-se a igreja antes que sua luz possa projetar-se sobre o mundo em raios claros e distintos. Novas opiniões sobre o Sol da Justiça são obnubiladas pela egoísmo. Cristo é de novo crucificado por muitos que pela condescendência consigo mesmos permitem que Satanás obtenha domínio sobre eles. ...

É desígnio de Deus que todos sejam experimentados e provados, para que Ele possa ver se eles são leais ou desleais às leis que governam a reino do Céu. Aos últimos, Deus permite que Satanás se revele como mentiroso, acusador e assas- sino. Assim o triunfo final de Seu povo se torna mais acentuado, mais glorioso, mais cabal e completo. - RH, 04-12-1900.

Ano Bíblico: I Reis 5 e 6. Juvenis: II Sam. 5.


Ma - Pag. 109  

Em Sociedade com Cristo

"Eu sou a videira, vós os ramos. Quem permanece em Mim, e Eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem Mim nada podeis fazer". S. João 15:5.

O fim está próximo! Deus convida a igreja a pôr em ordem as coisas permanentes. Vós, que sois cooperadores de Deus, sois capacitados por Deus para levar outros convosco para o reino. Deveis ser agentes vivos de Deus, condutos de luz para o mundo, e circundando-vos há anjos celâtes comissionados por Cristo para vos suster, fortalecer e amparar no trabalho em prol da salvação de almas. ...

Mantendo-vos separados e diferentes do mundo - no mundo, mas não lhe pertencendo, refletindo os brilhantes raios do Sol da Justiça, sendo puros, santos e imaculados e, com fé, levando luz a todos os caminhos e vaiados da Terra.

Estejam despertas as, igrejas antes que seja tarde demais. Promova cada membro do seu trabalho pessoal, e honre o nome do Senhor pelo qual é chamado. Que a fé firme e a zelosa piedade tornem o lugar da ociosidade e descrença. Quando a fé se apossa de Cristo, a verdade deleitará a alma, e a prática da religião não será, árida nem enfadonha. ..- Diariamente, ao praticantes o cristianismo que professais, tereis, rica experiência. Converter-se-ão pecadores.

Oh! possam todos despertar e manifestar para o mundo que a fé que possuem é viva, que o mundo tem perante si um desfecho vital, que Jesus logo virá. Vejam os homens que cremos estar nos umbrais do mundo eterno.

A edificação do reino de Deus é retardada ou apressada segundo seja a infidelidade ou fidelidade dos instrumentos humanos. O trabalho é prejudicado pela falta de cooperação do humano com o divino. Podem os homens orar: "Venha o Teu reino; seja feita a Tua vontade, assim na Terra como no Céu", mas se deixam de pôr em prática na vida essa oração, suas petições serão infrutíferas. Mas conquanto sejais fracos, errantes e pecadores, o Senhor vos faz o oferecimento de serdes coobreiros Seus. Convida-vos para serdes participantes da instrução divina. Unindo-vos com Cristo, podeis realizar as obras de Deus. "Sem Mim", disse Cristo, "nada podeis fazer". -3TS, 69 e 70.

Ano Bíblico: I Reis 7 e 8. - Juvenis: II Sam. 7.


Ma - Pag. 110  

Representantes do Salvador

"Mantendo exemplar o vosso procedimento no meio dos gentios, para que, naquilo que falam contra vós outras corno de malfeitores, observando-vos em Possas boas obras, glorifiquem a Deus no dia da visitação". 1 S. Ped. 2-12.

Deus espera que os que usam o nome de Cristo O representem. ... Devem ser um povo purificado e santo, comunicando luz a todos com quem se puserem em contato. ...

Os seguidores de Cristo devem separar-se do mundo em princípios e em interesses; não se devem, porém, isolar do mundo. O Salvador misturava-Se constantemente com os homens, não para os animar em qualquer coisa que não es- tivesse em harmonia com a vontade de Deus, mas para os elevar e enobrecer. "Por eles Me santifico a Mim mesmo", declarou Ele, "para que também eles sejam santificados". S. João 17:19. Assim o cristão deve habitar entre os homens, para que o aroma de amor divino seja como o sal a preservar o mundo da corrupção.

O poder de uma vida mais elevada, mais pura e nobre eis, nossa grande necessidade. O mundo observa a ver que fruto é produzido pelos professas cristãos. Ele tem o direito de esperar abnegação e espírito de sacrifício da parte dos que acreditam em uma avançada verdade. Está atento, pronto a criticar aguda e severamente nossas palavras e atos. Estão-se produzindo constantemente impressões favoráveis ou desfavoráveis à religião bíblica no espírito de todos com quem temos de tratar.

E Deus e os anjos estão observando. O Senhor deseja que Seu povo manifeste pela vida que vive a, vantagem do cristianismo sobre a mundanidade; manifeste agir em plano mais elevado e santo. Ele anseia vê-los mostrar que a verdade que receberam os tornou filhos do celeste Rei. Anela torná-los condutos através dos quais possa vazar Seu ilimitado amor e misericórdia.

Com anelante desejo, Cristo aguarda para ver-Se a Si mesmo manifestado em Sua igreja. Quando o caráter do Salvador for perfeitamente reproduzido em Seu" povo, então Ele virá a reclamar os Seus. É privilégio de todo cristão, não somente aguardar, mas apressar a vinda de nosso Senhor. Estivessem todos quantos Lhe professam o nome dando frutos para Sua glória, quão pronto o mundo inteiro estaria semeado com o evangelho! - CP, 290-292.

Ano Bíblico: I Reis 9 e 10. - Juvenis: II Sam. 15.


Ma - Pag. 111  

Um Caráter que o Mundo Reconhecerá

"Para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros tio mundo". Filip. 2:15.

É desígnio de Deus manifestar por meio de Seu povo os princípios de Seu reino. A fim de que lhes seja possível revelar esses princípios na vida e no caráter, Ele os deseja se- parar dos costumes, hábitos e práticas do mundo. ... Contemplando a bondade, a misericórdia, a justiça e o amor de Deus revelado em Sua igreja, deve o mundo ver a representação de Seu caráter. E, quando a lei divina for assim exemplificada na vida, o próprio mundo reconhecerá a superioridade dos que amam e temem e servem a Deus, sobre todos os outros povos do mundo.

Os Adventistas, acima de todos os povos, devem ser modelos de piedade, puros de coração e de linguagem. Foram-lhes confiadas as mais solenes verdades já cometidas a mortais. Toda dotação de graça e poder e eficiência lhes foi liberalmente proporcionada. Eles aguardam a próxima volta de Cristo nas nuvens do céu. Darem eles ao mundo a impressão de que sua fé não exerce poder dominante em sua vida, é desonrar grandemente a Deus.

Em razão do crescente poder das tentações de Satanás, os tempos em que vivemos se acham plenos de perigo para os filhos de Deus, e cumpre-nos aprender continuamente do grande Mestre, de modo a dar todo passo com segurança e em justiça. Assombrosas cenas se estão desdobrando diante de nós; e em tal tempo, é preciso que a vida do povo professo de Deus seja um vivo testemunho, de modo que o mundo veja que, neste século, quando o mal campeia por toda parte, existe ainda um povo que põe de lado a própria vontade para buscar fazer a vontade de Deus - povo em cujo coração e vida se acha escrita a Sua lei. ...

Puros devem ser seus pensamentos; suas palavras, nobres e próprias para elevar. A religião de Cristo deve entretecer- se em tudo quanto eles façam ou digam. Devem ser um povo purificado e santo, comunicando" luz a todos com quem se puserem em contato. É seu intento que, exemplificando esse povo a verdade na própria vida, seja na Terra um louvor. A graça de Cristo é suficiente para efetuar isto. CP, 289 e 290.

Ano Bíblico: I Reis 11 e 12. Juvenis: II Sam. 18.


Ma - Pag. 112  

O Testemunho que o Mundo Necessita

"Vós sois a nossa carta, escrita em nossos coração, conhecida e lida por todos os homens". II Cor. 3:2.

A transformação do caráter deve ser perante o mundo, o testemunho do amor de Cristo no coração. O Senhor espera que Seu povo manifeste que o poder redentor da graça pode operar sobre o caráter faltoso, e fazer com que ele se desenvolva em simetria, sendo abundantemente frutífero.

A fim de cumprirmos os desígnios de Deus, porém, há uma obra preparatória a fazer. O Senhor nos pede que esvaziemos a coração do egoísmo que é a raiz de toda alienação. Ele anseia derramar sobre nós Seu Santo Espírito em fartas medidas, e que aplainemos o caminho mediante a renúncia. Quando o próprio eu for entregue a Deus, nossos olhos serão abertos para ver as pedras de tropeço que nossa dessemelhança com Cristo tem posto no caminho dos outros. Tudo isso Deus nos manda remover. Diz Ele: "Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis". S. Tia. 5:16. Então poderemos ter a certeza experimentada por Davi quando, depois de confessar o seu pecado, orou: "Torna a dar-me a alegria da Tua salvação, e susté-me com um espírito voluntário. Então ensinarei aos transgressores os Teus caminhos, e os pecadores a Ti se converterão". Sal. 51."12 e 13.

Quando a graça de Deus, reinar no interior, a alma será circundada por uma atmosfera de fé, ânimo e amor cristão, atmosfera revigoradora para a vida espiritual de todos os que a respiram. ... Todo aquele que é participante do amor per- doador de Cristo, todo o que foi esclarecido pelo Espírito" de Deus e convertido à verdade, por essas preciosas bênçãos sentir-se-á devedor a toda alma com quem se põe em contato. Os que são humildes de coração serão usados pelo Senhor para alcançar almas de quem o ministro ordenado não se pode aproximar. Serão impulsionados a proferir palavras que revelam a salvadora graça de Cristo.

E, beneficiando aos outros, serão eles próprios abençoados. Deus nos dá oportunidade de comunicar graça para que nos possa encher novamente de mais graça. A esperança e a fé se robustecerão à medida que o instrumento de Deus opera com os talentos e as facilidades fornecidas por Ele. Terá uma instrumentalidade divina a cooperar com ele. - 2TS, 381-383.

Ano Bíblico: I Reis 13 e 14. - Juvenis: II Sam. 22.


Ma - Pag. 113  

Quando Deus Supre as Deficiências

"E nós, na qualidade de cooperadores com Ele, também vos exortamos a que não recebais em vão a graça de Deus". II Cor. 6:1.

Devemos ser sócios na obra de Deus através do mundo inteiro; onde quer que haja almas a serem salvas, devemos prestar nosso auxílio, para que sejam conduzidos a Deus muitos filhos e filhas . O fim está próximo, e por esta razão devemos tirar o máximo proveito de toda habilidade a nós confiada e de todo meio que proporcione ajuda para a obra. - 6T, 440.

Como não devem sentir-se os anjos ao verem aproximar-se o fim, e divisar tantos daqueles a quem foi confiada a última mensagem de misericórdia aglomerando-se, freqüentando reuniões em consideração ao benefício que advirá a sua própria alma e sentindo-se descontentes se não houver muita pregação, ao passo que têm pouco interesse ou pouco f azem pela salvação dos outros! Todos os que por viva fé realmente se acham unidos a Cristo serão participantes da natureza divina. Dele constantemente estarão recebendo vida espiritual e, não podem permanecer calados.

A vida sempre se manifesta pela atividade Se o coração está vivo, ele enviará o sangue vital a todas as partes do organismo. Aqueles cujo coração está repleto de vida. espiritual não precisam ser incitados a revelá-lo. A vida divina deles fluirá em ricas correntes de graça. Ao orarem, falarem, ao labutarem, Deus é, glorificado. - 6T, 443.

Não é o mais brilhante ou o mais talentoso cuja obra produz os maiores e mais duradouros resultados. Quem são os trabalhadores mais eficientes? Os que atendem no convite: "Tomai sobre vós o Meu jugo, e aprendei de Mim, porque sou manso e humilde de coração".

Se os homens a quem Deus confiou talentos intelectuais recusarem usar esses dons para Sua glória, depois de provas e provações Ele os deixará entregues a suas próprias imaginações e tomará homens que não parecem ser tão ricamente dotados, que não têm grande confiança própria, e fortalecerá os fracos porque confiam que Deus fará por eles o que não podem fazer por si mesmos. Deus aceitará o serviço sincero, e Ele mesmo suprirá as deficiências. - 6T, 443 e 444.

"Os anjos estão atentos para ouvir a espécie de testemunho que estais dando ao mundo quanto a vosso divino Mestre". CC, 119 e 120.

Ano Bíblico: I Reis 15 a 16 - Juvenis: I Reis 3; 4:20-34.


Ma - Pag. 114  

Pregando com Poder

"Naqueles dias, apareceu João Batista, pregando no deserto da Judéia, e dizia: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos Céus". S. Mat. 3:1 e 2.

João Batista, em sua vida no deserto, era ensinado por Deus. Estudava as revelações de Deus na Natureza. Sob a guia, a do Espírito divino, estudava os rolos dos profetas. De dia e de noite, era Cristo o objeto de seu estudo, sua meditação, até que o espírito, e o coração, e a alma se lhe encheram da gloriosa visão.

Viu o Rei em Sua formosura, e perdeu de vista o próprio eu. Contemplou a majestade da santidade, e reconheceu-se como ineficiente e indigno. Era a mensagem de Deus que ele devia proclamar. No poder de Deus e em Sua justiça é que ele devia permanecer. Estava disposto a sair como mensageiro do Céu, não dominado pelo humano, porque contemplara o divino. Podia ficar destemidamente na presença de monarcas terrestres, porque com tremor se prostrara ante o Rei dos reis.

Sem elaborados argumentos ou astutas teorias declarava João sua mensagem. Comovedora e severa, todavia cheia de esperança, ouvia-se-lhe a voz no deserto: "Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos Céus". S. Mat. 3:2. Com um novo, estranho poder essa voz comovia o povo. A nação toda despertou Multidões afluíam ao deserto. ... E todos, mesmo os fariseus e os saduceus, os frios e impassíveis escarnece- dores, safam com o escárnio silenciado e fulminados por uma profunda intuição de seus pecados.

Nesta época, exatamente antes da segunda vinda de Cristo nas nuvens do céu, tem de ser feita uma obra como essa de João. Deus chama homens que preparem um povo que subsista no grande dia do Senhor. ... Como povo que crê no breve aparecimento de Cristo, temos uma mensagem a proclamar: "Prepara-te, é Israel, para te encontrares com o teu Deus". Amós 4:12. Nossa mensagem deve ser direta como o foi a mensagem de João. Ele repreendia reis pela sua iniqüidade. Embora sua vida se achasse em perigo, não hesitava em declarar a palavra de Deus. E nossa obra, nesta época tem de ser feita com a mesma fidelidade.

Para dar uma mensagem como a que João deu, precisamos passar por uma experiência espiritual Igual à dele. ... Precisamos contemplar a Deus, e Contemplando-O perder de vista o próprio eu. - 8T, 331-333.

Ano Bíblico: I Reis 17-19. - Juvenis: I Reis 3; 4.20.34.


Ma - Pag. 115  

Anunciando a vinda do Cordeiro

"Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" S. João 1:29.

João tinha por natureza os defeitos e fraquezas comuns humanidade; mas o contato do amor divino transformara-o. Quando, depois de haver Cristo iniciado Seu ministério, os discípulos de João foram ter com ele com a queixa de que todos os homens estavam seguindo o novo Mestre, João mostrou quão claramente compreendia sua relação para com o Messias e quão alegremente recebia. Aquele para o qual preparara o caminho.

"O homem não pode receber coisa alguma", disse ele, "se do Céu não lhe for dada. Vós mesmos sois testemunhas de que vos disse: Eu não sou o Cristo, mas fui enviado como Seu precursor. ... Pois esta alegria já se cumpriu em mim. Convém que Ele cresça e que eu diminua". S. João 3:27-30.

Contemplando com fé o Redentor, João se erguera à altura da abnegação. Não procurava atrair os homens a si mesmo, e, sim, erguer-lhes os pensamentos mais e mais alto, até repousarem no Cordeiro de Deus. Ele mesma fora apenas uma voz, um clamor no deserto. Agora, com alegria aceitava o silêncio e a obscuridade, para que os convergissem para a Luz da vida.

Os que são fiéis à sua vocação como mensageiro de Deus, não buscarão honra para si mesmos. O amor-próprio submergir-se-á no amor de Cristo. Reconhecerão que é sua obra proclamar, como o fazia João Batista: "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" S. João 1:29. Exaltarão a Jesus, e com Ele será exaltada a humanidade. ...

A alma do profeta, esvaziada do próprio eu, foi cheia da luz do Divino. ... Deu testemunho da glória do Salvador. ... Desta glória de Cristo devem participar todos os Seus seguidores. Só podemos receber da luz do Céu à medida que estamos dispostos a esvaziar-nos do próprio eu. Só podemos discernir o caráter de Deus e aceitar a Cristo pela fé, se consentirmos em levar cativo todo pensamento à obediência de Cristo. A todos os que isso fazem, o Espírito Santo é dado sem medida. Em Cristo "habita corporalmente toda plenitude da divindade. Também nele estais aperfeiçoados". Cal. 2:9 e 10. - 8T, 333 e 334.

Ano Bíblico: I Reis 20 e 21. - Juvenis: I Reis 5.


Ma - Pag. 116  

O Chamado de Deus Para Reforma

"E irá adiante dele no espírito e poder de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparados" .S. Luc. 1-.17.

João Batista saiu no espírito e poder de Elias a fim de preparar o caminho do Senhor e converter as pessoas à prudência dos justos. Ele era um representante dos que vivem nos últimos dias, a quem Deus tem confiado sagradas verdades para serem apresentadas perante o povo, a fim de ser preparado o caminho para a segunda vinda de Cristo. ...

Os que devem preparar o caminho para a segunda vinda de Cristo, são representados pelo fiel Elias, assim como João veio no espírito de Deus, a fim de preparar o caminho para o primeiro advento de Cristo. O grande assunto da reforma deve ser agitado, e a mente do público deve ser estimulada. Temperança em todas as coisas deve estar associada com a mensagem, a fim de converter o povo de Deus de sua idolatria, glutonaria e extravagância no vestir e em outras coisas.

A abnegação, humildade e temperança requeridas dos justos, a quem Deus de maneira especial guia e abençoa, devem ser apresentas ao povo em contraste com os hábitos extra- vagantes destruidores da saúde dos que vivem neste século degenerados Deus tem mostrado que a reforma de saúde está tão intimamente relacionada com a mensagem do terceiro anjo como a mão está com o corpo. Não se encontra em parte alguma tão grande causa de degenerescência física e moral como a negligência deste importante assunto. Os que condescendem com o apetite e a paixão, e fecham os alhos à luz por temor de que irão ver pecaminosas indulgências que não estão dispostos a deixar, são culpados perante Deus.

A Providência tem estado a guiar o povo de Deus para longe dos hábitos extravagantes do mundo, para longe da indulgência do apetite e da paixão, a fim de que ocupem o seu lugar na plataforma da renúncia e da temperança em todas as coisas. O povo a quem Deus está dirigindo será um povo peculiar. Não se assemelhará ao mundo. Mas, se seguirem as indicações de Deus, cumprirão o Seu propósito, e submeterão sua vontade à vontade dele. Cristo habitará no coração. O templo de Deus será santo. Vosso corpo, diz o apóstolo, é o templo do Espírito Santo. - 3T, 61-63.

Ano Bíblico: I Reis 22; II Reis 1. - Juvenis: I Reis 6.


Ma - Pag. 117  

Promovei o Viver Saudável

"Rogo-vos pois irmãos pelas misericórdias de Deus, que apresenteis os vossos corpos por sacrifícios vivo, santo e agradável a Deus, que é vosso culto racional". Rom. 12:1.

Achamo-nos em um mundo contrário à retidão ou à pureza de caráter, e especialmente ao crescimento na graça. Em tudo que olhamos, observamos poluição e corrupção deformidade e pecado.

Quão oposto é tudo isso a deve ser o executada em nós justamente antes de recebermos o dom imortalidade! Os eleitos de Deus devem permanecer incontaminados em meio da corrupção prevalecente ao seu redor nestes últimos dias. Seu corpo deve tornar-se santo, puro seu espírito. ... O Espírito de Deus terá que, exercer perfeito controle, influenciando cada ação.

A reforma da saúde é um dos ramos da grande obra que deve preparar um povo para a vinda do Senhor. ... Os homens e as mulheres não podem violar as leis naturais ao serem indulgentes para com o apetite depravado e paixões, licenciosas, sem violarem a lei de Deus. Portanto Ele permitiu que a luz da reforma da saúde brilhe sobre nós, para que possamos compreender a pecaminosidade da transgressão das leis que Ele estabeleceu em nosso próprio ser. ...

Tornar clara a lei natural e insistir na obediência a ela, é obra que acompanha a mensagem do terceiro anjo.... [Deus] deseja que o assunto seja debatido, e a mente do público profundamente despertada a investigá-la; pois é impossível aos homens e mulheres apreciarem as verdades sagradas enquanto se acham sob o poder de hábitos pecaminosos, destrui- dores da saúde e enfraquecedores do cérebro. ...

As condescendências pecaminosas profanam o corpo e in- capacitam os homens para o culto espiritual. Aqueles que estimam a luz que Deus lhes deu sobre a reforma de saúde, possuem importante ajuda na obra de santificar-se por meio da verdade e preparar-se para a imortalidade. - Idem, pp. 20-22.

Ano Bíblico: II Reis 2 e 3. - Juvenis: I Reis 7.


Ma - Pag. 118  

A Virtude do Esquecimento de Si Mesmos

"estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que agora tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a Si mesmo Se entregou por mim". Gál. 2:20

Pela fé Paulo se aproximou da graça de Cristo e essa graça supriu-lhe as necessidades da alma. Pela fé recebeu ele o dom celestial e comunicou-se às almas que ansiavam pela luz. Esta é a experiência de que carecemos.... Orai pedindo essa fé. Porfiai por possuí-la. Crede que Deus vo-la concederá.... Os cristãos necessitam de poder de reflexão, firmeza de vontade e conhecimento que provém do estudo da Palavra de Deus. Não podem permitir-se encher a mente de bagatelas. Cada dia precisam renovar o poder espiritual.

Aprendei daquele que disse. "Sou manso e humilde de coração". Dele aprendendo, encontrareis descanso. Dia a dia alcançares unia experiência nas coisas divinas, dia a dia compreenderes a grandeza de Sua salvação e a glória da união com Ele. Constantemente aprendereis como viver de modo semelhante a Cristo, e constantemente vos Ireis tornando mais semelhantes ao Salvador.

Se morrermos para o próprio eu, se ampliarmos a nossa idéia acerca do que Cristo pode ser para nós e o que nós podemos ser para Ele, se nos unirmos uns aos outros pelos laços do companheirismo cristão, Deus operará por nós com grande poder. Então seremos santificados pela verdade. Seremos efetivamente escolhidos de Deus e dominados pelo Seu Espírito. Cada dia da vida nos será precioso, porque nele veremos uma oportunidade para. usar para o bem de outros os dons que nos foram confiados. - RH, 30-05-1907.

Temos de esquecer-nos a nós mesmos, em amoroso serviço pelos outros. -.. A eternidade ... fará sobressair em todo o seu brilho cada ato f eito em favor da salvação de almas, cada palavra proferida para conforto dos filhos de Deus; e esses atos praticados por amor de Cristo serão parte de nossa alegria através de toda a eternidade. - Nos Lugares Celestiais, p. 230.

Ano Bíblico: II Reis 4 e 5. - Juvenis: I Reis 8.


Ma - Pag. 119  

Os Jovens Como Instrumentos de Deus

"Bom é Para o homem suportar o jugo na sua mocidade". Lam. 3:27.

Deus chama os jovens no vigor e força de sua mocidade a partilharem com Ele a abnegação, o sacrifício e o sofrimento. Se aceitarem o chamado, Ele os tornará Seus instrumentos para salvar almas pelas quais Ele morreu. Mas deseja que avaliem o preço e empreendam sua obra com pleno conhecimento das condições com que servem ao Redentor crucificado. ...

Nossa primeira tarefa deveria ser colocar nosso próprio coração em harmonia com Deus, e então estaremos prepara- dos para labutar em favor dos outros. Em tempos passados havia grande esquadrinhamento do coração entre nossos zelosos obreiros. Eles consultavam um ao outro e se uniam em humilde e fervente oração por orientação divina. ... A vinda de Cristo está mais próxima do que quando cremos a princípio. Todo dia que passa constitui um dia a menos para proclamarmos a mensagem de advertência ao mundo. Oxalá houvesse hoje mais fervorosa intercessão com Deus, maior humildade, maior pureza e maior fé. - 5T, 37 e 88.

Temos uma grandiosa obra a fazer pelo Mestre: abrir a Palavra de Deus aos que se encontram nas trevas do erro. Jovens amigos, procedei como se tivésseis um sagrado encargo. Deveis ser estudantes da Bíblia, estando sempre preparados a responder a todo aquele que vos pedir razão de, esperança que há em vós. Por vossa genuína dignidade cristã dai provas de saber que tendes uma verdade que vale a pena ser ouvida pelo povo. Se esta verdade é entretecida, na alma, manifestar-se-á na expressão fisionômica e na conduta, em calma e nobre serenidade e paz que só o cristão pode possuir. os que têm genuína humildade, e cuja mente se expandiu por meio das verdades desdobradas do evangelho, exercerão uma influência que será notada. Causarão uma impressão em mentes e corações. - 5T, 401.

Não tenho maior aspiração" do que ver nossos jovens imbuídos do espírito da religião pura que os levará a tomar a cruz e seguir a Jesus. Avançai, jovens discípulos de Cristo, dominados por princípios, cobertos com as vestes de pureza e justiça. Vosso Salvador vos guiará à posição mais adequada a vossos talentos e em que podereis ser úteis ao máximo. No caminho do dever podeis estar certos de que recebereis graça suficiente para vosso dia. - Idem, p. 87.

Ano Bíblico: II Reis 6.8. - Juvenis: I Reis 10.


Ma - Pag. 120  

Um Trabalho Para Pessoas de Todas as Idades

"Pais, eu vos escrevi, porque conheceis Aquele que existe desde o princípio. Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e tendes vencido o maligno". I S. João 2:14.

Há muitos setores onde os jovens podem encontrar oportunidade para esforço útil. Ao se organizarem em grupos para serviço cristão, sua cooperação se provará uma assistência e encorajamento.

Nesta finalizadora obra do evangelho há um vasto campo a ser ocupado; e, mais que em qualquer outro tempo, a obra deve aliciar auxiliares dentre o povo comum. Tanto os jovens como os de mais idade serão chamados do campo, das vinhas, das oficinas, e enviados pelo Mestre a fim de que dêem Sua mensagem. Muitos desses podem ter tido pouca oportunidade para instrução, mas Cristo vê neles qualificações que os capacitarão a preencher o Seu propósito. Se eles puserem o coração na obra e continuarem como quem aprende, Ele os capacitará a trabalhar para Ele.

Por maiores ou menores que sejam os vossos talentos, lembrai-vos de que a que tendes só vos pertence em custódia. Deste modo Deus vos está provando, dando-vos a oportunidade de demonstrar que sois sinceros. A Ele sois devedores de todas as vossas capacidades. A Ele pertencem as vossas faculdades do corpo, da mente e da alma, e tais faculdades devem ser usadas para Ele. Vosso tempo, vossa influência, vossas capacidades, vossa habilidade - tudo isso deve ser tributado Aquele que concede todas as coisas. - Youth"s Instructor, 03-03-1908.

O jovem que encontra prazer e felicidade em ler a Palavra de Deus e na oração, é constantemente refrigerado por sorvos da Fonte da vida. Atingirá a uma excelência moral e uma amplitude de pensamento de que outros não podem ter idéia. A comunhão com Deus anima os bons pensamentos, as nobres aspirações, claras percepções da verdade, e altos propósitos de ação. - MJ, 431.

Com tal exército de obreiros como o que poderia fornecer a nossa juventude devidamente preparada, quão depressa a mensagem de uni Salvador crucificado, ressuscitado e prestes a vir poderia ser levada ao mundo todo! Quão depressa poderia vir o fim - o fim do sofrimento, tristeza e pecado! - Ed., 271.

Ano Bíblico: II Reis 9 - 11 - Juvenis: I Reis 11:6-43.


Ma - Pag. 121  

Por que há Tantos que Estão ociosos?

"Sereis Minhas testemunhas tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da Terra". Atos 1:8.

Crentes de todos os séculos têm tomado parte na incumbência dada aos primeiros discípulos. Todos os que receberam o evangelho receberam a sagrada verdade para repartir ao mundo. Os fiéis de Deus têm sido sempre intrépidos missionários, consagrando seus recursos para a honra de Seu nome, e sabiamente usando seus talentos em Seu serviço.

Os membros da igreja de Deus devem ser zelosos de boas obras, separando-se de ambições mundanas e seguindo nos passos daquele que andou fazendo o bem. Com o coração repleto de simpatia e compaixão, devem eles ministrar aos que necessitam de auxílio, levando aos pecadores o conheci- mento do amor do Salvador. Tal obra requer laboriosos esforços, mas produz rica recompensa. Os que nela se empenham com sinceridade de propósito verão almas salvas para o Salvador.

"O Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem". O dever de fazer este convite inclui a igreja toda. Todo a que tenha ouvido o convite, deve fazer ecoar a mensagem pelas colinas e vales, dizendo: "Vem". Apoc. 22:17. ...

Centenas, quiçá milhares, que já ouviram a mensagem de salvação estão ainda ociosos na praça, quando podiam estar empenhados em algum setor de trabalho ativo. A esses Cristo, está dizendo: "Por que estais ociosos todo o dia?" E acrescenta: "Ide vós também para a vinha". S. Mat. 20:6 e 7. Por que razão muitos mais não respondem ao chamado? Será porque se imaginam escusados pelo fato de não ocuparem os púlpitos? estes devem compreender que há unia vasta obra a ser feita fora do púlpito, por milhares de consagrados membros leigos.

Longamente tem Deus esperado que o espírito de serviço se apodere de toda a igreja, de maneira que cada um trabalhe para Ele segundo sua habilidade. Quando os membros da igreja de Deus fizerem a obra que lhes é indicada nos necessitados campos nacionais e estrangeiros, em cumprimento da comissão evangélica, todo o mundo será loco advertido, e o Senhor Jesus retomará à Terra com poder e grande glória. "E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim". S. Mat. 24:14. - AA, 109-111.

Ano Bíblico: II Reis 12-14. - Juvenis: I Reis 12.


Ma - Pag. 122  

Todos os Nossos Tesouros Para Deus

"De graça recebesses, de graça dai". S. Mat. 10:8.

Tudo quanto os homens recebem da munificência divina, pertence ainda a Deus. Tudo quanto Ele tem concedido das coisas valiosas e belas da Terra, é colocado em nossas mãos para provar-nos, para sondar a profundidade de nosso amor por Ele, e de nossa apreciação de Seus favores, sejam os tesouros da riqueza ou da inteligência, devem ser depositados como oferta voluntária aos pés de Jesus. - 2TS, 333.

Dando aos discípulos a comissão de ir "por todo o mundo" e pregar "o evangelho a toda criatura", Cristo designou aos homens a obra de disseminar o conhecimento de Sua graça. Porém, enquanto alguns saem a pregar, Ele roga a outros que atendam a Seus pedidos de ofertas, para manter Sua causa na Terra. - 3TS, 403.

Nem todos podem fazer grandes ofertas, nem todos podem realizar grandes obras, magníficas proezas; mas todos podem praticar abnegação, todos podem revelar o altruísmo do Salvador. Alguns podem trazer grandes donativos ao tesouro do Senhor; outros só podem trazer óbolos; mas todo donativo trazido com sinceridade é aceito pelo Senhor. - 9T, 54 e 55.

Muitos ... se surpreenderiam ao ver quanto pode ser poupado para a obra de Deus pelos atos de renúncia. As pequenas somas poupadas por atos de sacrifício farão mais para o levantamento da obra de Deus do que os grandes donativos que forem feitos sem renúncia. - 3TS, 358.

O espírito de liberalidade é o espírito do Céu. O abnegado amor de Cristo é revelado na cruz. Para que o homem pudesse ser salvo, deu Ele tudo quanto possuía, e em seguida Se deu a Si mesmo. A cruz de Cristo apela para a beneficência de todo seguidor do bendito Salvador. O princípio ali ilustrado é dar, dar. ... O princípio dos mundanos é adquirir, adquirir. ...

A luz do evangelho que brilha da cruz de Cristo reprova o egoísmo. ... Muitos do povo de Deus estão em perigo de ser enredados pela mundanidade e cobiça. Deveriam compreender que a Sua misericórdia é que multiplica os, pedidos de meios. ... Deste modo torna o homem o meio pelo qual distribui Suas bênçãos na Terra. Deus planeou o sistema de beneficência, a fim de que o homem se pudesse tornar como seu Criador: de índole benevolente e abnegada, e ser finalmente co-participante de Cristo, da eterna, gloriosa recompensa. - 3TS, 402 e 403.

Ano Bíblico: II Reis 15-17. - Juvenis: I Reis 13.


Ma - Pag. 123  

Uma Dupla Vida

A nossa comunhão é com o Pai e com Seu Filho Jesus Cristo". I S. João 1:3.

Nada é mais necessário em nossos trabalhos do que os resultados práticos da comunhão com Deus. Devemos mostrar, em nossa vida diária, que temos paz e descanso no Senhor. Esta paz no coração resplandecerá na fisionomia. Imprimirá à voz uma força persuasiva. A comunhão com Deus refletir-se-á no caráter e na vida. Os homens reconhecerão em nós, como nos primeiros discípulos, que estivemos com Jesus. Eis o que dá ao obreiro um poder que nada mais será capaz de lhe comunicar. Jamais devemos permitir ser privados de tal poder. Carecemos de viver uma dupla vida - vida de pensamento e de ação, de silenciosa prece e infatigável trabalho. - CB, 512.

Todos quantos se acham sob as instruções de Deus precisam da hora tranqüila para comunhão com o. próprio coração, com a Natureza e com Deus. ... Devemos, individualmente, ouvi-Lo falar ao coração. Quando todas as outras vozes silenciam e, em quietação, esperamos diante dele, o silêncio da alma torna mais distinta a voz de Deus. Ele nos manda: "Aquietai-vos, e sabei que Eu sou Deus". Sal. 46:10. Este é o preparo eficaz para todo trabalho feito para o Senhor.

a multidão, e a tensão das intensas atividades da vida aquele que é assim refrigerado, será circundado de uma atmosfera de luz e de paz. Receberá nova doação de resistência física e mental. Sua vida recenderá uma fragrância e revelará um poder divino que tocarão o coração dos homens. - Idem, p. 58.

Muitos, mesmo nas horas de devoção, deixam de receber a bênção da comunhão real com Deus. Estão com demasiada pressa. Com passos precipitados apertam-se ao atravessar o grupo dos que têm a adorável presença de Cristo, detendo-se possivelmente um momento no recinto sagrado, mas não para esperar conselho. Não têm tempo de ficar com o Mestre divino. E com seus fardos voltam eles a seus trabalhos.

Estes trabalhadores nunca poderão alcançar o maior êxito antes que aprendam o segredo da força. Devem dar a si mesmos tempo para pensar, orar e esperar de Deus a renovação da força física, mental e espiritual. Precisam da in- fluência enobrecedora de Seu Espírito. Recebendo-a, animar-se-ão de uma nova vida. O corpo exausto e o cérebro cansado refrigerar-se-ão, e o coração oprimido aliviar-se-á. - Ed., 260 e 261.

Ano Bíblico: II Reis 18 e 19. - Juvenis: Reis 17.


Ma - Pag. 124  

Zelo Equivocado

"Porque lhe dou testemunho de que eles têm zelo por Deus, porém não com entendimento". Rom. 10:2

Há um zelo ruidoso sem finalidade ou desígnio, o qual não é segundo o entendimento é cego em suas manifestações e destrutivo nos resultados. Isto não é zelo cristão. Este é regido por princípios e não intermitente. É sincero, profundo e forte, empenhando toda a alma, e despertando as sensibilidades morais para o exercício.

A salvação de almas e os interesses do reino de Deus são assuntos da mais alta importância. Que objeto existe que reclame maior ardor do que a salvação de almas e a gloria de Deus? Há nisto considerações que não podem ser apreciadas levemente. São de tanta relev6acia como a eternidade. Acham-se em jogo destinos eternos. Homens e mulheres estão decidindo para a felicidade ou a desgraça. O zelo cristão não agirá para se mostrar . a humildade caracterizará todo o esforço e manifestar-se-á em toda a obra.

Oh, quão poucos sentem o valor das almas! Quão poucos estão dispostos a se sacrificarem para levar almas ao conhecimento de Cristo! Há muita conversa, muita profissão de amor pelas almas que perecem; mas conversa é coisa barata. O que se precisa é fervoroso zelo cristão - um zelo que se manifestará em fazer alguma coisa. Todos devem agora trabalhar por si mesmos e, quando tiverem Jesus no coração confessá-lo como as águas do Niagará poderiam ser impedidas de precipitar da catarata. - 1TS, 236.

A vida eterna deveria absorver o mais profundo interesse de todo cristão. Ser cooperador de Cristo e dos anjos celestiais no grande plano da salvação! Que obra pode comparar-se a esta? De cada alma salva ascende a Deus um tributo de glória, o qual se reflete sobre o salvo, e sobre aquele que serviu de instrumento em sua salvação. - 2TS, 232.

Ano bíblicos Reis 20 e 21. - Juvenis: I Reis 18.


Ma - Pag. 125  

Um Firme Fundamento

"Entretanto o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O senhor conhece os que Lhe pertencem. E mais: Aparta-se da injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor". II Tim. 2:19.

O senhor terá um povo tão verdadeiro como o aço de fé tão firme como o granito. Eles devem ser-lhe testemunhos no mundo instrumentos Seus para realizar uma obra especial gloriosa nos dias de Sua preparação.

Ministros que pregam a verdade com todo zelo e fervor podem apostatar e unir-se as fileiras do inimigos; tornará isso, porém, a verdade divina em mentira? "entretanto" diz o apostolo, "o firme fundamento de Deus permanece: . II Tim. 2:19. A fé e os sentimentos dos homens podem mudar mas a verdade de Deus nunca... .

"É tão certo possuirmos a verdade como é que Deus vive; e satanás, com todas as suas artimanhas e poder infernal não pode mudar a verdade de Deus em mentira. Enquanto o grande adversário faz tudo quanto lhe é possível para tornar sem efeito a Palavra de Deus, a verdade tem de avançar como uma lâmpada resplandecente.

O senhor nos destacou e tornou-se objetos de uma admirável misericórdia, havemos nós de encantar-nos com os palavreados do apostata? Preferiremos tomar posições ao lado de Satanás e suas hostes? Unir-nos-emos aos transgressores da lei de Deus? Antes seja nossa oração: "Senhor, põe inimizade entre mim e a serpente. Se não estivermos em inimizade com suas obras tenebrosas seremos rodeados por seus poderosos laços e seu aguilhão pronto está a arremesar-se contra nosso coração devemos considerá-lo um inimigo mortal. Que todos quantos tomam nos lábios o nome de Cristo se revistam da armadura da justiça....

Chegou o tempo em que devemos saber por nós mesmos porque cremos da maneira que fazemos. Devemos defender a deus e a verdade, contra uma geração descuidada e incrédula .... Precisamos ser revestidos da justiça de Cristo se queremos resistir a impiedade predominante. Devemos revelar a nossa fé por nossas obras. Lancemos para nós mesmos sólidos fundamento para o futuro, a fim de que possamos apodera-nos da vida eterna. Devemos labutar não em nossa própria força, mas na força de nosso senhor ressuscitado. - 4T, 594 - 597.

Ano Bíblico: II Reis 22 e 23. - Juvenis: I Reis 19.


Ma - Pag. 126  

O Céu esta á Vossa Espera

"Assim como o Pai Me enviou, Eu também vos envio". S. João 20:21.

Está escrito acerca dos apóstolos: "e eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a Palavra com os sinais que se seguiram". S. Mar. 16:20. Como Cristo enviou Seus discípulos, assim envia Ele hoje os membros de Sua igreja. Está-lhes reservado o mesmo poder que os apóstolo possuíam. Se fizerem de Deus sua força, Ele cooperará com eles e não hão de trabalhar em vão. Compreendam que a obra em que se acham empenhados tem sobre si impresso o sinete de Deus.

O senhor disse a Jeremias: "Não digas: eu sou uma criança; porque aonde quer que eu te enviar, irá; e tudo quanto te mandar dirás. Não temas diante deles; porque Eu estou contigo para de livrar, diz o Senhor". Então o Senhor estendeu a mão e tocou os lábios de Seu servo, dizendo: "Eis que ponho as minhas palavras na tua boca". Jer. 1: 7-9. E ele nos ordena que vamos e falemos as palavras que nos dá, sentido Seu santo contato em nossos lábios.

Cristo confiou à igreja um sagrado encargo. Cada membro deve ser um conduto através do qual Deus possa comunicar ao mundo os tesouros de Sua graça, as insondáveis riquezas de Cristo. Não há nada que o Salvador deseje tanto como agentes que representem ao mundo Seu Espírito e Seu caráter. Nada existe que o mundo necessite mais do que a manifestação do amor do salvador através da humanidade. Todo o Céu está à espera de homens e mulheres por cujo intermédio possa Deus revelar o poder do cristianismo.

A igreja é o instrumento de Deus para a proclamação da verdad3e, por Ele dotada de poder para fazer uma obra especial; e se ela sor leal ao Senhor, obediente a todos os Seus Mandamentos, nela habitará a excel6encia da graça divina. Ser for fiel a sua missão, se honrar ao Senhor Deus de Israel, não haverá poder capaz de a ela se opor.

O zelo em favor de Deus e sua causa impulsionou os discípulos a dar testemunhos do evangelho com grande poder. Não devia um zelo tal inflamar nossos corações com a determinação de contar a história do amor redentor de Cristo e Este crucificado? É o privilégio de todo cristão não somente aguardar mas, apressar a vinda do Salvador. - AA, 599 e 600.

Ano Bíblico: II Reis 24 e 25. - juvenis: I Reis 21.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>