Livro - Maranata! - Meditação Matinal | Ellen G. White Books

Maranata! - Meditação Matinal

CAPÍTULO 5

Maio

Ma - Pag. 127  

Deus Guiará Seu Povo

"Quando passares pelas águas Eu serei contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti". Isa. 43:2.

Deus tem sobre a Terra uma igreja que é Seu povo escolhido, que, guarda os Seus mandamentos. Ele está conduzindo, não ramificações extraviadas, não um aqui e outro ali, mas um povo.

Não há necessidade de se ter dúvida, de se estar temeroso de que a tarefa não seja bem sucedida. Deus está no comando da obra, e Ele porá tudo em ordem. Se as coisas precisam ajustar-se à direção da obra, Deus cuidará disso, e fará que todo mal se torne um bem. Creiamos que Deus está conduzindo o nobre navio que leva Seu povo ao porto seguro.

Quando, há muitos anos, eu viajava de Portland, Maine para Bóston, sobreveio-nos uma tempestade, e enormes ondas se arremessavam de um lado para outro. O candelabro caíra, e as malas rolavam de um lado para outro como bolas. Os passageiros ficaram amedrontados, e alguns gritavam em desespero, aguardando a morte.

Logo o piloto surgiu a bordo. O capitão permanecera ao seu lado, junto ao leme, e expressara receio sobre a direção que o navio estava seguindo. "Quer tomar o leme?" perguntou-lhe o piloto. O capitão não estava em condições de fazê-lo, pois conhecia sua falta de experiência.

A esta altura alguns passageiros se demonstraram apreensivos, e disseram estar temerosos de que o piloto os arremessasse sobre rochedos. "Quereis tomar o leme?" perguntou o piloto; sabiam, porém, que não seriam capazes de lidar com o leme.

Quando julgais que a obra está em perigo, orai: "Senhor, permanece ao leme. Conduze-nos para além da perplexidade. Leva-nos com segurança ao porto". Não temos motivos para crer que o Senhor nos levará triunfantemente até o fim? ...

Com a mente finita, não podeis entender a operação de todas as providências de Deus. Deixai que Deus tome conta de Sua própria obra. - A Fé Pela Qual Eu Vivo, p. 282.

Ano Bíblico: I Crôn. 1- 3. Juvenis: II Reis 1.


Ma - Pag. 128  

Satanás Redobra Seus Esforços

"O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que O temem, os livra". Sal. 34:7.

O grande conflito entre Cristo e Satanás, que tem prosseguido durante quase seis mil anos, logo deve terminar; e o maligno redobra seus esforços para frustrar a obra de Cristo em prol do homem,- e prender as almas em suas ciladas. Reter o povo em trevas e impenitência, até que termine a mediação do Salvador e não mais haja sacrifício pelo pecado, é o objetivo que ele procura realizar.

Não se fazendo um esforça especial para resistir ao seu poder, prevalecendo a indiferença na igreja e no mundo, Satanás não se preocupa; pois que não se acha em perigo de perder os que está levando em cativeiro, à sua vontade. Mas ao ser chamada a atenção para as coisas eternas, e almas indagarem: "Que é necessário que eu faça para me salvar?" ele está a postos, procurando opor seu poder ao de Cristo, e neutralizar a influência do Espírito Santo. ...

Ele está presente quando os homens se congregam para o culto a Deus. Posto que oculto das vistas, está ele a trabalhar com toda a diligência para dirigir o espírito dos adora- dores. - GC, 518.

O poder e malignidade de Satanás e sua hoste deveriam com razão alarmar-nos, não fosse o caso de podermos encontrar refúgio e livramento no superior poder de nosso Redentor. Fomos cuidadosamente em segurança as nossas casas por meio de ferrolhos e fechaduras, a fim de proteger contra homens maus nossa propriedade e vida; mas raras vezes pensamos nos anjos maus, que constantemente estão a procurar acesso a nós, e contra cujos ataques não temos em nossa própria força método algum de defesa. Se lhes permitirmos, podem transformar-nos o entendimento, perturbar e atormentar-nos o corpo, destruir nossas propriedades e vida. Seu único de- leite está na miséria e ruína. Terrível é a condição dos que resistem às reivindicações divinas, cedendo às tentações de Satanás, até que Deus os abandone ao governo dos espíritos maus. Mas os que seguem a Cristo estão sempre, seguros sob Sua proteção. Anjos magníficos em poder, são enviados do Céu para protegê-los. O maligno não pode romper a guarda que Deus pôs em redor de Seu povo. - GC, 517.

Ano Bíblico: I Crôn. 4-6. - Juvenis- II Reis 2.


Ma - Pag. 129  

Momentosa Luta à Nossa Frente

"Antes importo obedecer a Deus do que aos homens". Atos 5:29.

Uma grande crise aguarda ao povo de Deus. Uma crise aguarda ao mundo. A mais momentosa luta de todos os séculos está justamente à nossa frente. ...

A questão de impor a observância do domingo tornou-se de interesse e importância nacionais.* Bem sabemos qual será o resultado deste movimento. Mas estaremos prontos para o acontecimento? Temo-nos desincumbido fielmente do dever que Deus nos confiou, de dar ao povo a advertência quanto ao perigo que têm pela frente?...

Muitos existem que jamais compreenderam as reivindicações do sábado bíblico e o falso fundamento sobre o qual repousa a instituição do domingo. Qualquer movimento em favor da legislação religiosa é realmente um ato de concessão ao papa- do, que por tantos séculos tem constantemente guerreado contra a liberdade de consciência. A observância do domingo deve sua existência como assim chamada instituição cristã, ao "mistério da iniqüidade"; e sua imposição será o virtual reconhecimento dos princípios que são a pedra angular do romanismo. Quando nossa nação abjurar os princípios de seu governo de tal forma que vote uma lei dominical, nesse próprio ato o protestantismo dará a mão ao papado; isso não será outra coisa senão dar vida à tirania que há muito aguarda ansiosa sua oportunidade de saltar de novo para o despotismo ativo.

se o papado ou seus princípios forem de novo guindados ao poder pela lei, os fogos da perseguição de novo se acenderão contra os que não quiserem sacrificar a consciência e a verdade em deferência a erros populares. Este mal está prestes a realizar-se.

Se Deus nos proporcionou luz que mostra os perigos à nossa frente, como poderemos subsistir perante Ele se negligenciarmos de envidar todos os esforços que pudermos para apresentá-la ao povo? Poderemos contentar-nos com deixá-los a ir ao encontro desse acontecimento momentoso sem os advertir? ...

Quando as leis dos governadores terrestres são postas em oposição às leis do Governador Supremo do Universo, então os que são leais súditos de Deus ser-Lhe-ão fiéis. 2 TS, 320.

* Publicado em 1902.

Ano Bíblico: I Crôn. 7-9. - Juvenis: II Reis 4.


Ma - Pag. 130  

Deturpando as Escrituras

"Nas quais há certas coisas difíceis de entender, que os ignorantes e instáveis deturpam, como também deturpam as demais Escrituras, para a própria destruição seles". II S. Ped. 3:16.

A opinião de que não é de conseqüência alguma o que os homens creiam, é um dos enganos mais bem sucedidos de Satanás. Ele sabe que a verdade, recebida por amor à mesma, santifica a alma de quem a recebe; portanto, está constantemente a procurar substituí-Ia por falsas teorias e fábulas, ou por outro evangelho. ...

As interpretações vagas e imaginosas das Escrituras, as muitas teorias contraditórias concernentes à fé religiosa, as quais se encontram no mundo cristão, são obra de nosso grande adversário para confundir o espírito de tal maneira que não saiba distinguir a verdade. E a discórdia e divisão que há entre as igrejas da cristandade são em grande parte de vidas ao costume que prevalece de torcer as Escrituras, a fim de apoiar uma teoria favorita. Em vez de estudar cuidadosamente a Palavra de Deus com humildade de coração, a fim de obter conhecimento de Sua vontade, muitos procurar apenas descobrir algo singular ou original.

Com o intuito de sustentar doutrinas errôneas ou práticas anticristãs, alguns apanham passagens das Escrituras separadas do contexto, citando talvez a metade de um simples versículo, como prova de seu ponto de vista, quando a parte restante mostraria ser bem contrária o sentido. Com a astúcia da serpente, entrincheiram-se por trás de declarações desconexas, interpretadas de maneira a convir a seus desejos carnais. Muitos assim voluntariamente pervertem a Palavra de Deus. Outros, possuindo ativa imaginação, lançam mão das figuras e símbolos das Escrituras Sagradas, interpretam-nos a seu bel-prazer, tendo em pouca conta o testemunho das Escrituras como seu próprio intérprete, e então apresentam suas fantasias como ensinos da Bíblia.

Quando quer que o estudo das Escrituras se inicie sem espírito de oração, humildade e docilidade, as passagens mais claras e simples, bem como as mais difíceis, serão torcidas do seu verdadeiro sentido. ... A Palavra de Deus é clara a todos os que a estudam com coração devoto. Toda alma verdadeiramente sincera virá à luz da verdade. ... E nenhuma igreja poderá progredir na santificação a menos que seus membros estejam fervorosamente em busca da verdade, como de um tesouro escondido. - GC, 520-522.

Ano Bíblico: I Crôn. 10-12. - Juvenis: II Reis 5


Ma - Pag. 131  

Falsas Teorias Acerca de Deus

"Porquanto, tendo conhecimento de Deus não O glorificaram como Deus, nem Lhe deram graças, antes se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato". Rom. 1:21.

A teoria de que Deus é uma essência que penetra toda a Natureza, é um dos mais subtis artifícios de Satanás. Representa falsamente a Deus e é uma desonra para Sua grandeza e majestade.

As teorias panteístas não são sustentadas pela Palavra de Deus. A luz da Sua verdade mostra que essas doutrinas são agências destruidoras de almas. As trevas são o seu elemento, a sensualidade a sua esfera. Satisfazem o coração natural, e dão licença à inclinação. A separação de Deus é o resultado de sua aceitação. ...

Se Deus é urna essência que penetra toda a Natureza, Ele então habita em todos os homens; e para alcançar a santidade, basta ao homem desenvolver o poder que tem em si mesmo.

Estas teorias, seguidas até sua conclusão lógica, derribam toda a dispensação cristã. Removem a necessidade da expiação e fazem do homem o seu próprio salvador. Essas teorias a respeito de Deus tornam sem efeito a Sua Palavra, e os que as aceitam estão em grande perigo de ser afinal levados a considerar a Bíblia toda como uma obra de ficção. Podem eles considerar a virtude melhor que o vicio; mas, sendo Deus removido de Sua posição de soberania, põem sua confiança no poder humano, o qual, sem Deus, é destituído de valor. A vontade humana, desajudada, não tem real poder para resistir ao mal e vencê-lo. As fortificações da alma acham-se derribadas. O homem não tem barreira que o proteja do pecado. Uma vez rejeitadas as restrições da Palavra de Deus e de Seu Espírito, não sabemos a que profundezas pode cair.

Os que continuarem a manter essas teorias espíritas hão de, sem dúvida, deitar a perder sua experiência cristã, cortar sua ligação com Deus e perder a vida eterna. - Ev., 601 e 602.

Há só um poder capaz de romper no coração dos homens a força do mal, e esse é o poder de Deus em Jesus Cristo. Unicamente pelo sangue do Crucificado pode haver purificação do pecado. - Ev., 601.

Ano Bíblico: I Crôn. 13-16. - Juvenis: II Reis 6.


Ma - Pag. 132  

Os Perigos da Falsa Ciência

"E tu, ó Timóteo, guarda o que te foi confiado, evitando os falatórios inúteis e profanos, e as contradições do saber, como falsamente lhe chamam". I Tim. 6-20.

Havia em Nova Hampshire pessoas ativas em disseminar idéias falsas acerca de Deus. Foi-me revelado que esses homens estavam tornando a verdade de nenhum efeito por suas idéias, algumas das quais conduziam ao amor livre. Mostrou-se-me que esses homens estavam seduzindo almas pela apresentação de teorias especulativas com relação a Deus. . . .

Entre outros pontos de vista, eles afirmavam que os que eram uma vez santificados não podiam mais pecar, e isto apresentavam eles como alimento evangélico. Suas falsas teorias, com o peso da enganosa influência de que eram portadoras, estavam causando grande dano a eles próprios e aos outros.

Estavam exercendo um domínio espiritualista sobre os que não eram capazes de ver o mal dessas teorias belamente revestidas. Grandes males já haviam sobrevindo. A doutrina de que todos eram santos, levara à crença de que as afeições dos santificados não corriam nunca o risco de se extraviar. O resultado desta crença foi a satisfação dos maus desejos de corações que, conquanto professadamente santificados, estavam longe da pureza de pensamento e de prática.

Este é apenas um dos exemplos em que fui chamada a repreender os que apresentavam a doutrina de um Deus impessoal difundido através da Natureza, e a doutrina da carne santa.

,Futuramente, a verdade será falsificada pelos preceitos dos homens. Teorias enganosas serão apresentadas como doutrinas certas. A falsa ciência é um dos instrumentos que Satanás empregou nas cortes celestes, e é por ele usada hoje. ...

Rogo aos que se acham no trabalho de Deus que não aceitem o espúrio pelo genuíno. Temos toda uma Bíblia repleta da mais preciosa verdade. Não necessitamos de suposições ou falsa excitação. No áureo incensário da verdade, segundo é apresentada nos ensinos de Cristo, temos o que convence e converte almas. Apresentai, na simplicidade de Cristo, as verdades que Ele veio ao mundo para proclamar, e far-se-á sentir o poder de vossa mensagem. Não apresenteis teorias ou provas que não têm fundamento bíblico. Ev., 599-601.

Ano Bíblico: I Crôn. 17-20. - Juvenis: II Reis 7.


Ma - Pag. 133  

A Obra-Prima dos Enganos dê Satanás

"As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus; porém as reveladas nos pertencem a nós o a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei". Deut. 29:29.

É a obra-prima dos enganos de Satanás conservar o espírito humano a pesquisar e conjeturar com relação àquilo que Deus não tornou conhecido, e que não é desígnio Seu que compreendamos. Foi assim que Lúcifer perdeu seu lugar no Céu. Tornou-se descontente porque nem todos os segredos dos propósitos de Deus lhe eram confiados, e desatendeu inteiramente àquilo que foi revelado com respeito à sua própria obra na elevada posição a ele designada. Suscitando o mesmo descontentamento nos anjos sob o seu comando, determinou-lhes a queda. Agora procura imbuir a mente dos homens do mesmo espírito, levando-os também a desatender aos diretos preceitos de Deus. - GC, 523.

Muitos aceitam meras teorias e especulações como fatos científicos e julgam que a Palavra de Deus deve ser provada pelos ensinos da "falsamente chamada ciência.". I Tim. 6:20. O Criador e Suas obras estão além de sua compreensão; e, por não poderem explicar isto pelas leis naturais, a história bíblica é considerada indigna de confiança. Os que duvidam da fidedignidade dos relatos do Velho e Novo Testamentos, muito amiúde vão um passo além, pondo em dúvida a existência de Deus e atribuindo à Natureza o poder infinito. ...

Assim muitos se desviam da fé, e são seduzidos pelo diabo. Os homens têm-se esforçado por ser mais sábios do que o seu Criador; a filosofia humana tem tentado devassar e explicar mistérios que jamais serão revelados por todas as eras eternas. Se os homens tão-somente pesquisassem e compreendessem o que Deus tornou conhecido a respeito de Si mesmo e de Seus propósitos, obteriam uma perspectiva tal da glória, majestade e poder de Jeová, que se compenetrariam de sua própria pequenez, contentando-se com aquilo que foi revelado para eles mesmos e seus filhos. - GC, 522 e 523.

Ano Bíblico: I Crôn. 21-24. Juvenis: II Reis 18.


Ma - Pag. 134  

Os Tempos ou Épocas

"Respondeu-lhes: Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou para Sua exclusiva autoridade" Atos 1:7.

Deus pôs sob o Seu próprio domínio os tempos e as estações. E por que nos não concedeu Deus esse conhecimento? Porque se no-lo concedesse, não faríamos dele uso cor- reto. Desse conhecimento resultaria um estado de coisas tal entre nosso povo que retardaria grandemente a obra de Deus na preparação de um povo que subsista no grande dia que está para vir. ... Jesus mandou que o discípulos "vigiassem", mas não para um tempo determinado. Seus seguidores de- vem estar na situação de quem espera as ordens do seu Comandante; devem vigiar, esperar, orar e trabalhar à medida que se aproxima o tempo da vinda do Senhor; mas ninguém poderá predizer justamente quando chegará esse tempo, por- que "daquele dia e hora ninguém sabe". Não podereis dizer que Ele virá daqui a um ano, ou dois, ou cinco anos, nem deveis postergar a Sua vinda com declarar que não se dará antes de dez ou vinte anos. ... Não nos é dado saber o tempo definido, nem do derramamento do Espírito Santo, nem da vinda de Cristo. - Ev., 221.

Foram-me indicados então alguns que estão em grande erro de crer que é seu dever ir à antiga Jerusalém,* entendendo que têm uma obra a fazer ali antes que o Senhor venha. Tal opinião é de molde a afastar a mente e o interesse da presente obra do Senhor, sob a mensagem do terceiro anjo, pois os que pensam que devem não obstante ir a Jerusalém terão suas mentes postas ali, e os seus recursos serão tirados da causa da verdade presente para permitir a eles e outros estar ali. Vi que tal missão não realizaria nenhum bem real, que levaria um bom espaço de tempo para levar alguns judeus a se tornarem crentes mesmo na primeira vinda de Cristo, quanto mais no Seu segundo advento.... Vi também que a velha Jerusalém jamais seria reconstruída, e que Satanás estava fazendo o máximo para levar as mentes dos filhos do Senhor para essas coisas agora, no tempo do ajuntamento, impedindo-os de dedicar todo o seu interesse à presente obra do Senhor. levando-os assim negligenciarem a necessária preparação para o dia do Senhor. - PE, 75 e 76.

*Escrito no começo da década de 1850, quando os defensores do "era por vir" ensinavam que a velha Jerusalém seria reconstruída como centro de testemunha cristão, cumprindo cortas profecias do Velho Testamento.

Ano Bíblico: I Crôn. 25-27. Juvenis: II Reis 19.


Ma - Pag. 135  

"Assim Como foi nos Dias de Noé"

"Assim como foi, nos dias de Noé, será também nos dias do Filho do homem". S. Luc. 17-26.

Foi-me mostrado que existe em nosso mundo um terrível estado de coisas. O anjo da misericórdia está dobrando as asas, prestes a partir. ...

A lei de Deus é invalidada. Vemos e ouvimos de confusão e perplexidade, privação e fome, terremotos e inundações; terríveis atrocidades serão cometidas por homens; "a paixão, não a razão, exerce o domínio. A ira de Deus incide sobre os habitantes do mundo, que rapidamente se estão tornando tão corruptos como eram os habitantes de Sodoma e Gomorra. Incêndios e inundações já estão destruindo milhares de vidas e as propriedades que têm sido acumuladas egoisticamente pela opressão dos pobres. O Senhor logo abreviará a Sua obra e porá fim ao pecado. Oh! que as cenas que me foram apresentadas das iniqüidades praticadas nestes últimos dias, possam causar profunda impressão na mente do professo povo de Deus!

Assim como foi nos dias de Noé, será também quando Se manifestar o Filho do homem. O Senhor esta removendo Suas restrições da Terra, e logo haverá morte e destruição, aumento de crime, e cruéis e perversas maquinações contra os ricos que se exaltaram em detrimento dos pobres. Os que estão sem a proteção de Deus não encontrarão segurança em nenhum lugar ou posição. Agentes humanos estão sendo adestrados, e estão usando sua capacidade inventiva para pôr em operação os mais poderosos artefatos para ferir e matar.

Meus irmãos e irmãs..., faço um apelo para vós. ... A vida de muitos é demasiado delicada e afetada. Nada sabem a respeito de sofrer aflições como bons soldados de Cristo. São empecilhos à obra de salvar almas. ... Pensam que são cristãos, mas não sabem o que significa a vida cristã prática. Que significa ser cristão? Significa ser semelhante a Cristo. ...

Cooperai com Deus trabalhando em harmonia com Ele. Expeli do templo da alma tudo o que assume a forma de um ídolo. Agora é o tempo de Deus, e Seu tempo é vosso tempo. Combatei o bom combate da fé, recusando pensar ou falar em incredulidade. O mundo tem de ouvir a última mensagem de advertência. - 8T, 49, 50, 52 e 53.

Ano Bíblico: I Crôn. 28 e 29. Juvenis: II Reis 20.


Ma - Pag. 136  

Grande Terror Prestes a Ocorrer

"Porque nos tornamos espetáculo ao mundo, tanto a anjos, como a homens". I Cor. 4:9.

O mundo é um teatro; os atores, seus habitantes, estão-se preparando para desempenhar sua parte no último grande drama. Entre as grandes massas da humanidade não há união, a não ser quando os homens se alam para realizar seus propósitos egoístas. Deus está observando. Seus propósitos a respeito de Seus súditos rebeldes se cumprirão. O mundo não foi entregue às mãos dos homens, embora Deus esteja permitindo que os elementos de confusão e desordem dominem por algum tempo. Uni poder de baixo está operando para desenvolver as últimas grandes cenas do drama Satanás apresentando-se como Cristo e operando com todo o engano da injustiça naqueles que se estão unindo em sociedades secretas. Os que estão cedendo à paixão por confederar-se, estão executando os planos do inimigo. A causa será seguida pelo efeito.

A transgressão quase atingiu o seu limite. A confusão enche o mundo, e um grande terror há de sobrevir em breve aos seres humanos. O fim está muito próximo. Nós que conhecemos a verdade devemos estar-nos preparando para o que em breve há de desencadear-se sobre o mundo como uma esmagadora surpresa. ...

Estamos nós, como um povo, dormindo? Quem dera pudessem os moços e as moças de nossas instituições, os quais se acham agora desprevenidos para o aparecimento do Senhor, inabilitados para tornar-se membros da família do Senhor, pudessem eles tão-somente discernir os sinais dos tempos, e que mudança se haveria de ver neles! O Senhor Jesus está convidando obreiros abnegados a seguirem Suas pisadas, a andarem e trabalharem por Ele, a erguerem a cruz e seguirem aonde Ele guiar.

Muitos se satisfazem prontamente com oferecer ao Senhor insignificantes atos de serviço. Seu cristianismo é débil. Cristo entregou-Se pelos pecadores. De que ansiedade pela salvação de almas deveríamos nós encher-nos quando vemos seres humanos perecendo em pecados! Estas alma, foram compradas por preço infinito. A morte do Filho de Deus na cruz do Calvário é a medida de seu valor. Dia a dia estão decidindo se hão de ter vida eterna ou eterna morte. - ST, 27-29.

Ano Bíblico: II Crôn. 1- 4. - Juvenis: II Reis 22.


Ma - Pag. 137  

Os Jovens e a Síndrome dos Tóxicos

"Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá conta". Ecles. 11:9.

Satanás foi o primeiro rebelde no Universo, e sempre, desde sua expulsão do Céu, tem estado em busca de tomar todo membro da família humana apóstata de Deus, assim como ele próprio. Ele fez seus planos para arruinar o homem, e mediante ilícita satisfação do apetite, levou-o a transgredir os mandamentos de Deus. Tentou Adão e Eva a participarem do fruto proibido, efetuando-lhes assim a queda, e sua expulsão do Éden. Quantos dizem: "Se eu estivesse no lugar de Adão, nunca haveria transgredido numa prova tão simples". Vós, que assim vos jactais, porém, tendes grande oportunidade de mostrar vossa força de propósitos, vossa fidelidade aos princípios sob prova. Não vê Deus nenhum pecado em vossa vida? ...

Por todo lado, busca Satanás seduzir os jovens para a vereda da perdição, e, se consegue uma vez levar-lhes os pés para esse caminho, incita-os avante em sua carreira descendente, levando-os de uma à outra dissipação, até que suas vitimas perdem a sensibilidade de consciência, não mais tendo diante dos olhos o tempo de Deus. Exercem cada vez menos domínio-próprio. Ficam habituados ao uso do vinho e do álcool, do fumo e do ópio, e vão de um a outro estágio de aviltamento. São escravos do apetite. O conselho que uma vez respeitavam, aprendem a desprezar. Tomam uma atitude jactanciosa, e gabam-se de liberdade quando se acham servos da corrupção. Têm por liberdade o serem escravos do apetite e da licenciosidade egoístas e baixos. ...

Satanás está decidido a ter sob sua sujeição a raça humana, mas Cristo pagou preço infinito para que o homem seja redimido do inimigo, e para que a imagem moral de Deus seja restaurada na raça caída. ...

Homens caldos podem, por meio de Cristo, encontrar acesso ao Pai, podem ter graça para habilitá-los a ser vencedores mediante os méritos do Salvador crucificado e ressuscitado. - Te. 1 273 e 274.

Ano Bíblico: II Crôn. 5-7. - Juvenis: II Reis 23:36 e 37; 24


Ma - Pag. 138  

Demonstrações Externas do Poder Pagão

"Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres, segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos". II Tim. 4:3.

Os homens estão rapidamente se arregimentando sob a bandeira que preferiram, aguardando incansavelmente e vigiando os movimentos de seus dirigentes. Há os que vigiam, aguar- dam e trabalham para o aparecimento de nosso Senhor; ao passo que outra parte está rapidamente se arregimentando sob o comando do primeiro grande apóstata. Procuram um Deus na humanidade, e Satanás personifica o que eles buscam. Multidões serão enganadas pela rejeição da verdade, e aceitarão o falso. A humanidade é aclamada como Deus. - A Fé Pela Qual Eu Vivo, p. 322.

Ao nos aproximarmos do fim do tempo, haverá maiores e sempre maiores demonstrações externas do poder pagão; deuses pagãos revelarão seu assinalado poder e se exibirão diante das cidades do mundo. E este plano já começa a cumprir-se. Por uma variedade de imagens representou o Senhor Jesus a João o caráter ímpio e a influência sedutora dos que se têm distinguido por sua perseguição ao povo de Deus. Todos carecem de sabedoria para pesquisar cuidadosamente o mistério da iniqüidade que aparece tanto na finalização da história da Terra. ... No próprio tempo em que vivemos o Senhor chamou Seu povo e encarregou-o de proclamar uma mensagem. Chamou-o para expor a maldade do homem do pecado que fez da lei dominical um poder distintivo, que tem cuidado em mudar os tempos e a lei e em oprimir o povo de Deus que permanece firme para honrá-Lo pela observância do único sábado verdadeiro, o sábado da criação, como sendo santo ao Senhor.

Os perigos dos últimos dias estão sobre nós, e por nosso trabalho devemos advertir o povo do perigo em que está. Não deixeis que as cenas solenes que a profecia tem revelado se- iam deixadas por tocar. Se nosso povo estivesse meio desperto, se reconhecesse a proximidade dos acontecimentos descritos no Apocalipse, operar-se-ia uma reforma em nossas igrejas. e muitos mais creriam a mensagem. Não temos tempo a perder; Deus apela para que vigiemos pelas almas como aqueles que devem dar contas. - TM, 117 e 118.

Ano Bíblico: II Crôn. 8 e 9. - Juvenis: II Reis 25.


Ma - Pag. 139  

Bulício nas Cidades

"Alas os homens perversos e impostores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados". II Tim. 3-13.

Não era desígnio de Deus que Seu povo se aglomerasse nas cidades, amontoados em terraços e cortiços. No princípio Ele colocou nossos primeiros pais num jardim, em meio das belas cenas e dos atraentes sons da Natureza, e deseja que os homens se deleitem hoje em dia com estas cenas e sons. - 7 T, 87.

Foi-me revelado que as cidades se encherão de confusão, violência e crime, e que estas coisas aumentarão até ao fim da história da Terra. - 3TS, 115.

É tempo de nosso povo tirar suas famílias das cidades, levando-as para localidades mais retiradas; do contrário muitos dos jovens e também muitos de mais idade serão enredados e apanhados pelo inimigo. - ST, 101.

"Saí das cidades, saí das cidades!" - esta é a mensagem do Senhor que me foi dada". - VC, 35.

O bulício e a confusão que enchem essas cidades, as condições que nelas criam as uniões trabalhistas e as greves, tornar-se-ão grande desvantagem para a nossa obra. Buscam os homens conseguir que os elementos empenhados em diferentes profissões se filiem a certas uniões. Esse não é o plano de Deus, mas dum poder que não devemos jamais reconhecer. A Palavra de Deus se está cumprindo; estão-se os ímpios ajuntando em molhos, prontos para serem queimados.

Devemos empregar agora toda a capacidade que nos foi confiada, no sentido de transmitir para o mundo a grande mensagem de advertência. Nesta obra, cumpre-nos preservar a nossa individualidade. Não nos devemos associar a sociedades secretas nem a uniões trabalhistas. Devemos permanecer livres perante Deus, à espera constante de instruções de Cristo. - 3 TS, 115.

As cidades ímpias do nosso mundo serão varridas pela vassoura da destruição. Nas calamidades que agora atingem edifícios imensos e grandes distritos das cidades, Deus nos está mostrando o que irá acontecer em toda a Terra. Ele nos disse: "Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão; igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que Ele [Cristo em Sua vinda] está próximo, às portas". S. Mat. 24:32 e 33. - 3TS, 115.

Ano Bíblico: II Crôn. 10:13 - Juvenis: II Crôn. 36.


Ma - Pag. 140  

Aumenta o Preconceito

"Irmãos, "ao vos maravilheis, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos; aquele que não ama permanece na morte". I S. João 3:13 e 14.

Quem se acha intimamente ligado a Cristo é elevado acima do preconceito de cor ou casta. Sua fé apodera-se das realidades eternas. O divino Autor da verdade deve ser enaltecido. Nosso coração deve encher-se da fé que opera por amor e purifica a alma. A obra do bom samaritano é o exemplo que devemos seguir. - 9T, 209.

Será impossível ajustar todas as questões concernentes ao problema da cor de conformidade com a ordem do Senhor enquanto os que crêem na verdade não estiverem tão intimamente unidos com Cristo que se tornem um com Ele. Tanto os membros brancos como os de cor, de nossas igrejas, precisam converter-se. Há alguns de ambas as classes que são desarrazoados, e quando é debatida a questão da cor, eles manifestam traços de caráter não santificados e não convertidos. Elementos de disputa são facilmente suscitados naqueles que, não tendo jamais aprendido a levar o jugo de Cristo, são opiniosos e obstinados. Em tais pessoas, o próprio eu clama pela supremacia com determinação não santificada". - Carta 105, 1904.

A medida que o tempo avança e aumentam os preconceitos raciais, tornar-se-á quase impossível, em muitos lugares, que os obreiros brancos labutem em favor das pessoas de cor. As vezes os brancos que não têm simpatia por nossa obra se unirão com pessoas de cor para combatê-la, alegando que nosso ensino é uma tentativa para dissolver igrejas e causar perturbações no tocante à questão do sábado. Pastores brancos e pastores de cor farão falsas declarações, despertando na mente das pessoas tal sentimento de antagonismo que estarão dispostos a destruir e matar.

Os poderes do inferno estão trabalhando com toda a sua perspicácia para impedir a proclamação da última mensagem de misericórdia entre as pessoas de cor. Satanás está labutando para tornar sumamente difícil que ministros e professores evangélicos passem por alto o preconceito existente entre os brancos e as pessoas de cor. ...

Não façamos coisa alguma que, desnecessariamente, suscite oposição - coisa alguma que impeça a proclamação da mensagem do evangelho. -9T, 207 e 208.

Ano Bíblico: II Crôn. 14-16. - Juvenis: Esdras 1.


Ma - Pag. 141  

A Paixão Pela Nudez

"Eu, porém, vos digo. Qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração já adulterou com ela". S. Mat. 5.28.

Muitos dentre os jovens são ávidos de livros. Lêem tudo que podem obter. As excitantes histórias de amor e os quadros impuros exercem uma influência Corruptora. As novelas são lidas por muitos com avidez e, em resultado, sua imaginação se torna corrompida. Nos carros, freqüentemente circulam fotografias para a venda, de mulheres em estado de nudez. Esses quadros repugnantes... pendem também das paredes dos que trabalham com gravações em relevo. ... A concupiscência dos olhos e as paixões corruptoras despertam-se pela contemplação e pela leitura. o coração é corrompido pela imaginação. O espírito se compraz em contemplar cenas que despertam as mais baixas e vis paixões. Essas desprezíveis imagens, através de uma imaginação deturpada, corrompem a moral e preparam as criaturas enganadas e apaixonadas para darem rédeas soltas às paixões voluptuosas. Então se seguem pecados e crimes que arrastam os seres formados à imagem de Deus ao baixo nível dos animais, mergulhando-os afinal na perdição. Abstende-vos de ler e ver coisas que inspirem pensa- mentos impuros. Cultivai as faculdades morais e intelectuais. Não permitais que essas nobres faculdades sejam debilitadas e pervertidas pela leitura excessiva, mesmo de livros de histórias. -2T, 410.

É impossível que os jovens possuam salutar tonicidade mental e corretos princípios religiosos, a não ser que apreciem o manuseio da Palavra de Deus. Este Livro contém a mais interessante história, indica o caminho da salvação por meio de Cristo, e é o seu guia para uma vida mais elevada e superior. Todos declarariam ser ele o livro mais interessante que já manusearam, se a sua imaginação não se houvesse pervertido por excitantes histórias de índole fictícia. Vós que esperais que vosso Senhor venha pela segunda vez para transformar vosso corpo mortal, e para moldá-lo à semelhança de Seu corpo mui glorioso, deveis colocar-vos sobre uni plano de ação mais elevado. Deveis trabalhar de um ponto de vista mais elevado do que tendes feito até agora, do contrário não fareis parte daquela multidão que receberá o to- que final da imortalidade. 2T, 410 e 411.

Ano Bíblico: II Crôn. 17-20. Juvenis: Esdras 3.


Ma - Pag. 142  

Os Pregoeiros de Paz

"Vinde, dizem eles, trarei vinho, e nos encharcaremos de bebida forte; o dia de amanhã será como este, e ainda maior e mais famoso". Isa. 56:12.

O mau servo diz em seu coração: "O meu Senhor tarde virá". Não diz que Cristo não virá. Não zomba da idéia de Sua segunda vinda. Mas, em seu coração e por suas ações e palavras declara que a vinda do Senhor demora. Afasta da mente dos outros a convicção de que o Senhor presto virá. Sua influência leva os homens a uma presunçosa, negligente de- mora. São confirmados em sua mundanidade e torpor. Paixões terrestres, pensamentos corruptos tomam posse da mente. O mau servo come e bebe com os temulentos, une-se com o mundo na busca do prazer. Espanca seus conservas, acusando e condenando aqueles que são fiéis a seu Mestre.

O advento de Cristo surpreenderá os falsos mestres. Eles estão dizendo: "Paz e segurança". Como os sacerdotes e mestres antes da queda de Jerusalém, assim esperam eles que a igreja goze de prosperidade e glória terrenas. Os sinais dos tempos, eles interpretam como prognóstico dessas coisas. Mas, que diz a Palavra inspirada? - "Então lhes sobrevirá repentina destruição". ...

Os homens estão dilatando a vinda do Senhor. Riem das advertências. Ouve-se a soberba jactância: "Todas as coisas continuam como desde o princípio da criação". "O dia de amanhã será como este, e ainda maior e mais famoso". II S. Ped. 3:4; Isa. 56:12. Aprofundar-nos-emos no amor do prazer. Mas Cristo diz: "Eis que venho como ladrão". Apoc. 16:15. Ao mesmo tempo que o mundo está perguntando zombeteiramente: "Onde está a promessa da Sua vinda?" estão-se cumprindo os sinais. Enquanto eles gritam: "Paz e segurança", aproxima-se repentina destruição. Quando o escarnece- dor, o rejeitador da verdade, se tem tornado presunçoso; quando a rotina do trabalho nos vários ramos de ganhar dinheiro é prosseguida sem consideração para com os princípios; quando o estudante está ansiosamente buscando o conhecimento de tudo menos a Bíblia, Cristo vem como ladrão. - A Fé Pela Qual Eu Vivo, p. 342.

Ano Bíblico- II Crôn. 21-23. - Juvenis: Esd. 4.


Ma - Pag. 143  

Imagens, Sons e Criminalidade

"Não porei coisa injusta diante dos meus olhos; aborreço o proceder dos que se desviam; nada disto se me pegará. Longe de mim o coração perverso; não quero conhecer o mal. Sal. 101:3 e 4.

Há razão para profunda solicitude de vossa parte por vossos filhos, os quais estão em face da tentação a cada passo. É-lhes impossível evitar o contato com más associações. ... Contemplarão imagens e ouvirão sons, e estarão sujeitos a influências desmoralizantes que, a menos que delas se guardem inteiramente, imperceptível mas seguramente lhes cor- romperão o coração e deformarão o caráter. ...

Alguns pais e mães são tão indiferentes, tão descuidados, que acham que não faz diferença se seus filhos freqüentam a escola paroquial ou a escola pública. "Estamos no mundo", dizem, "e não podemos dele sair". Mas, pais, podemos encontrar uma boa saída do mundo, se o escolhermos. Podemos evitar ver muito dos males que se multiplicam tão depressa nos últimos dias. Podemos evitar ouvir muito das impiedades e crimes que existem. ...

Para a viva imaginação das crianças e jovens, as cenas descritas em imaginárias revelações do futuro são realidades. Ao serem preditas revoluções e descrita toda sorte de acontecimentos que derribam as barreiras da lei e da restrição ao próprio eu, muitos se possuem do espírito dessas imaginações. São levados à prática de e rimes ainda piores, se possível, que os descritos por esses escritores sensacionalistas. Mediante influências assim está a sociedade se desmoralizando. As sementes da anarquia são amplamente difundidas. Ninguém se maravilhe se a colheita de crimes é o fruto. ...

Dizei firmemente: "Não despenderei preciosos momentos em ler o que não será de nenhum proveito para mim, e que apenas me incapacita para ser de utilidade a outros. Devo- tarei meu tempo e meus pensamentos a adquirir capacidade para o serviço de Deus. Fecharei meus olhos a coisas fúteis e pecaminosas. Meus ouvidos são do Senhor, e não ouvirei as sutis razões do inimigo. Minha voz não estará de maneira alguma sujeita a uma vontade que não esteja sob a influência do Espírito de Deus. Meu corpo é o templo do Espírito Santo, e toda faculdade do meu ser será consagrada a. objetivos dignos". - LA, 406, 407 e 409.

Ano Bíblico: II Crôn. 24 e 25. - Juvenis: Esd. 5.


Ma - Pag. 144  

Espiritismo e Revolução

"A isto ele respondeu: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças o de todo o teu entendimento; e amarás o teu próximo como a ti mesmo". S. Luc. 10:27.

Quando o jovem sai ao mundo, para encontrar suas seduções ao pecado - a paixão de ganhar dinheiro, a paixão dos divertimentos e contemporizações, da ostentação, do luxo, extravagância, engano, fraude, rouba e ruína - que ensinos encontrará ali? O espiritismo afirma que os homens são semideuses, não decaídos; que "cada mente julgará a si mesma"; que "o verdadeiro conhecimento coloca os homens acima de toda lei; que "todos os pecados cometidos são inocentes", pois "o que quer que seja, está direito" e a Deus não condena. Representa os mais vis dos seres humanos como estando no Céu, e grandemente exaltados ali. Assim, declara ele a todos os homens: "Não importa o que façais; vivei como vos aprouver, o Céu é vosso lar". Multidões são levadas assim a crer que o desejo é a lei mais elevada, a libertinagem é liberdade, e que o homem é apenas responsável a si mesmo.

Com tal ensino dado logo ao princípio da vida, quando os impulsos são os mais fortes e mais urgente a necessidade de restrição própria e pureza, onde está a salvaguarda da virtude? O que deverá impedir que o mundo se torne unia segunda Sodoma?

Ao mesmo tempo a anarquia procura varrer todas as leis, não somente as divinas, mas também as humanas. A centralização da riqueza e poder; vastas coligações para enriquecerem os poucos que nelas tomam parte, a expensas de muitos; as combinações entre as classes pobres para a defesa de seus interesses e reclamos, o espírito de desassossego, tumulto e matança; a disseminação mundial dos mesmos ensinos que ocasionaram a Revolução Francesa - tudo propende a envolver o mundo inteiro em uma luta semelhante àquela que convulsionou a França. ...

Em cada geração e país, o verdadeiro fundamento e modelo para a formação do caráter tem sido o mesmo. A lei divina: "Amarás o Senhor teu Deus de toca todo teu coração, ... e o teu próximo como a ti mesmo" (S. Luc. 10:27) - grande princípio este manifesto no caráter e vida de nosso Salvador - é o único fundamento certo e o único guia seguro. - Ed., 227-229.

Ano Bíblico- II Crôn 26-28. - Juvenis: Esd. 6.


Ma - Pag. 145  

Acautelai-vos das Provas Produzidas Pelos Homens

"Acautelai-vos ... dos maus obreiros! acautelai-vos da falsa circuncisão! Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne". Filip. 3:2 e 3.

Há os que necessitam do toque do Espírito divino no coração. Então a mensagem para este tempo lhes será a preocupação. Eles não procurarão provas humanas, coisa nenhuma nova nem estranha. O sábado do quarto mandamento é a prova para este tempo. - Ev., 213.

O mandamento de Deus, que foi quase universalmente in- validado, é a probante verdade para este tempo. ... Tempo virá em que todos quantos adoram a Deus serão distingui- dos por este sinal. Serão conhecidos como servos de Deus, por este sinal de fidelidade ao Céu. Mas todas as provas produzidas pelo homem distrairão a mente das grandes e importantes doutrinas que constituem a verdade presente.

O desejo e plano de Satanás é introduzir entre nós as pessoas que vão a grandes extremos; pessoas de mente estreita, criticas e incisivas, e muito tenazes em sustentar seu próprios conceitos sobre o que é a verdade. Serão muito exigentes e buscarão impor deveres rigorosos, exagerando mui- tos assuntos de somenos importância, ao passo que descuidam matéria de mais peso da lei - o juízo, a misericórdia e o amor de Deus. Pela obra de umas poucas pessoas dessa espécie, toda comunidade dos observadores do sábado será taxada de intolerante, farisaica e fanática. ...

Deus tem uma obra especial para os homens experimenta- dos fazerem. Terão eles que proteger a causa de Deus. Têm que cuidar de que a obra de Deus não seja confiada a homens que creiam ter o privilégio de proceder segundo o seu próprio juízo independente, para pregar o que bem lhes aprouver, não ficando responsáveis perante ninguém pelas instruções que ministram nem pelo trabalho que realizam. Se este espírito de pretensão chegar a dominar em nosso meio, não haverá harmonia de ação, nem unidade de espirito, nem segurança para a obra, nem haverá cresci- mento salutar na causa. ... Cristo orou para que Seus seguidores fossem um, como Ele era um com o Pai. Os que de sejam ver atendida esta oração, devem tratar de desviar a mais leve tendência de desunião, e buscar manter entre os irmãos o espírito de união e amor. - Ev., 212 e 213.

Ano Bíblico: II Crôn. 29-31. - Juvenis: Esd. 7.


Ma - Pag. 146  

As Curas Podem ser do Diabo

"Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar". I S. Ped. 5:8.

As falácias de Satanás estão se multiplicando agora e os que se apartam da senda da verdade perderão o seu apoio. Não tendo nada em que ancorar, flutuarão de um engano para outro, impelidos de um para outro lado pelos ventos de doutrinas estranhas. Satanás desceu com grande poder. Muitos serão enganados por seus milagres. - Ev., 362.

Acho-me instruída a dizer que no futuro será necessária grande vigilância. Importa que não haja nenhuma obtusidade espiritual entre o povo de Deus. Espíritos maus acham se ativamente empenhados em buscar controlar a mente de seres humanos. Os homens estão-se atando em molhos, prontos a serem consumidos no fogo dos últimos dias. Os que rejeitam a Cristo e Sua justiça aceitarão o sofisma que está inundando o mundo. Os cristãos devem ser sóbrios e vigilantes, resistindo com firmeza ao adversário, o diabo, que anda em derredor bramando como leão, buscando a quem possa tragar. Homens, sob a influência de espíritos maus, operarão milagres. ...

Não precisamos ser enganados. Cenas assombrosas, com as quais Satanás estará intimamente ligado, terão lugar em breve. A Palavra de Deus declara que Satanás operará milagres. Fará com que as pessoas fiquem doentes, e depois, de repente removerá delas seu poder satânico. Serão consideradas então como curadas. Essas obras de cura aparente levarão os adventistas do sétimo dia à prova . . . .

Se aqueles por quem são realizadas curas, acham-se dispostos, por causa dessas manifestações, a desculpar sua negligência da lei de Deus, e continuam em desobediência, embora tenham à disposição poder ilimitado, não se segue que possuam o grande poder de Deus. Ao contrário, é o poder operador de milagres do grande enganador. Ele é transgressor da lei moral, e emprega todo ardil que possa manejar para cegar os homens ao seu verdadeiro caráter. Somos advertidos de que nos últimos dias ele trabalhará com sinais e prodígios de mentira. E continuará esses prodígios até ao fim da graça, para que os possa indicar como prova de que ele é um anjo de luz e não de trevas. - Reavivamento e Seus Resultados, pp. 48 e 49.

Ano Bíblico: II Crôn. 32 e 33. Juvenis. Esd. 8.


Ma - Pag. 147  

Terra Violenta

"Vi quando o Cordeiro abria o sexto seio, o sobreveio grande terremoto". Apoc. 6:12.

A profecia não somente prediz a maneira e o objetivo da vinda de Cristo, mas apresenta sinais pelos quais os homens podem saber quando a mesma está próxima. ...

o profeta do Apocalipse assim descreve o primeiro dos sinais que precedem o segundo advento: "Houve um grande tremor de terra; e o Sol tornou-se negro como saco de cilício, e a Lua tornou-se como sangue". Apoc. 6:12.

Estes sinais foram testemunhados antes do início do século. Em cumprimento desta profecia ocorreu no ano 1755 o mais terrível terremoto que já se registou. Posto que geralmente conhecido por terremoto de Lisboa, estendeu-se pela maior parte da Europa, África e América. Foi sentido na Groenlândia, nas índias Ocidentais, na ilha da Madeira, na Noruega e Suécia, Grã-Bretanha e Irlanda. Abrangeu uma extensão de mais de dez milhões de quilômetros quadrados. Na África, o choque foi quase tão violento como na Europa. Grande parte da Argélia foi destruída; e, a pequena distância de Marrocos, foi tragada uma aldeia de oito ou dez mil habitantes. Uma vasta onda varreu a costa da Espanha e da África, submergindo cidades, e causando grande destruição.

Foi na Espanha e Portugal que o choque atingiu a maior violência. Diz-se que em Cadiz a ressaca alcançou a altura de vinte metros. ... "O terremoto ocorreu num dia santo, que as igrejas e conventos estavam repletos de gente, muito pouca da qual escapou".... Calculou-se que noventa mil pessoas perderam a vida naquele dia fatal. - GC, 302-304. Quão freqüentemente ouvimos de terremotos e furacões, de destruição pelo fogo e inundações, com grandes perdas de vidas e propriedades! Aparentemente essas calamidades são caprichosos desencadeamentos de forças da Natureza, desorganizadas e desgovernadas, inteiramente fora do controle do homem; mas em todas elas pode ler-se o propósito de Deus. Elas estão entre os instrumentos pelos quais Ele busca despertar a homens e mulheres para que sintam o perigo. PR, 277.

Ano Bíblico- II Crôn. 34-36. - Juvenis- Neem. 1.


Ma - Pag. 148  

Sinais nos Céus

"O sol se converterá em trevas, a e lua em sangue, antes que venha o terrível dia do Senhor." Joel 2:31.

Na palestra do Salvador com Seus discípulos, no monte das Oliveiras, depois de descrever o longo período de provação da igreja - os 1260 anos da perseguição papal, relativamente aos quais prometera Ele ser abreviada a tribulação mencionou Jesus certos acontecimentos que precederiam Sua vinda, e fixou o tempo em que o primeiro destes deveria ser testemunhado: "Naqueles dias, depois daquela aflição, o Sol se escurecerá, e a Lua não dará a sua luz". S. Mar: 13:24. Os 1260 dias, ou anos, terminaram em 1798. Um quarto de século antes, a perseguição tinha cessado quase integramente. Em seguida a esta perseguição, segundo as palavras de Cristo, o Sol deveria escurecer-se. A 19 de maio de 1780 cumpriu-se esta profecia.

"Único ou quase único em sua espécie pelo misterioso e até agora inexplicado fenômeno que nele se verificou ... foi o dia escuro de 19 de maio de 1780 - de inexplicável escuridão que cobriu todo o céu e atmosfera visíveis em Nova Inglaterra". ...

Seguiu-se às intensas trevas daquele dia, uma ou duas horas, antes da noite, um céu parcialmente claro, e apareceu o Sal, posto que ainda obscurecido por negro e pesado nevoeiro. "Depois do pôr do Sol, as nuvens novamente subiram, e escureceu muito rapidamente". "Tampouco foram as trevas da noite menos incomuns e aterrorizadoras do que as do dia; não obstante haver quase Lua cheia, nenhum objeto se distinguia a não ser com o auxílio de alguma luz artificial. ..."

A descrição deste acontecimento, como a dá uma testemunha ocular, não é senão um eco das palavras do Senhor, registradas pelo profeta Joel, dois mil e quinhentos anos antes de seu cumprimento: "O Sol se converterá em trevas, e a Lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor". Joel 2:31.

Cristo ordenara a Seu povo que atendesse aos sinais de Seu advento e se regozijasse ao contemplar os indícios de seu vindouro Rei. - GC, 304-307.

Ano Bíblico: Esd. 1-3. - Juvenis: Neem. 2.


Ma - Pag. 149  

A Queda das Estrelas

"As estrelas cairão do firmamento e os poderes dos céus serão abalados". S. Mat. 24-29.

Em 1833, ... apareceu o último dos sinais que foram prometidos pelo Salvador como indícios de Seu segundo advento. Disse Jesus: "As estrelas cairão do céu". S. Mat. 24:29. E S. João, no Apocalipse, declarou, ao contemplar em visão as cenas que deveriam anunciar o dia de Deus: "E as estrelas do céu caíram sobre a Terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte". Apoc. 6:13. Esta profecia teve cumprimento surpreendente e impressionante na grande chuva meteórica de 13 de novembro de 1833. Aquela foi a mais extensa e maravilhosa exibição de estrelas cadentes que já se tem registado, "achando-se então o firmamento inteiro, sobre todos os Estados Unidos, durante horas, em faiscante comoção! Neste país, desde que começou a ser colonizado, nenhum fenômeno celeste já ocorreu que fosse visto com tão intensa admiração por uns ou com tanto terror e alarma por outros". "Sua sublimidade e terrível beleza ainda perdura em muitos espíritos. ... Raras vezes caiu chuva mais densa do que caíram os meteoros em direção à Terra; Leste, Oeste, Norte e Sul, tudo era o mesmo. Em uma palavra, o céu inteiro parecia em movimento. ... O espetáculo, como o descreveu o diário do professor Silliman, foi visto por toda a América do Norte. ... Desde as duas horas até pleno dia, ... um contínuo jogo de luzes deslusbrantemente fulgurantes se manteve em todo o firmamento". ... Assim se mostrou o último dos sinais de Sua vinda, relativa- mente aos quais Jesus declarou a Seus discípulos: "Quando virdes todas estas coisas, sabei que está próximo, às portas". S. Mat. 24:33. Depois destes sinais S. João contemplou, contemplou como o grande acontecimento a seguir imediatamente, o céu retirando-se como pergaminho que se enrola, enquanto a Terra tremia, montanhas e ilhas se removiam dos lugares, e os ímpios procuravam, aterrorizados, fugir da presença do Filho do homem. (Apoc. 6:12-17) . - GC, 332 e 333.

Mas o dia e a hora de Sua vinda não foram revelados.... O tempo exato da segunda vinda do Filho do homem é mistério de Deus. - A Fé Pela Qual Eu Vivo, p. 344.

Ano Bíblico: Esd. 4-6. - Juvenis: Neem. 4.


Ma - Pag. 150  

O Império Otomano na Profecia

"Solta os quatro anjos que se encontram atados junto ao grande rio Eufrates. Foram, então, soltos os quatro anjos que se achavam preparados para a hora, o dia, o mês e o ano, para que matassem a terça parte dos homens". Apoc. 9:14 e 15.

A história das nações que, uma após outra, têm ocupado seus destinados tempos e lugares, testemunhando inconscientemente da verdade da qual elas próprias desconheciam o sentido, fala a nós. A cada nação, a cada indivíduo de hoje, tem Deus designado um lugar no Seu grande plano. Homens e nações estão sendo hoje medidos pelo prumo que se acha na mão daquele que não comete erro. Todos estão pela sua própria escolha decidindo o seu destino, e Deus está governando acima de tudo para o cumprimento de Seu propósito....

Tudo que a profecia predisse como devendo acontecer, até à presente época, tem-se traçado nas páginas da História, e podemos estar certos de que tudo que ainda deve vir se cumprirá em sua ordem. - Ed., 178.

No ano 1840 outro notável cumprimento de profecia despertou geral interesse. Dois anos antes, Josias Litch, um dos principais ministros que pregavam o segundo advento, publicou uma explicação de Apocalipse 9, predizendo a queda do Império Otomano. Segundo seus cálculos esta potência de- veria ser subvertida "no ano de 1840, no mês de agosto"; e poucos dias apenas antes de seu cumprimento escreveu: "Admitindo que o primeiro período, 150 anos, se cumpriu exata- mente antes que Deacozes subisse ao trono com permissão dos turcos, e que os 391 anos, quinze dias, começaram no final do primeiro período, terminará no dia 11 de agosto de 1340, quando se pode esperar seja abatido o poderio otomano em Constantinopla. E isto, creio eu, verificar-se-á ser o caso"....

No mesmo tempo especificado, a Turquia, por intermédio de seus embaixadores, aceitou a proteção das potências alia- das da Europa, e assim se pôs sob a direção de nações cristãs. O acontecimento cumpriu exatamente a predição. ...

Maravilhoso impulso foi dado ao Movimento do Advento. GC, 334.

Ano Bíblico- Esd. 7-10. Juvenis: Neem. 5.


Ma - Pag. 151  

Baixo Estado da Moral

"Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas, ou cobiça, nem sequer se nomeie entre vós, como convém a santos". Efés. 5:3.

Há uma alarmante vulgaridade na conversação dos dias atuais, o que demonstra o baixo estado dos pensamentos e da moral. A verdadeira dignidade de caráter é muito rara. Pouco se vê a verdadeira modéstia e reserva. Poucos são os puros e incorruptos. ...

Pensamentos poluídos acareados, tornam-se hábito, e a alma é ferida e manchada. Praticai uma ação má, e forma--se uma mancha que coisa alguma pode remover senão o sangue de Cristo; e se o hábito não é abandonado com firme resolução, a alma se corrompe e as correntes que manam, dessa fonte corruptora corrompem a outros.

Existem homens e mulheres que convidam a tentação; colocam-se em posições em que hão de ser tentados, em que não podem deixar de ser tentados, quando se colocam em associações objetáveis. A melhor maneira de conservar-se isento de pecado, é agir sempre em todas as circunstâncias com a devida reflexão, nunca agir ou proceder por impulso. Agi tendo sempre presente o temor de Deus, e estareis seguros de agir retamente. ...

Os perigos morais a que tanto os velhos como os jovens estão expostos, aumentam dia a dia. A confusão moral, a que chamamos depravação, encontra amplo espaço para operar, e homens, mulheres e jovens que professam ser cristãos exercem uma influência baixa, sensual, demoníaca. ...

Os que conhecem a verdade mas não têm obras que correspondam a sua profissão de fé, são sujeitos às tentações de Satanás. Encontram perigo a cada passo que dão. São levados em contato com o mal, vêem cenas, ouvem sons, que despertam suas paixões insubmissas; são sujeitos a influências que os levam a escolher o mal de preferência ao bem, porque não são intimamente sãos. Justamente no instante em que deviam exercer o poder da vontade, ... vemo-los fáceis presas das ciladas de Satanás, mero joguete do diabo. . ..

Todos têm de aprender a lição do poder que existe num ,caráter bom. Não há preparo de que tanto necessitemos como o preparo de moços e moças no sentido de possuírem retidão moral e purificarem a alma de toda mancha e nódoa de corrupção moral. -"Nos Lugares Celestiais", pp. 197 e 196.

Ano Bíblico: Neem. 1.4. - Juvenis: Neem. 6.


Ma - Pag. 152  

Fanatismo e Falar Línguas

"Os espíritos dos profetas estão sujeitos aos próprios profetas porque Deus não é de confusão; e, sim, de paz. Como em todas as igrejas dos santos". I Cor. 14:32 e 33.

O espírito de fanatismo tem dominado certa classe de observadores do sábado...,, eles não têm sorvido senão levemente da fonte da verdade, e não estão familiarizados com o espírito da mensagem do terceiro anjo. Coisa alguma se pode fazer por essa classe enquanto seus pontos de vista fanáticos não forem corrigidos.

Algumas dessas pessoas têm formas de culto a que chamam dons, e dizem que o Senhor os pôs na igreja. Têm uma algaravia sem sentido a que chamam língua desconhecida, desconhecida não só ao homem, mas ao Senhor e a todo o Céu. Tais dons são manufaturados por homens e mulheres ajudados pelo grande enganador. O fanatismo, a falsa excitação, o falso falar línguas e os cultos ruidosos, têm sido considerados dons postos na igreja por Deus. Alguns têm iludidos a esse respeito. Os frutos de tudo isto não têm sido bons. "Pelos seus frutos os conhecereis".

Há muitos espíritos desassossegados que não se submeterão à disciplina, ao sistema e à ordem. Julgam que sua liberdade seria restringida, caso tivessem de pôr de parte o juízo próprio e submeterem-se ao das pessoas de mais experiência. Não haverá progresso na obra de Deus, a menos que haja disposição para se submeterem à ordem, e expelirem de suas reuniões o espírito negligente e desordenado de fanatismo. As impressões e os sentimentos não são seguras provas de que uma pessoa esteja sendo dirigida pelo Senhor. Se não estivermos apercebidos, Satanás dará sentimentos e impressões. Estes não são guias seguros.

Todos se devem familiarizar plenamente com as provas de nossa fé, e a grande preocupação deve ser adornarem sua profissão de fé, e produzirem frutos para glória de Deus. Um espírito frívolo, gracejador, negligente, deve ser censurado. Não é nenhum indício de ter a graça de Deus no coração, uma pessoa falar e orar eloqüentemente nas reuniões, e depois entregar-se a uma descuidosa e rude maneira de falar e agir, suando lá fora. . . .

A verdade de Deus jamais degradará, antes elevará ao que a recebe, apura-lhe o gosto, santifica-lhe o juízo, e aperfeiçoado para a companhia dos puros e santos anjos no reino de Deus, - ITS, 161-164.

Ano Bíblico: Neem. 5-8. - Juvenis. Ester 1 e 2.


Ma - Pag. 153  

"Examinai Tudo"

"Acautelai-vos dos falsos projetas que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por destro são lobos roubadores". S. Mat. 7:15.

Na obra a que meu marido e eu fomos chamados pela providência de Deus para desempenhar uma parte, já desde seus princípios em 1843 e 1844, ternos tido o Senhor a delinear e planejar para nós, e Ele tem executado Seus planos mediante Seus agentes vivos. Falsos caminhos têm-nos sido tantas vezes indicados, e as sendas verdadeiras e seguras tão claramente definidas em todos os empreendimentos relaciona- dos com a obra de que fomos incumbidos, que posso dizer com verdade, não sou ignorante dos ardis de Satanás, nem dos caminhos e da operação de Deus. Temos tido de exercitar intensamente toda faculdade mental, confiando na sabedoria de Deus para guiar-nos em nossas investigações, ao termos de examinar as diferentes teorias trazidas a nossa atenção, pesando-lhes os merecimentos e os defeitos à luz que resplandece da Palavra de Deus e das coisas que Ele me tem revelado mediante Sua Palavra e os testemunhos, a fim de não sermos enganados nem enganarmos outros. Entregamos- Lhe nossa vontade e caminho, e suplicamos mui fervorosa- mente Sua ajuda; e nunca a buscamos em vão. Muitos anos de penosa experiência em relação com a obra de Deus me fizeram familiarizada com todas as espécies de movimentos falsos. Fui muitas vezes mandada a diversos lugares, com mensagem: "Tenho uma obra para fazeres naquele lugar; estarei contigo". Ao chegar a ocasião, o Senhor deu-me uma, mensagem para aqueles que estavam tendo falsos sonhos e visões, e na forca de Cristo dei meu testemunho ao mando do Senhor. ...

No decorrer dos quarenta e cinco anos passados, tenho tido de enfrentar pessoas pretendendo ter da parte de Deus mensagens de reprovação para outros. Esse aspecto do fanatismo religioso tem brotado de quando em quando desde 1844. Satanás tem trabalhado por muitas maneiras para estabelecer o erro. Algumas coisas faladas nessas visões vieram a acontecer; muitas outras, porém com relação ao tempo da volta de Cristo, o fim da graça, e acontecimentos a terem lugar demonstraram-se de todo falsas. ...

"Vede pois como ouvis" (S. Lucas 8:18), é a advertência de Cristo. Examinai acuradamente, "examinar tudo" (I Tess. 5:21). Este é o conselho de Deus. - 2 ME, 75-79.

Ano Bíblico: Neem. 9-11. - Juvenis: Ester 1 e 2.


Ma - Pag. 154  

Falsificações

"À lei e ao testemunho ! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva". Isa. 8:20.

O povo de Deus é encaminhado às Santas Escrituras como a salvaguarda contra a influência dos falsos ensinadores e o poder ilusório dos espíritos das trevas. Satanás emprega todo artifício possível para impedir os homens de obter conhecimento da Bíblia; pois os claros ensinos desta põem a descoberto os seus enganos. Em todo avivamento da obra de Deus o príncipe do mal está desperto para atividade mais intensa; aplica atualmente o máximo de seus esforços em preparar-se para a luta final contra Cristo e Seus seguidores. O último grande engano deve logo patentear-se diante de nós. O anticristo vai operar suas obras maravilhosas à nossa vista. Tão meticulosamente a contrafação se parecerá com o verdadeiro, que será impossível distinguir entre ambas sem o auxílio das Escrituras Sagradas. Pelo testemunho destas toda declaração e todo prodígio deverá ser provado.

O homem que torna a operação de milagres a prova de sua. fé, verificará que Satanás pode, por meio de uma variedade de enganos, efetuar prodígios que parecerão genuínos milagres.

Satanás é um astuto obreiro, e introduzirá falsidades sutis para obscurecer e confundir a mente e extirpar as doutrinas da salvação. Os que não aceitam a Palavra de Deus tal qual reza, serão apanhados em sua armadilha.

Os anjos maus nos estão nos calcanhares a cada momento... Eles ocupam novo território, e operam maravilhas e milagres a nossa vista. ... Alguns serão tentados a aceitar essas maravilhas como sendo de Deus. Enfermos serão curados a nossa vista. Milagres se efetuarão aos nossos olhos. Estamos nós apercebidos para a prova que nos aguarda quando as mentirosas maravilhas de Satanás forem mais amplamente exibidas? Não serão muitas almas enredadas e arrebatadas? Separando-se dos positivos preceitos e mandamentos de Deus, e dando ouvido às fábulas, o espírito de muitos se está preparando para receber esses prodígios de mentira. Cumpre buscarmos todos armar-nos para o combate em que nos havemos de em breve empenhar. A fé na Palavra de Deus, o estudo secundado de oração e aplicado praticamente, será nosso escudo contra o poder de Satanás, levando-nos à vitória pelo sangue de Cristo. - Reavivamento e Seus Resultados, pp. 47 e 48.

Ano Bíblico- Neem. 12 e 13. - Juvenis- Ester 3 e 4.


Ma - Pag. 155  

Cuidado com os que Causam Divisões!

"É inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual eles vêm!" S. Luc. 17-1.

Deus está conduzindo um povo e preparando-o para apresentar-se como um, unido, para falar as mesmas coisas, e cumprir a oração de Cristo por Seus discípulos. "... Para que todos sejam uni, como Tu, ó Pai, o és em Mim, e Eu em Ti; que também eles sejam um em Nós..."

Erguem-se continuamente pequenos grupos que crêem que Deus está unicamente com os poucos, os dispersos, e sua influência é derribar e espalhar o que os servos de Deus constróem. ... O povo que, segundo 9. Palavra de Deus, está se esforçando ao máximo para ser um, os que são estabelecidos na mensagem do terceiro anjo, são olhados com suspeita, pelo fato de estarem estendendo sua obra, e reunindo almas à verdade. São considerados mundanos, porque exercem influência sobre o mundo. "... Levanta-se um homem, dizendo ser guiado por Deus, advoga a heresia da não-ressurreição dos ímpios. ... Outro nutre errôneos pontos de vista com relação à idade futura...

Todos querem plena liberdade religiosa, e cada um age in- dependentemente dos outros, e pretendem no entanto que Deus esteja operando especialmente entre eles. ... Esta gente não está era seu juízo; são levados por um falso excitamento, e sabemos que não possuem a verdade. ... Prouvera a Deus que eles se reformassem ou abandonassem sábado! Assim não se atravessariam no caminho dos descrentes. ...

Deus está irado com os que seguem uma direção de molde a fazer com que o mundo os odeie. Se um cristão é odiado por causa de suas boas obras, e por seguir a Cristo, terá uma recompensa. Mas, se ele é aborrecido por não adotar um procedimento de modo a ser amado; aborrecido por causa de suas maneiras incultas e porque faz da verdade motivo de disputas com os vizinhos, e vive de maneira a tornar o sábado a mais desagradável possível para eles, esse cristão é uma pedra de tropeço para os pecadores, um vitupério para a verdade sagrada, e a menos que ele se arrependa, melhor seria que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e fosse atirado ao mar. - 4SG, 158-160.

Ano Bíblico: Ester 1.4. - Juvenis: Ester 5 e 6.


Ma - Pag. 156  

Os Resultados das Falsas Visões

"Toda árvore que irão produz bom fruto é cortada é lançada ao fogo. Assim, pois, pelos seus frutos os conhecereis". S. Mat. 7:19 e 20.

Que aconteceu com os que haviam tido visões, e os que os animavam? Vários deles ainda vivos [1890], são agora céticos, não têm nenhuma crença nos dons da igreja, nem fé na verdade, nenhuma religião absolutamente. Tal, foi-me mostrado, é o resultado certo; de visões espúrias. ...

Satanás está ... constantemente forçando o espúrio - para desviar da verdade.

O último engano de Satanás será exatamente anular o testemunho do Espírito de Deus. "Não havendo profecia, o povo se corrompe". Prov. 29:18. Satanás trabalhará engenhosamente, por diferentes maneiras e por instrumentos diversos, para perturbar a confiança do povo remanescente de Deus no testemunho verdadeiro. Introduzirá visões falsas para desencaminhar, e misturará o falso com o verdadeiro, e assim desgostará o povo para que considerem tudo quanto traz o nome de visões como uma espécie de fanatismos, as almas sinceras, porém, comparando o falso com o verdadeiro, serão habilitadas a distinguir entre elas.

Surgirão continuamente coisas que causem desunião, afastem da verdade. Esse questionar, criticar, acusar, julgar a outros, não é prova da graça de Cristo no coração. Não produz unidade. Tal obra tem sido desenvolvida no passado por pessoas que professavam ter maravilhoso esclarecimento, quando se achavam afundadas no pecado.

Nada há mais prejudicial ao interesse da alma, sua pureza, suas genuínas e santas concepções de Deus e das coisas sagradas e eternas, do que dar sempre atenção às coisas que não são de Deus, e exaltá-las. Isto envenena o coração, e degrada o entendimento- A verdade pura pode ser rastreada a sua divina Origem, por sua influência de molde a elevar, refinar e santificar o caráter do que a recebe. O Autor de toda verdade orou a Seu Pai: "Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela Tua Palavra hão de crer em Mim; para que todos sejam um, como, Tu, ó Pai, o és em Mim, e Eu em Ti; que também eles sejam uni em Nós, para que o mundo creia que Tu Me enviaste". S. João 17:20 e 21. - 2ME, 78 e 79.

Ano Bíblico: Ester : 5-7. Juvenis. Ester 7 e 8.


Ma - Pag. 157  

Cerrando Fileiras

"Vejam isso os aflitos, e se alegrem; quanto a vós outros que buscais a Deus, que o vosso coração reviva". Sal. 69-32.

É vosso privilégio alegrar-vos no Senhor, e regozijar-vos no conhecimento de Sua mantenedora graça. Tome Seu amor posse de espírito e coração. Acautelai-vos quanto a vos fatigantes demasiado, gastar-vos de cuidados, ficardes deprimidos. Dai testemunho de molde a erguer. Desviai os olhos do que é sombrio e desanimador, e olhai a Jesus, nosso grande Líder, sob cuja vigilante supervisão a causa da verdade presente, à qual damos nossa vida e tudo quanto possuímos, destina-se a triunfar gloriosamente. ...

Oh, seja visto ... que Jesus habita no coração, sustentando, fortalecendo, confortando. É vosso privilégio ser dia a dia dotados com rica medida de Seu Santo Espírito, e ter ampla visão da importância e do escopo da mensagem que estar-nos proclamando ao mundo. O Senhor está disposto a revelar-vos coisas maravilhosas de Sua lei. Demorai-vos perante Ele em humildade de coração. Orai com o máxima fervor por compreensão dos tempos em que vivemos, por mais plena concepção de Seu desígnio e por acrescida eficiência no salvar almas. ...

Convém-nos considerar o que sobrevirá brevemente à Terra. Não estamos em tempo de frivolidades ou de andar em busca dos próprios interesses. Caso os tempos em que vivemos deixem de impressionar seriamente nosso espírito, que nos pode atingir? ...

Necessitam-se agora homens de esclarecida compreensão. Deus convida os que estão dispostos a ser regidos pelo Espírito Santo a liderarem numa obra de completa reforma. Vejo uma crise diante de nós, e o Senhor convida Seus obreiros a se enfileirarem. Toda alma deve estar agora em posição de mais profunda, mais genuína consagração a Deus que durante os anos passados.

Tenho sido fundamente impressionada por cenas recente- mente passadas diante de mim durante a noite. Parecia estar ocorrendo em muitos lugares um grande movimento - uma obra de reavivamento. Nosso povo cerrou fileiras cor- respondendo ao chamado de Deus. ... Não Lhe atenderemos à voz? Não espevitaremos nossas lâmpadas, e agiremos como homens que aguardam a vinda de seu Senhor? O tempo é daqueles que requerem portadores de luz, pedem ação. - 2ME, 399-402.

Ano Bíblico. Ester 8-10. - Juvenis: Ester 9 e 10.

<< Capítulo Anterior Próximo Capítulo >>